Motocross em Leme é neste final de semana!

Motocross em Leme é neste final de semana!

Off Road 30/11/2021
Final de semana tem Motocross em Leme...A cidade de Leme no interior paulista, vai receber o Circuito Interior Paulista de Motocross Temporada 2021, o evento está contando com todo apoio da Prefeitura Municipal, Secretarias de Esporte e Lazer, Cultura e Turismo e também Serviços Municipais. A estrutura do evento será muito legal e com o apoio de vários empresários locais. [foto1] O local da pista será o tradicional “Buraco Quente”, que já recebeu inúmeras provas de Motocross entre outros eventos radicais. Marcelo Roncada (Eterno Racing) com o apoio de Marquinhos Moraes (Vela Produções e Eventos) já está finalizando a pista em Leme, e vai preparar uma pista para todos os níveis de pilotagem, onde os pilotos poderão se divertir com segurança e qualidade. [foto2] [foto3] Cobertura completa do nosso site Moto Xtreme, com imagens de tudo que irá acontecer nesta grande prova de Motocross.Serviço:CIRCUITO INTERIOR PAULISTA DE MOTOCROSS 2021ETAPA MÁRCIO ZAPPACOSTA04 e 05 de dezembro de 2021Local: Leme / SP - Buraco QuenteInscrição:R$ 100,00 a primeira / R$ 50,00 a segunda e as demais grátis.CATEGORIAS:MX 1 / MX 2 / MX 3 / MX 4 / MX 5INTERMÉDIA / MX GOLDNACIONAL FORÇA LIVRENACIONAL 230 / NACIONAL 250INFANTIL / BATOM / JUVENILMais Informações: (16) 99606 6834 Marcelo RoncadaFacebookCIPAM - Circuito Interior Paulista de MotocrossCurta a página da organização (CIPAM).Cartaz do evento[foto4]Vídeo do local e pista
Entrevista Moto Xtreme com o Campeão Tiago Lança!

Entrevista Moto Xtreme com o Campeão Tiago Lança!

On Road 30/11/2021
Agora você vai conhecer um pouco mais sobre os campeões do King Motorcycle 2021, começamos com uma cara muito gente boa que venceu o título de maneira invicta, Tiago Lança #8 Campeão da Categoria Mobilete 2T é o nosso entrevistado da vez. [foto1] Moto Xtreme – Primeiramente gostaríamos que fizesse uma pequena apresentação de como foi o seu início na Motovelocidade?Tiago Lança - Meu início na motovelocidade foi no ano 2000 em Ribeirão Preto, na categoria Mobilete 50cc, fui campeão no ano 2000 e 2001 da categoria.  Em 2002 ingressei na categoria RD 135 B (original). Onde disputei várias etapas regionais, Bebedouro, Araraquara, Poços de Caldas e Itu.[foto2]Tiago com sua equipe em 2000/2001...Moto Xtreme – Faça uma avaliação de como foi sua carreira até hoje e os principais títulos que conquistou?Tiago Lança - Fui campeão na categoria Mobilete 50cc 2000 e 2001, como comentei acima, fiquei entre os 5 primeiros na categoria RD 135 B em Itu, Fui Vice-Campeão RD A no Campeonato em Birigui (SP), também venci algumas corridas na Honda Twister 250cc 4 tempos. E nesta temporada Campeão na Mobilete 2t do Campeonato King Motorcycle, com seis vitórias e cinco pole position.[foto3]Com uma tocada limpa, Tiago fez uma temporada perfeita...Moto Xtreme – Nesta temporada também disputou outros títulos, como foram as competições e seus resultados?Tiago Lança - Nessa temporada o foco foi total no Campeonato King Motorcycle, me dediquei ao campeonato correndo apenas na categoria Mobilete 2T.[foto4]Tiago e o amigo e chefe de equipe Lee (Luiz Gustavo Ivani), proprietário da lendária Moby 8...Moto Xtreme – Todos sabem que mesmo um esporte que se pilota sozinho na pista, precisa-se de amigos e família como companheiros, quem te ajuda e quanto é importante este apoio para você?Tiago Lança - O apoio da família e alguns amigos mais próximos são a base de tudo, sem eles não temos condições de disputar nenhuma competição. Agradeço muito ao meu pai que sempre me apoiou em tudo, inclusive financeiramente, agradeço muito a minha esposa Paola que também sempre me incentivou, agradeço muito ao Gustavo (Lee) por acreditar em mim e me dar a oportunidade de poder relembrar o que vivi nos anos de 2000 e 2001. Agradeço a minha família por todos me apoiarem e me dar condições para que tudo isso aconteça![foto5]Tiago com a esposa Paola e a filha Valentina...”Família é a base de tudo”Moto Xtreme - Quais os benefícios que o esporte te trouxe, e o que pode falar de incentivo para quem quer começar!Tiago Lança - O esporte me trouxe muitos benefícios, hoje tenho uma oficina mecânica e trabalho com motocicletas, me envolvi muito cedo com a Motovelocidade e só agradeço por isso, me trouxe muita disciplina e controle.  Esporte diferenciado maravilhoso!Moto Xtreme – Quais os seus patrocinadores a apoiadores?Tiago Lança – Meus patrocinadores são:Automarcas Veículos (Fábio)Torres Veículos (Matheus)Unimoto (Tiago Lança)Luiz Gustavo Ivani (Lee) Proprietário da MobiletteMeu Pai HélioMoto Xtreme – Gostaríamos que ficasse à vontade para falar o que quiser. Manda aí!Tiago Lança - Gostaria de agradecer em primeiro lugar a Deus por tudo em minha vida! Agradeço ao Domingos Junior (King Motorcycle), sempre organizando os melhores eventos!Agradeço  a todos os pilotos e preparadores que participaram, agradeço a todos os envolvidos para que o campeonato king aconteça![foto6]Tiago Lança – Campeão 2021 – categoria Moby 2T.Fotos: Luis Bueno/ArquivoAcelerando rápido com Tiago LançaNome Completo: Tiago Henrique Marques LançaApelido: TiaguinhoNº da moto: Moby 8Data de nascimento: 09/07/1986Residência: Ribeirão Preto (SP)Moto atual: MobiletePrimeira moto: MobileteComida: ChurrascoBebida: Coca ColaFilme:Música: Moda de Viola / SertanejoPiloto Nacional: Eric GranadoPiloto Internacional: Valentino RossiPista: Itu / Nova OdessaFora dos treinos e corridas, gosta de: Gosto de estar com amigos e famíliaPorque escolheu a motovelocidade como esporte: Escolhi esse esporte porque já veio de sangue e a velocidade, meu pai trabalhou preparando kart...Corrida que mais gostou até hoje: Gostei de todas as corridas, todas são especiais. Mídias Sociais: Instagram @unimotorpVamos curtir uma música a moda do Tiago...No Rancho Fundo - César Menotti e Fabiano
15º Motocross de Muzambinho foi sucesso, conheça os vencedores!

15º Motocross de Muzambinho foi sucesso, conheça os vencedores!

