Fred Kyrillos apresenta primeiro backflip com a moto Honda CRF 250F

OffRoad 07/07/2021


Piloto brasileiro realiza manobra inédita e histórica de Freestyle Motocross com uma moto de fabricação nacional.



O piloto Honda Fred Kyrillos, de FMX, executou o primeiro backflip com uma moto de fabricação nacional. Com a CRF 250F, o brasileiro realizou a famosa “cambalhota para trás”, manobra radical de altíssimo nível, resultado de um projeto inédito e histórico, que envolveu muito trabalho e dedicação. Aos 35 anos, Fred Kyrillos é pentacampeão brasileiro de freestyle motocross (FMX), tricampeão do Duelo de Motos, já participou diversas vezes do Mundial da modalidade, além de outros eventos internacionais. “Estou muito feliz em ser o primeiro piloto a fazer um backflip em uma moto nacional. Quem me conhece, sabe que meu maior objetivo é colocar a bandeira verde e amarela em evidência lá fora, fomentar o esporte e mostrar que é possível fazer um conteúdo de qualidade aqui no Brasil”, destaca o paulista Kyrillos.



A manobra foi documentada em um vídeo divulgado no Instagram @fredkyrillos e também no @hondaracingbr. “Para este salto fizemos uma superprodução cinematográfica. Foram dois dias de gravação, com cenas de trilhas e algumas com um pouco de encenação para criar a história. Montamos a rampa em uma pista em um lugar maravilhoso, a equipe foi excelente e o salto perfeito. Confesso que fiquei um pouco ansioso, mas o resultado final ficou demais”, conta o piloto.

Para chegar até aí foram semanas de planejamento e preparação, principalmente da CRF 250F, que passou por adaptações na suspensão e ajustes no motor, injeção e eletrônica. “Não é uma moto de motocross, mas eu sabia que com o trabalho dos especialistas, para deixá-la ideal para me lançar de maneira correta na rampa e para o impacto do pouso, e com a minha técnica, a chance de dar certo era grande”, explica Kyrillos.



A CRF 250F é o modelo de entrada para o off-road. É utilizado também em alta performance pela equipe Honda Racing nas modalidades enduro, com os pilotos Bárbara Neves e Dário Júlio, e no rali, com Thiago Veloso e Tiago Wernersbach. “É uma motocicleta bastante versátil e acessível. Óbvio que não é para qualquer um fazer backflip com essa moto, porque a manobra exige muita experiência e uma estrutura própria para isso. Eu, por exemplo, já executo esse salto há mais de dez anos”, complementa Kyrillos.

Além da moto, a preparação de Fred Kyrillos nesse projeto foi bem detalhista. “Primeiro eu comecei a andar com a CRF 250F para senti-la. Com ela pronta, passei a treinar motocross em diversas pistas para definir o guidão que seria mais confortável. Fiz inúmeros saltos para analisar como o motor responderia no ar e sentir a posição de pilotagem. Depois, o processo seguiu para os treinos específicos de backflip, com o airbag gigante, onde o piloto pode cair de qualquer jeito para montar a manobra. Ajustamos a marcha e trocamos a relação da moto. Foram vários saltos acelerando a rotação de ponta cabeça, fazendo o giro mais rápido e desacelerando no meio do ar, justamente para testar tudo o que poderia acontecer para não ter surpresas”, descreve Kyrillos.



O comportamento da moto surpreendeu e não faltou potência. “É claro que ela estava preparada. A dirigibilidade da CRF 250F tanto na rampa quanto no ar foi tão boa quanto a minha CRF 450R de competição. Fiquei confortável desde o início, o que me deixou mais confiante para fazer o salto e escrever esse momento na história do nosso esporte”, finaliza.

Mundo Press - Assessoria de Imprensa da Honda Racing Brasil 


Jornalista responsável: Ângela Monteiro   

Fotos: Octavio Mello