Kawasaki admite novo projeto 2020 para o WSBK!

OnRoad 30/04/2019


O chefe da equipe, Guim Roda, dá algumas dicas sobre o futuro do fabricante japonês em entrevista à Radio Marca. Enfrentando um desafio árduo pela primeira vez desde que Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team WorldSBK) se juntou à marca verde, a especulação já está sobre os próximos passos que a Kawasaki vai dar no Campeonato Mundial de Superbike MOTUL FIM.



A ZX-10RR (foto) está em busca de recuperação, contra o aproveitamento sensacional de Álvaro Bautista (Aruba.it Racing - Ducati) e sua Ducati V4R depois de quatro rodadas. Enquanto se concentra na quinta rodada em Imola, um circuito que tem sido particularmente gentil com o atual campeão Rea nos últimos anos, os principais integrantes da equipe estão ponderando soluções de longo prazo que permitiriam à Kawasaki dar o que falar, contra a suas concorrentes italianas.



Guim Roda (foto), Team Manager da KRT, discutiu o futuro do fabricante japonês na World Superbike com a Radio Marca. Enquanto o espanhol estava ansioso para discutir o assunto abertamente - "Eu não posso e não consigo me antecipar!" Disse Roda.

"Teremos que ver, para 2020, modelos futuros e formas de planejar o novo, em termos de fazer modelos de produção em pequena escala", comenta Roda. "Dois anos atrás, nós já tínhamos o [ZX-10] RR. Nós vamos ter que ver se algo pode ser feito".

Ele acrescenta: "Agora, o que tem sido falado internacionalmente é a nossa determinação de nunca desistir e dar a Jonny um produto que permita que ele enfrente Bautista. Precisamos nos adaptar ao campeonato mundial ”.

“A motivação está no auge de todos os tempos dentro da equipe Provec Racing, que sentem que têm um ponto para tentar nesta temporada; mas quando você perde, precisa encontrar sua motivação. Todos na equipe estão ansiosos para vencer Álvaro e a sua Ducati o mais rápido possível ".

Fotos: Kawasaki/WSBK