Off Road 30/11/2021
Muzambinho município localizado na região sul de Minas Gerais, recebeu no final de semana dias 20 e 21 de novembro a 15º edição do seu tradicional Motocross Regional, e foi um grande sucesso, veja quem foram os destaques e vencedores. [foto1] Estrutura foi muito boa para o evento... Nosso parceiro Carlinhos Roque comandou o microfone, e nos trouxe os nomes de todos os vencedores desta edição do Motocross de Muzambinho. [foto2] Carlinhos Roque com o destaque do evento, João Pedro piloto de Muzambinho que venceu em três categorias, Força Livre Importada, MX1 e Força Livre Pró. [foto3] Pódio categoria Nacional Pró; 1º Léo Paiva - Monte Belo, 2º Bruno Gaspar - Muzambinho, 3º Felipe Tuka - Muzambinho, 4º José Ricardo  - Alterosa, 5º Everton - Campestre [foto4] Pódio categoria MX 1; 1º João Pedro  - Muzambinho, 2º Felipe Tadini - Pouso Alegre, 3º Ivan Bananal - Muzambinho, 4º Evaristo Lemes - Passos, 5º Rafael - São Paulo 15º Motocross de Muzambinho - VencedoresDias 27 e 28 de novembroSábadoTaça Cidade - João Pedro #55 - Muzambinho MGForça Livre Nacional - Léo Paiva #9 - Monte Belo MGForça Livre Importada - João Pedro #55 - Muzambinho MGDomingoMX1 - João Pedro #55 - Muzambinho MGMX2 - Brayan Tiodoro #96 - Passos MGMX3 - Evaristo Lemes #441 - Passos MGMX4 - Ivan Bananal #489 - Muzambinho MGMX5 - Evaristo Lemes #441 - Passos MGIntermediária - José Eduardo Teodoro #47 - Pouso Alegre MGJunior - Matheus Lemes #515 - Nova Odessa SP65cc - Luiz Henrique #11 - Nova Odessa SPFeminino - Brenda Tuka #6 - Muzambinho MGImportada Iniciante - Alexandre #111 - Campestre MG230 cc - Marco #206 - Monte Belo MGNacional Iniciante - Felipe Anderson #38 - Muzambinho MGNacional Pró - Léo Paiva #09 - Monte Belo MGForça Livre Pró - João Pedro #55 - Muzambinho MG
Anthony Rodriguez na AX1 e Pepe Bueno na AX2 são os campeões do Arena Cross!

Anthony Rodriguez na AX1 e Pepe Bueno na AX2 são os campeões do Arena Cross!

Off Road 29/11/2021
Final do Arena Cross 2021, que aconteceu neste sábado e domingo em um evento espetacular no Pavilhão do Anhembi, os vencedores do domingo foram, Paulo Alberto #1 na AX1, Enzo Lopes #80 na AX2, Kevyn de Pinho #52 na 65cc e Guilherme Valle #274, com os resultados os campeões foram Anthony Rodriguez #127 na AX1, Pepe Bueno #97 na AX2, Kevyn de Pinho #52 na 65cc e Heitor Matos #300 na 50cc.[foto1]Toninho...kkk...o grande Campeão!AX 1 - Depois de vencer a primeira bateria da Pro, Anthony Rodriguez da Pro Tork KTM dispara na frente na segunda e última prova do ano, seguido por Paulo Alberto da Yamaha, Héctor Assunção da Honda, Cade Cladson e Tyler Bowes. O piloto da KTM abre uma vantagem de mais de nove pontos sobre o piloto da Yamaha, mas na reta final da prova, Anthony erra e cai, com Paulo assumindo a primeira posição. Final de prova e vitória de Paulo, que vence na geral, seguido por Héctor, Anthony, Cledson e Bowes, e com este resultado, Anthony é o novo campeão do Arena Cross.[foto2]Todos os campeões reunidos...Na AX2 Enzo Lopes #80 mostrou mais uma vez porque é ídolo nacional e piloto oficial do Club MX que vai disputar o AMA SX e MX em 2022, venceu de ponta a ponta dando volta em todos os pilotos da sua categoria, veja a seguir os resultados do TOP5[foto3]Enzo Lopes #80....espetacular![foto4]Kevyn de Pinho #52 (Campeão 65cc)[foto5]Heitor Matos #300 (Campeão 50cc)[foto6]Pepe Bueno #97 (Campeão AX2)Resultados domingo - AX1 e AX2Corrida 01 - AX11 – Anthony Rodriguez #127 – Venezuela2 – Paulo Alberto #1 – Portugal3 – Hector Assunção #30 – Brasil4 – Cade Clason #78 – Estados Unidos5 – Henry Miller #129 – Estados UnidosCorrida 02 - AX11 – Paulo Alberto #1 – Portugal2 – Hector Assunção #30 – Brasil3 – Anthony Rodriguez #127 – Venezuela4 – Cade Clason #78 – Estados Unidos5 – Tyler Bowers #87 – Estados UnidosSoma Geral do Domingo AX11 – Paulo Alberto #1 – 37 pontos – Portugal2 – Anthony Rodriguez #127 – 37 pontos – Venezuela3 – Hector Assunção #30 – 33 pontos – Brasil4 – Cade Clason #78 – 26 pontos – Estados Unidos5 – Tyler Bowers #87 – 21 pontos – Estados UnidosCorrida AX21 – Enzo Lopes #802 – Gabe Gutierres #4913 – German Bratschi #1464 – Pepê Bueno #975 – Leonardo Souza #45
Marvin Musquin é o Rei de Paris, Kyle Peters o Príncipe!

Marvin Musquin é o Rei de Paris, Kyle Peters o Príncipe!

Off Road 28/11/2021
Aconteceu neste sábado 27 de novembro a 38ª edição do Supercross de Paris, e pela terceira vez na longa história do evento, Marvin Musquin #25 impôs um ritmo forte em frente a 20 mil fãs com muita comemoração na categoria SX1, já na SX2 o americano Kyle Peters #110 não deu chances aos adversários e venceu de forma espetacular. [foto1] Marvin Muasquin #25 o Rei de Paris... [foto2] Kyle Peters #110 o Príncipe de Paris... Categoria SX1, Musquin venceu as três baterias com muita comemoração dos franceses, na segunda colocação ficou o também francês Cedric Soubeyras #85 com (P2,P2,P7), em terceiro fechando o pódio Justin Brayton #10 com (P2, P3, P4). Justin Bogle #19 ficou em quarto, com Chad Reed #22 fechando o TOP 5, vale destacar que Antonio Cairoli #222 fechou na 7 colocação.[foto3]Pódio SX1[foto4]Foto fantástica com Reed e Cairoli no treino...Categoria SX2, Assim como na SX1, o americano Kyle Peters #110 não deu mole a ninguém e venceu as três corridas, se tornando o novo Príncipe de Paris, na segunda ficou o campeão mundial da MX2 Maxime Renaux #959 com (P5, P2, P2), fechando o pódio ficou o também americano Kevin Moranz #57 com (P2, P5, P3). Na quarta Calvin Fonvieille #11 e na quinta Julien Roussaly #21.[foto5]Pódio SX2...A organização agradeceu a todos e mandou o recado “Nos vemos em 12 e 13 de novembro de 2022 para a 39 a edição do Supercross de Paris”...Resultados:SX1[foto6]SX2[foto7]
Anthony Rodriguez sai na frente na Super Final do Arena Cross, Enzo Lopes da show na AX2!

Anthony Rodriguez sai na frente na Super Final do Arena Cross, Enzo Lopes da show na AX2!

Off Road 28/11/2021
Fim do primeiro dia da super final do Arena Cross, que aconteceu neste sábado (27/11) no Pavilhão do Anhembi, os vencedores foram, Anthony Rodriguez #127 na AX1, Enzo Lopes #80 na AX2, Kevyn de Pinho #52 na 65cc e Heitor Matos #300 na 50cc.[foto1]Com rodada dupla, na segunda bateria da categoria Pro, Paulo Alberto da Yamaha dispara na ponta, seguido por Héctor Assunção da Honda, Anthony Rodrigues da Pro Tork KTM e Tyler Bowes, mas ainda no início da prova, Paulo cai retornando na última posição. Héctor assume a liderança com Anthony que acaba assumindo o primeiro lugar.Paulo faz uma incrível prova de recuperação, sendo que na metade da prova matinha a quarta posição. Na reta final Héctor pressiona Anthony pela primeira posição. Fim da prova, vitória de Anthony, seguido por Héctor e Paulo. Com este resultado, Anthony vence na geral deste sábado mantendo a liderança da categoria Pro. Paulo foi segundo na geral, seguido por Héctor e Cade Clason. Neste domingo acontece o segundo dia e última etapa do Arena Cross, com provas a partir das 12h.[foto2]Na AX2 Enzo Lopes #80 mostrou porque é piloto oficial do Club MX e vai disputar o AMA SX e MX em 2022, venceu de ponta a ponta dando volta em todos os pilotos da sua categoria, veja a seguir os resultados do TOP5[foto3]Enzo Lopes #80[foto4]Kevyn de Pinho #52 (65cc)[foto5]Heitor Matos #300 (50cc)Resultados AX1 e AX2AX1 (Pró)Bateria 0101 - Paulo Alberto #0102 - Anthony Rodriguez #12703 - Hector Assunção #3004 - Tyler Bowes #8705 - Jean Ramos #10Bateria 0201 - Anthony Rodriguez #12702 - Hector Assunção #3003 - Paulo Alberto #0104 - Cade Clason #7805 - Henry Miller #129Geral 1º dia Arena Cross (Super Final)01 - Anthony Rodriguez #12702 - Paulo Alberto #0103 - Hector Assunção #3004 - Cade Clason #7805 - Henry Miller #129AX201 - Enzo Lopes #8002 - Leo Souza #4503 - Pepe Bueno #9704 - Gabriel Andrigo #1005 - Gabriel Gutierres #49Fotos: Arena CrossHorários domingo:3ª etapa - Domingo (28/11) 9h – Abertura dos portões ao público 9h30 – Treinos classificatórios11h30 – Abertura do evento 11h35 – Duelo 1x111h40 – Solenidade oficial12h – Show de freestyle13h30 – 1ª corrida Pró – Transmissão SporTV14h – Corrida AX2 – Transmissão SporTV14h30 – 2ª corrida Pró – Transmissão SporTV15h – Encerramento
Kawasaki atualiza Família Z e antecipa dois lançamentos da linha 2022!

Kawasaki atualiza Família Z e antecipa dois lançamentos da linha 2022!

On Road 27/11/2021
A fabricante japonesa apresenta durante o 'Festival 2021', que acontece até domingo em Interlagos, os novos modelos Z650 RS e Z900 R Edition, todos da linha 2022. Os lançamentos, que chegam ao mercado somente no ano que vem, integram o calendário comemorativo de 50 anos de criação da Família Z. [foto1]São Paulo (SP), 25 de novembro de 2021 - Em comemoração aos 50 anos de lançamento do primeiro modelo da Família Z no mercado mundial, a Kawasaki irá atualizar seu line-up de nakeds no Brasil e apresentará dois novos lançamentos da linha 2022 durante o ‘Festival 2021’ [antigo Festival Duas Rodas], maior evento de test ride do país aberto ao público, que acontece entre nos dias 26 e 28 de novembro no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). A apresentação oficial dos modelos Z650 RS 2022 e Z900 R Edition 2022 aconteceu ontem à tarde em evento exclusivo à imprensa e convidados. Na ocasião, também será celebrado os 13 anos do início da operação da Kawasaki Motores do Brasil – subsidiária da fabricante japonesa no país.[foto2]Completando o importante marco de meio século de existência em 2022, a Família Z da Kawasaki segue cada dia mais relevante após conquistar o mercado mundial ao longo das últimas cinco décadas e ajudar a popularizar os modelos com motorização de quatro cilindros em linha. A clássica Z1, também conhecida por ‘900 Super Four’, foi a precursora da categoria. Lançada em 1972, a moto fez sucesso com seu motor carburado DOHC de quatro cilindros refrigerado a ar. O então lançamento foi tão exitoso, que conquistou a preferência do público ante seus principais concorrentes e, nos quatro anos em que esteve no mercado, somou cerca de 85 mil unidades fabricadas.[foto3]A partir de então, essa história de sucesso seguiu com mais de 25 diferentes lançamentos e completa, em 2022, 50 anos de existência com apresentação das novas Z650 RS e Z900 R Edition, que estarão presentes no estande da Kawasaki durante o ‘Festival 2021’. O modelo RS – que chega as Concessionárias Autorizadas Kawasaki apenas em 2022 – resgatam o estilo retrô e o design atemporal, que lembra a clássica Z1 da década de 70, porém, equipadas com a tecnologia mais recente da Kawasaki.  A nova a Z900 R Edition mantém o estilo agressivo e moderno da Família Z, recebendo as mesmas atualizações que sua versão clássica, com novos pacotes de freio e amortecedor.[foto4]Além dos lançamentos, os visitantes do ‘Festival 2021’ poderão conferir de perto inúmeros modelos da fabricante japonesa. O estande da Kawasaki contará com 18 motos em exposição, de diversas categorias, como as trails Versys 1000 GT, Versys 650 e Versys X 300, a estradeira Vulcan S, as nakeds Z1000 R, Z900, Z650, Z400, as off road KX250 e KX450 e as superesportivas Ninja ZX-6R, Ninja 650, Ninja 400, incluindo a ZX-10R – sete vezes campeã do Mundial de SuperBike – e a H2R, a moto mais veloz do mundo já fabricada.Já para o test ride, os participantes do ‘Festival 2021’ terão disponibilidade de se inscrever para testar na pista do Autódromo de Interlagos ao menos 12 modelos diferentes da Kawasaki. Entre eles estão as trails Versys 1000 GT, Versys 650, Versys X 300, as nakeds Z900 RS, Z900, Z650, Z400, a estradeira Vulcan S e as esportivas Ninja ZX-10R, Ninja ZX-6R, Ninja 650, Ninja 400.[foto5]SERVIÇO: FestivalO QUE: Lançamento de modelos 2022 da Família Z da KawasakiQUANDO: Até 28 de novembro de 2021;ONDE: Autódromo de Interlagos;ENDEREÇO: Av. Sen. Teotônio Vilela, 261 - Interlagos, São Paulo (SP)Fonte:VGCOM - VANESSA GIANNELLINI COMUNICAÇÃOFotos: Marcos Carmona/Vanessa GiannelliniMoto XtremeVocê pode encontrar todas as motos e peças Kawasaki em nosso parceiro a RotaK
Agronômica encerrou a Copa Serra litoral de Velocross 2021 em grande estilo!

Agronômica encerrou a Copa Serra litoral de Velocross 2021 em grande estilo!

Off Road 26/11/2021
A cidade de Agronômica (SC), voltou a receber o ronco dos motores com a grande final da Copa Serra Litoral de Velocross 2021. A prova que foi válida pela final do Campeonato Catarinense teve gate cheio, provas de alto nível e a volta do público as competições. O final de semana de sol ajudou a esquentar as disputas que consagraram os campeões da temporada 2021. [foto1]Nas Especiais, a grande surpresa foi a vitória de Jose Victor da Silva na VX 2. Jose fez uma bela largada e manteve o ritmo forte até a bandeirada. Lucas Gadotti pressionou bastante no final da bateria, mas Jose manteve firme e garantiu a vitória, quebrando a sequência de vitórias de Lucas na categoria.[foto2]Pela VX1 Lucas não deu chance aos adversários e venceu de ponta a ponta. Sebastião da Silva Junior chegou a pressionar o líder no início, mas no final da prova teve que suportar a pressão imposta por Leandro Lemos para garantir a segunda posição. Junior correu também na intermediaria onde venceu a disputa com Fabiano Bertotti para ficar com a vitória.Leandro Lemos dominou a prova da Vx3 Especial, enquanto Braz dos Santos faturou a bateria da VX4 e VX45 Especial.[foto3]Nas nacionais a disputa mais intensa foi na Categoria Nacional Força Livre. Manuel Lucas saiu na frente e liderou boa parte da prova enquanto a disputa vinha acirrada da segunda a quinta posição. Nicolas Lopes e Leandro Lemos vinham ganhando posições, enquanto Manuel teve problemas na moto e abandonou a bateria. Nicolas ficou com a vitória chegando pouco a frente de Leandro lemos. Jackson “Pinguin” superou Luan de Paula para ficar com a terceira posição.Na VX 3 Nacional, Edinilson Batista saiu na frente seguido de perto por Leandro Lemos. A disputa vinha boa, porem Dito teve um pneu furado e teve que abandonar, enquanto Leandro seguiu sozinho até a bandeirada. Vagner Moraes finalizou em segundo na VX3 Nacional e ficou com a vitória pela VX4N, chegando pouco à frente de Rodrigo dos Santos. Pela Nacional 250cc André Melo liderou as primeiras voltas até ser superado por Manuel Lucas que mostrou boa velocidade para vencer.[foto4]Na Corrida da VX Feminina, a disputa foi intensa entre Sabrina Novazic e Jessica Sena. Sabrina saiu na frente e Jessica foi pressionando até conseguir assumir a primeira posição. No final da bateria, Jessica abria uma pequena vantagem quando teve problemas na moto e abandonou. Sabrina ficou com a vitória seguida por Laís Nunes e Micaela Schultz.[foto5]A etapa final teve apoio da Prefeitura Municipal de Agronômica com apoio da Federação Catarinense de Motociclismo.  A Copa Serra Litoral de Velocross 2021 tem patrocínio oficial de Vipal Pneus de Moto, Infinity Aloe, Honda Dorvalino Motos, Vedamotors, Motul, Durag, Racer Off Road, Drop Mud. Co-patrocínio de TBT, Pro Racing, Only Racing, Moto Shop Racing, Art Troféus e De Mais FM.Texto e Fotos: Tiago RacecrossVídeo da etapa: por Tiago Racecross
Moto comemorativa de 60 anos da Yamaha no Mundial de Motovelocidade estará na pista da Grande Final da Yamalube R3 bLU cRU Cup 2021!

Moto comemorativa de 60 anos da Yamaha no Mundial de Motovelocidade estará na pista da Grande Final da Yamalube R3 bLU cRU Cup 2021!

On Road 26/11/2021
Sensação mundial, as YZF-R3 comemorativas pelos 60 anos de Yamaha no Mundial de Motovelocidade estarão presentes na Grande Final da Yamalube R3 bLU cRU Cup - South America.[foto1]Ton e Meikon Kawakami, pilotos Yamaha que correm no WSBK SSP300, serão os responsáveis por percorrer os 3.835 metros do Autódromo Internacional de Goiânia à frente do pelotão, abrindo as corridas do fim de semana como "Moto Madrinha"."É um orgulho estar de volta à R3 Cup para pilotar essa moto incrivelmente linda. Eu adorei ela desde a primeira foto que vi, quando a Yamaha Global divulgou pela primeira vez esse modelo com o Cal Crutchlow pilotando nos testes da MotoGP, no início do ano", comenta Ton Kawakami.[foto2]Há 60 anos, a Yamaha iniciava sua trajetória de títulos no Mundial de Motovelocidade com estas cores. A moto branca com os "Speed Blocks" característicos da marca em vermelho e o fundo do número em amarelo, além das rodas douradas."Eu curti demais esse visual. Tem cara de moto clássica e esportiva ao mesmo tempo. Lembra muito as motos que a gente vê quando falamos de pilotos do passado, que marcaram época, como o Giacomo Agostini. Vai ser uma honra pilotar essa moto em Goiânia", afirma Meikon Kawakami.[foto3]A Grande Final da Yamalube R3 bLU cRU Cup - South America acontece nos dias 26, 27 e 28 de novembro, no Autódromo Internacional de Goiânia, com transmissão ao vivo no YouTube e no canal Bandsports.O icônico design das motos acrescenta um clima de nostalgia e respeito pela história da Yamaha nas competições ao evento, que promete grandes disputas pelos títulos nas categorias R3 Cup e R3 Cup Talent.Gustavo Manso, Kevin Fontainha e Enzo Valentim Garcia estão na briga pelo título da categoria R3 Cup Talent. Rafael Rizada, Gui Soares e Willians Piui Sales estão à caça do troféu na classe R3 Cup.+ Clique para ver as corridas ao vivo!Fique ligado!Fotos: Stephan Salon
Honda Racing disputa finais do Arena Cross em São Paulo, com novidade!

Honda Racing disputa finais do Arena Cross em São Paulo, com novidade!

Off Road 25/11/2021
Time Honda disputa as finais do Arena Cross neste sábado e domingo, além de seus pilotos no time principal, a Honda terá na para equipe satélite Honda Circuit FK Racing o inglês Adam Chatfield, campeão e especialista na modalidade. Veja a seguir o release oficial de imprensa.[foto1]Jetro Salazar largando na ponta...São Paulo (SP) – O fim de semana (27 e 28/11) será de decisão para a equipe Honda Racing, que disputa as provas finais da temporada 2021 do Arena Cross no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo (SP). Os pilotos Hector Assunção e Jetro Salazar, na categoria Pró, além de Leonardo Souza e Henrique Henicka, na AX2, vão acelerar em busca dos títulos da competição.Pela primeira vez em um circuito indoor, o evento terá rodada dupla, sendo uma etapa na noite deste sábado e outra na tarde de domingo. As corridas contam com transmissão ao vivo pelo canal SporTV, pelo YouTube Honda Motos Brasil e pelo Facebook Honda Racing Brasil.[foto2]Hector Assunção...Vencedor da primeira bateria da Pró na etapa de abertura da temporada, Hector Assunção, que acelera a moto CRF 450R, está na vice-liderança do campeonato com 34 pontos - apenas três atrás do venezuelano Anthony Rodriguez. “Vai ser um evento muito bacana, cheio de estrangeiros e com a pista mais técnica. Gosto bastante disso e estou bem empolgado para disputar lado a lado com esses caras”, destaca o paulista campeão do Arena Cross na principal categoria em 2019, referindo-se aos pilotos convidados vindos dos Estados Unidos e Inglaterra.Terceiro colocado na classificação da Pró, Jetro Salazar, equatoriano radicado no Peru, ressalta também as novidades das etapas finais. “Desde o ano passado, estamos acostumados com as rodadas duplas nas competições. Teremos mais pilotos bons na pista e isso só vai apimentar mais a decisão do campeonato”, comenta Salazar.[foto3]Leonardo Souza...Pela categoria AX2, Leonardo Souza e Henrique Henicka vão utilizar a motocicleta CRF 250R. Depois do Brasileiro de Motocross em Atibaia (SP), realizado no último fim de semana, os pilotos reforçaram a importância de finalizar os treinos para a decisão do Arena Cross. “Vamos aproveitar esses dias antes das provas para fazer um treinamento mais específico da modalidade. Estou bem confiante para estas etapas e quero brigar pelo campeonato até a última volta”, completa Souza, quarto colocado na classe.Já Henicka evidencia a diferença entre as modalidades. “Está sendo uma semana bastante puxada e sem descanso. A prova do Arena Cross tem 15 minutos de duração e é bem mais rápida do que o Brasileiro de Motocross, que tem o dobro. Então, o treino é mais focado em tiro e explosão”, explica o jovem piloto de 17 anos.[foto4]Adam Chatfield retorna ao Arena Cross BR...No Arena Cross, a Honda também conta com a participação da equipe satélite Honda Circuit FK Racing. Além dos pilotos brasileiros confirmados, como Gustavo Pessoa (Pró), Gabe Gutierres (AX2) e Otavio Pedro (AX2), o time receberá o inglês Adam Chatfield, campeão da competição em 2012 e do Brasileiro de Motocross em 2013, para reforçar mais uma vez o esquadrão vermelho.A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada por Pro Honda, Fox, DID, Zeta e Seguros Honda.ProgramaçãoLocal: Pavilhão do Anhembi São Paulo (SP)2ª etapa - Sábado (27/11) 13h – Abertura dos portões ao público 13h30 – Treinos livres 16h30 – Treinos classificatórios19h10 – Abertura do evento 19h20 – Duelo 1x1 19h30 – Solenidade oficial20h30 – Show de freestyle 21h – 1ª corrida Pró – Transmissão SporTV21h30 – Corrida AX2 – Transmissão SporTV22h – 2ª corrida Pró – Transmissão SporTV22h30 – Encerramento3ª etapa - Domingo (28/11) 9h – Abertura dos portões ao público 9h30 – Treinos classificatórios11h30 – Abertura do evento 11h35 – Duelo 1x111h40 – Solenidade oficial12h – Show de freestyle 13h30 – 1ª corrida Pró – Transmissão SporTV14h – Corrida AX2 – Transmissão SporTV14h30 – 2ª corrida Pró – Transmissão SporTV15h – Encerramento*A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.Mundo Press - Assessoria de Imprensa da Honda Racing Brasil
15º Motocross de Muzambinho é neste final de semana!

15º Motocross de Muzambinho é neste final de semana!

Off Road 24/11/2021
Muzambinho município localizado na região sul de Minas Gerais, vai receber neste final de semana dias 27 e 28 de novembro a 15º edição do seu tradicional Motocross Regional, o local do evento será o Pesqueiro do Candinho, onde tudo está preparado para receber pilotos e equipes. [foto1] Foto MX Muzambinho 2013... Nosso parceiro Carlinhos Roque será o locutor oficial do MX, e além de agitar o evento ele vai trazer as informações e todos os vencedores desta edição do Motocross de Muzambinho. [foto2] Carlinhos Roque vai agitar a galera do MX... [foto3] Cidade de Muzambinho tem lugares belíssimos... Serviço: 15º Motocross de MuzambinhoDias 27 e 28 de novembroLocal - Pesqueiro do Candinho[foto4]Dia 27 Treinos Livres a partir das 14:00 e Taça Cidade a partir das 16:00.Dia 28 - Treinos livres a partir das 09:30 e provas a partir das 12:00.Serão adotados todos os protocolos e medidas de segurança conta o covid 19.Uso obrigatório de máscaras, álcool em gel e distanciamento no box.Entrada; um quilo de alimento não perecível em prol ao hospital local.Premiação:MX1 - 1º (Escapamento Oxxy CRF 230f)MX2 - 1º (Pneu Cross)MX3 - 1º (Pneu Cross)FL Pró - 1º (Guidão Oxxy)Nacional Pró - 1º (Capacete)Premiações até o terceiro e troféus até a 10ª colocação.Inscrições:R$ 100,00 para a primeira e R$ 70,00 para as demais.Categorias:MX4, Junior, Nacional pró, 50cc, 65cc,Importada amador, MX5, MX3, 230cc,Intermediária, Nacional 250cc, MX1,Feminino, MX2, Nacional amador, Força Livre Pró.Contatos:Osmar Motos: (35)99118-8852Ivan: (35)99816-8813
Zach Osborne #16 anuncia o fim da sua carreira como piloto profissional

Zach Osborne #16 anuncia o fim da sua carreira como piloto profissional

Off Road 23/11/2021
O piloto americano Zach Osborne #16, vinha sofrendo com lesões há algum tempo, e aos 32 anos de idade decide deixar o MX e SX profissional. A seguir o comunicado de imprensa completo de Husqvarna sobre a aposentadoria de Zach Osborne.[foto1]Concluindo uma ilustre carreira de mais de 16 anos, Zach Osborne anunciou sua aposentadoria do motocross profissional e das corridas de supercross. Nos últimos sete anos, o piloto de 32 anos garantiu quatro grandes campeonatos dos EUA e incontáveis ​​triunfos com a equipe Rockstar Energy Husqvarna Factory Racing e, por isso, a Husqvarna Motorcycles gostaria de expressar um sincero agradecimento a Zach enquanto ele se encaminha para seu próximo capítulo.Conhecido por sua tenacidade e mentalidade de nunca desistir, Osborne se estabeleceu como um favorito dos fãs ao longo dos anos, enquanto acumulava uma lista impressionante de realizações junto com a Rockstar Energy Husqvarna Factory Racing. Iniciando uma corrida tenaz em 2017 a bordo do FC 250, Osborne conquistou o 250SX Eastern Championship e o AMA 250MX Championship na mesma temporada antes de retornar para defender com sucesso seu título 250SX Eastern em 2018.[foto2]Ele subiu para a categoria premier 450 em 2019 e rapidamente atingiu seu ritmo no FC 450 ROCKSTAR EDITION, terminando no pódio sete vezes (seis no motocross, um no supercross) durante sua temporada de estreia. Ele garantiu a vitória de sua primeira carreira no 450SX Main Event no Salt Lake City SX finale em 2020 e incendiou durante todo o verão reivindicando o 450MX Championship no que acabaria por servir como sua última temporada completa de corridas devido a uma volta contínua lesão ao longo de 2021. Terminando sua carreira em alta e com muito do que se orgulhar, a Husqvarna Motorcycles dá os parabéns a Zach por uma carreira de sucesso.Zach Osborne:  “Depois de 16 anos de corrida profissional, é chegado o momento de eu chamá-lo de carreira. Eu tentei tudo ao meu alcance nos últimos seis meses para trazer minha saúde de volta ao padrão que precisava estar para correr no nível mais alto e depois de apenas algumas semanas de supercross em plena intensidade, percebi que não era, não era para ser. Estou muito grato pela jornada que fiz como profissional. Eu conheci tantas pessoas incríveis e fiz parte de algumas das melhores organizações. Não foi uma decisão fácil, ou uma que tomei levianamente, mas foi a decisão certa. Sou eternamente grato à minha família, fãs e times por seu apoio ao longo de meu tempo como profissional. No próximo capítulo, quero concentrar meu tempo mais em retribuir àqueles que me deram”.[foto3]Stephen Westfall - Gerente da Equipe Rockstar Energy Husqvarna Factory Racing:  “Tive o prazer de conhecer Zach há muito tempo, desde seus dias de amador e tem sido incrível trabalhar com ele nos últimos sete anos. Zach ajudou a colocar a Rockstar Energy Husqvarna Factory Racing no mapa, ganhando quatro campeonatos para a marca e sendo um bom mentor para os pilotos mais jovens. Ele tem uma ótima carreira e desejamos a ele tudo de bom em sua próxima aventura”.Robert Jonas - VP Motorsports Offroad:  “As conquistas de Zach durante seu tempo com a equipe realmente elevaram a marca Husqvarna Motorcycles nos EUA. Ele ganhou quatro campeonatos na AMA Supercross e no Pro Motocross com máquinas FC 250 e FC 450 e, sem dúvida, esteve no seu melhor durante as temporadas em que correu para nós. Sua carreira não foi convencional, mas com muito trabalho e dedicação, ele realmente emergiu como um dos melhores pilotos do mundo nos últimos anos. Em nome da Husqvarna Motorcycles, gostaria de dar os parabéns a Zach por tudo o que conquistou conosco e desejo-lhe as maiores felicidades no futuro”.[foto4]Osborne na extinta Geico Honda com o numeral 338.As raízes pioneiras de Osborne na verdade começaram com a empresa austríaca há mais de 20 anos, quando ele lançou sua carreira de motocross amador na KTM em 1996. Um jovem Osborne se tornou o segundo campeão da KTM Jr. Racing SX em 98 antes de virar manchete os esforços das minibikes da marca na nova KTM 65SX. Após resultados impressionantes em nível nacional, Osborne se tornou uma parte fundamental no desenvolvimento da nova geração 85SX no início dos anos 2000, o que impactou significativamente o sucesso da moto nas últimas duas décadas.Mais tarde, ele levou seus talentos para o exterior para competir no FIM World Motocross Championship, onde conquistou 14 pódios do FIM World Motocross Championship MX2, um British MX2 Championship e uma vitória de uma carreira no FIM World Motocross. Ele também representou os EUA como membro da prestigiosa equipe de Motocross das Nações (MXoN), bem como a Equipe do Troféu Mundial no International Six Days Enduro (ISDE).
Veja quem foram os vencedores no domingo do BR-MX!

Veja quem foram os vencedores no domingo do BR-MX!

Off Road 22/11/2021
Neste domingo (21/11) foi realizada a 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross 2021, em Atibaia, no interior de São Paulo, com as participações das categorias MX2, MX1, MX JR, MX3, MX2 JR, MXF e Elite MX.[foto1]Público lotou as arquibancadas...O evento contou com a participação de 520 (quinhentos e vinte) pilotos, que deram um show de adrenalina, e não economizaram na hora de acelerar. Além da presença dos melhores pilotos do Brasil e exterior, o campeonato teve um ótimo número de público.[foto2]Fabio Santos mais líder do que nunca...Os protocolos de biossegurança foram seguidos na realização do BRMX, o uso de máscara foi obrigatório. A energia da plateia contagiou todos, deixando as provas mais calorosas. Para fechar a 5ª etapa com chave de ouro, a classe Elite MX levou todos à loucura.[foto3]Pódio BRMX, evento foi TOP...[foto4]Yamaha dominou o final de semana, Maiara venceu a MXF.ResultadosMX21ª - Lucas Dunka2ª - German Talmom3ª - Guilherme Bresolin4ª - Frederico Spagnol5ª- Leonardo de SouzaMX11ª - Paulo Alberto2ª - Fabio Santos3ª - Eduardo Lima4ª - Hector Assunção5ª- Jetro SalazarMX2JR1ª - Guilherme Bresolin2ª - Franco Iavecchia3ª - Guilherme Bastiani4ª - Gabriel Vinicius Mielke5ª - Luiz Filipe da RochaMXJR1ª - Eduardo Volpato2ª - Bernardo Tiburcio3ª - Felipe Marques4ª - Pietro Dalla Piroli5ª- Kauã Eduardo FernandesMX31ª - Roosevelt Assunção Junior2ª - Marcus Vinicius Ribeiro3ª - Rodrigo Pereira4ª - Lucas Faveiro Basso5ª- Markolf ErasmusMXF1ª - Maiara Basso2ª - Thais de Castro Nascimento3ª - Larissa Dallo4ª - Tatiane Poltronieri5ª- Tainá AguiarELITE MX1ª - Fabio Santos2ª - Paulo Alberto3ª - Jetro Salazar4ª - Hector Assunção5ª- Gustavo PessoaMX1 - SEGUNDA BATERIA1ª - Fabio Santos2ª - Paulo Alberto3ª - Jetro Salazar4ª - Hector Assunção5ª- Gustavo PessoaMX2 - SEGUNDA BATERIA1ª - Frederico Spagnol2ª - Guilherme Bresolin3ª - German Bratschi Talmom4ª - Leonardo de Souza5ª- Lucas DunkaSOMA ELITE MXMX11ª - Fabio Santos - 472ª - Paulo Alberto - 473ª - Jetro Salazar - 364ª - Hector Assunção - 365ª- Eduardo Lima - 35MX21ª - Frederico Spagnol - 432ª - Guilherme Bresolin - 423ª - German Bratschi Talmom - 424ª - Lucas Dunka- 415ª- Leonardo de Souza - 34Assessoria de Imprensa CBM
Veja como foi o sábadono BR de Motocross

Veja como foi o sábadono BR de Motocross

Off Road 21/11/2021
Bons duelos e uma briga intensa pela pontuação da 4ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross 2021, marcaram o sábado em Atibaia, no estado de São Paulo. Praticamente todas as categorias, seguem para a final com empates ou pequenas diferenças na pontuação.[foto1]Quem acelerou primeiro, foram os pilotos da MX4, com uma vitória sofrida do catarinense Markolf Berchtold, que conseguiu superar o líder da temporada, Willian Guimarães. Outra classe que participou e deu um show na pista, foi a 50cc, que fez com que a plateia presente no local, balançasse as arquibancadas indo a loucura com tanta fofura e emoção. Os protocolos de biossegurança estão sendo tomados na realização do campeonato, o uso de máscara é obrigatório. Resultados MX4 1º - Markolf Erasmus Berchtold2º - Willian Aparecido Alves Guimarães  3º - Arthur Morini Leal 4º - Cristiano Lopes 5º - Rafael Ferreira Ramos Nacional1º - Peterson Possani Peres Filho 2º - Matheus Venancio da Silva 3º - Gustavo Rodrigues de Oliveira 4º - Alexandre Galdino da Silva Filho5º - Matheus Emilio MX 60cc1º - Kevin de Pinho 2º - Matheus Henrique Oliveira3º - Gabriel Cirino 4º - Gustavo Mauricio Torres 5º - Heverton dos Santos MX50cc 1º - Guilherme Henrique Buozi 2º - Heitor Matos 3º - Lucas Antonio Valar 4º - Enzo Fialho 5º - João Pedro Barbosa MX51º - Alexandro Valerim Martins 2º - Adilson Luis de Araujo 3º - Evaristo José Lemos Filho 4º - Marco Muller 5º - Anisio Roberto Clasen MXJR (Faxinal) 1º - Bernardo Tiburcio 2º - Eduardo Volpato 3º - Pietro Dalla Nora Piroli 4º - João Pedro Gonçalves 5º - José Arantes Assessoria de Imprensa CBM 
Veja quem venceu nesta sexta no BRMX em Atibaia!

Veja quem venceu nesta sexta no BRMX em Atibaia!

Off Road 20/11/2021
Confira como foi o primeiro dia das disputas do Campeonato Brasileiro de Motocross 2021. A chuva deu um tempero a mais nas competições, mas o dia foi um sucesso[foto1]As provas de hoje (19) foram válidas pela 4ª etapa do BRMX, que está acontecendo na cidade de Atibaia (SP). O final de semana na região será animado, assim, contando com a realização da 4ª e 5ª etapas do Campeonato Brasileiro de Motocross 2021. Hoje e amanhã (19 e 20) serão as rodadas da 4ª etapa e no domingo (21) a 5ª etapa, com a final na cidade de Ibirubá, no Rio Grande do Sul, marcadas para os dias 10, 11 e 12 de dezembro. [foto2]Para um campeonato ainda mais contagiante, está permitida a participação de público no local,  na entrada é cobrado 1kg de alimento não perecível. No primeiro dia os espectadores deram um show de torcida, agora esperamos a emoção e adrenalina das outras disputas. Na realização do evento todos os protocolos de biossegurança estão sendo tomados, o uso de máscara é obrigatório. [foto3]Resultados (Sexta-feira 19/11) MX2 1º - Lucas Moraes Dunka 2º - Leonardo de Souza 3º - Frederico Molina Spagnol 4º - Pedro Henrique Rosa Bueno5º - German Bratschi TalmomMX1 1º - Fabio Aparecido dos Santos 2º - Carlos Campano Jimenez  3º - Eduardo Ferreira Lima 4º - Jetro Salazar 5º - Gustavo Pessoa de Souza MXJR 1º - Bernardo Eto Tibúrcio 2º - Eduardo Volpato 3º - Pietro Dalla Nora Piroli 4º - João Pedro Gonçalves Basilio 5º - Diego Enrique Van Der Beek Coria MX31º - Roosevelt de Freitas Assunção Junior 2º - Marcus Vinicius Ribeiro 3º - Rafael Fonseca dos Santos  4º - Rodrigo Pereira Nhemihes Taborda 5º - Lucas Favero Basso MX2JR1º - Guilherme Bresolin 2º - Gabriel Vinicius dos Santos Mielke3º - Guilherme Bastiani Maschio  4º - Peterson Possani Peres Filho 5º - Franco Iavecchia Badel MXF1º - Sarah Raquel Guimarães Silva 2º - Maiara Basso 3º - Thais de Castro Nascimento 4º - Larissa Dallo  Laura 5º - Tatiane Aparecida Poltronieri Elite MX MX1 - Segunda Bateria 1º - Fabio Aparecido dos Santos 2ª - Paulo Alberto 3º - Hector Freitas Assunção 4º - Eduardo Ferreira Lima 5º - Jetro Salazar MX2 - Segunda Bateria 1º - Lucas Moraes Dunka 2º - Leonardo de Souza3º - Gabriel Bohrer Andrigo 4º - Bruno Ribeiro Crivilin 5º - Henrique Henicka Soma Elite MX MX11º - Fabio Aparecido dos Santos - 50 pontos 2º - Eduardo Ferreira Lima - 38 pontos 3º - Paulo Alberto - 374º -Hector Freitas Assunção - 34 pontos 5º - Jetro Salazar - 34 pontos MX2 1º - Lucas Moraes Dunka - 50 pontos 2º - Leonardo de Souza - 44 pontos 3º -  Bruno Ribeiro Crivilin - 33 pontos 4º - Pedro Henrique Rosa Bueno - 28 pontos 5º - Frederico Molina Spagnol - 28 pontos Assessoria de Imprensa CBMFotos Luis Bueno
Equipe Honda Racing vai a Atibaia (SP) para rodada dupla do BRMX, e traz novidade na MX2!

Equipe Honda Racing vai a Atibaia (SP) para rodada dupla do BRMX, e traz novidade na MX2!

Off Road 19/11/2021
Hector Assunção, Jetro Salazar, Leonardo Souza e Henrique Henicka representam o time oficial da modalidade; Etapa terá a presença de Bruno Crivilin, campeão brasileiro de enduro 2021, no gate da MX2.[foto1]Atibaia (SP) – O Campeonato Brasileiro de Motocross continua nesta semana (19 a 21/11) com rodada dupla, em Atibaia (SP). A cidade do interior paulista será palco da quarta e quinta etapas da temporada 2021, que prometem fortes emoções e novidades. A equipe Honda Racing chega para mais uma disputa com o time oficial com Hector Assunção e Jetro Salazar na MX1, além de Leonardo Souza e Henrique Henicka na MX2. Campeão brasileiro de enduro na geral e na categoria E1, Bruno Crivilin encara pela primeira vez uma prova de motocross na MX2.[foto2]Com duas vitórias na temporada, o paulista Hector Assunção está empolgado com esta sequência na competição. “Será uma rodada dupla, assim como em Faxinal (PR). Estou animado com a primeira posição na última bateria em Fagundes Varela (RS) e me inspirando na frase que diz que ‘você é tão bom quanto a sua última corrida’. Tenho que vencer essas próximas baterias para buscar o campeonato”, ressalta Assunção, terceiro colocado na classificação da MX1 com 112 pontos. Ele acelera a motocicleta CRF 450R.[foto3]Com o mesmo modelo e na mesma categoria, Jetro Salazar está preparado para mais um desafio. “Estou 100% na condição física e tenho muita velocidade. Teremos até o fim do campeonato quatro etapas e oito baterias muito importantes. Estou focado para trazer um bom resultado e disputar o título”, diz o equatoriano radicado no Peru, que está em quarto na tabela, com 107 pontos.[foto4]Pela MX2, Leonardo Souza e Henrique Henicka contam que realizaram fortes treinos para essas etapas. “Estou feliz com os meus resultados na pista durante essas últimas semanas. Sinto que estou muito bem para encarar uma rodada dupla e me preparei bastante, seja fisicamente e com o acerto da moto, suspensão e outros detalhes”, explica o catarinense Souza que utiliza a CRF 250R. Ele é o quinto colocado na classificação da categoria, com 100 pontos. “Vai ser uma grande etapa. Consegui treinar mais e corrigir os pontos que estava errando”, comenta o gaúcho Henicka, que ocupa a oitava posição no ranking da categoria, com 77 pontos.Além do time oficial, a equipe satélite Honda Circuit FK Racing reforça o esquadrão vermelho nessa etapa com os pilotos Gustavo Pessoa (MX1), Gabe Gutierres (MX2) e Otavio Pedro (MX2JR).Campeão brasileiro de enduro, Bruno Crivilin encara o motocross – Depois de disputar o Mundial de Enduro, no qual finalizou a temporada 2021 na sexta colocação da classe E1 – o melhor resultado de um brasileiro na competição – e conquistar o atual tetracampeonato brasileiro de enduro na geral e na categoria E1 na última segunda-feira (15/11), Bruno Crivilin terá a experiência de participar de uma prova de motocross. Com a CRF 250RX, a mesma moto que ele utiliza nas provas de enduro, ele largará na MX2.[foto5]“Estou muito contente em correr essa prova do Brasileiro de Motocross. É a minha primeira vez na modalidade e estou ansioso para saber como é. Já assisti a uma corrida dos meninos, mas nunca alinhei em um gate. Nunca senti essa sensação. Espero passar um fim de semana muito bom. Tenho vários amigos no motocross e quero aprender o máximo com eles. Não tenho pressão nem cobrança e quero mesmo me divertir”, destaca o capixaba.A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada por Pro Honda, Fox, DID, Zeta e Seguros Honda.Campeonato Brasileiro de Motocross 2021 – 4ª e 5ª etapasLocal: Atibaia (SP)Confira a programação oficial completa no linkProgramação oficialPara assistir no YouTube é só clicar no linkCBM TV
Na liderança, Yamaha chega a Atibaia/SP para rodada dupla do Brasileiro de Motocross!

Na liderança, Yamaha chega a Atibaia/SP para rodada dupla do Brasileiro de Motocross!

Off Road 19/11/2021
O final de semana será de muitas corridas para a Yamaha Monster Energy Geração. O Brasileiro de Motocross desembarca na cidade de Atibaia/SP para uma rodada dupla, nos dias 19, 20 e 21 de novembro, válida pela 4ª e pela 5ª etapa da temporada. São 100 pontos em jogo nas categorias principais, MX1 e MX2.[foto1]Na MX1, Fábio Santos e Carlos Campano ocupam o primeiro e segundo lugares, respectivamente, na tabela de classificação, colocando a Yamaha em vantagem no campeonato. Paulo Alberto, que teve problemas com lesões no início da temporada, já está recuperado e busca bons resultados para subir na classificação.Na categoria MX2, Pepê Bueno ocupa a vice-liderança na tabela e quer usar a rodada dupla para obter os melhores resultados possíveis, para chegar na rodada final na condição de conquistar o título com Lucas Dunka, piloto bLU cRU que tem dominado a temporada, também colocando o time azul em vantagem.Na categoria MXF, a Yamaha também ocupa a liderança com a gaúcha Maiara Basso, vencedora da etapa de abertura. A categoria terá duas provas, uma na sexta e outra no domingo.Vitor Borba, o caçula do time, encara duas baterias pela MX2JR na rodada de Atibaia. O piloto acelera na sexta e no domingo, já totalmente recuperado de uma lesão que o prejudicou na temporada. A expectativa é de bons resultados no final de semana.[foto2]MOTOS NOVAS!Um diferencial para esta rodada do campeonato é que os pilotos da Yamaha Monster Energy Geração já estão utilizando as novas YZs 2022, que já estão disponíveis nas Concessionárias Racing Blue (Nacar Motorcycles, Geração Yamaha e Use Motos).[foto3]A Yamaha Monster Energy Geração tem patrocínio da Monster Energy, Grupo Geração, IMS Race Wear, Yamalube, Yamaha Consórcio, Polisport, Júpiter Baterias, Pirelli, Durag, Moto Style Graphics, Vedamotors, GET, DID, Foco Racing, Diafrag e CMB.Veja como está a expextativa dos líderes Fabinho e Maiara:FÁBIO SANTOS - MX1 – Yamaha YZ450F“As expectativas são boas, estou muito confiante e preparado pra mais um final de semana com quatro baterias. Tenho uma boa vantagem no campeonato e agora já é hora de ser um pouco mais estratégico, usar essa vantagem ao meu favor, me divertir e se possível sair de Atibaia com uma bateria de vantagem pra última etapa que acontece 15 dias depois.”[foto4]MAIARA BASSO - MXF – Yamaha YZ250F“As expectativas são as melhores. Tivemos apenas uma etapa na categoria feminina, então estou bem empolgada pra andar nestas duas etapas que vão ter em Atibaia, uma na sexta e outra no domingo. Isso vai praticamente definir o campeonato nosso, por isso treinei bastante nos últimos dias e estou bem preparada. Já estou com a moto Yamaha 2022, que é uma moto sensacional e que, com certeza, vai me ajudar muito no desempenho pra obter um bom resultado. É isso aí, vamos pra cima!”[foto5]CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATOMX11º) Fábio Santos – Yamaha Monster Energy Geração – 137 pontos2º) Carlos Campano – Yamaha Monster Energy Geração – 119 pontos3º) Hector Assunção – 112 pontos4º) Jetro Salazar – 107 pontos5º) Gustavo Pessoa – 106 pontos6º) Paulo Alberto – Yamaha Monster Energy Geração – 96 pontosMX21º) Lucas Dunka – bLU cRU Yamaha – 150 pontos2º) Pepê Bueno – Yamaha Monster Energy Geração – 120 pontos3º) German Bratschi – 113 pontos4º) Fred Spagnol – 102 pontos5º) Leonardo Souza – 100 pontosCategoria MXF1º) Maiara Basso – Yamaha Monster Energy Geração / 25 pontos2º) Thais de Castro / 22 pontos3º) Larissa Dallô / 20 pontos4º) Tatiane Poltronieri / 18 pontos5º) Tainá Aguiar / 16 pontosPROGRAMAÇÃOSEXTA-FEIRA, 19/11/2021TREINO LIVRE / CRONOMETRADO08:00 às 08:30 – MX208:35 às 09:05 – MX109:10 às 09:30 – MXJR09:35 às 09:55 – MX310:00 às 10:20 – MX2JR10:25 às 10:40 – MXFPROVAS OFICIAIS11:40 – MX2 – 30 min. + 2 voltas12:35 – MX1- 30 min. + 2 voltas13:25 – MXJR – 20 min. + 2 voltas14:20 – MX3 – 20 min. + 2 voltas15:00 – MX2JR – 20 min. + 2 voltas15:35 – MXF – 15 min. + 2 voltas16:15 – Elite MX – 30 min. + 2 voltasSÁBADO, 20/11/2021TREINOS LIVRES08:00 às 08:15 – MX408:20 às 08:35 – Nacional08:40 às 08:55 – 65cc09:00 às 09:15 – MX509:20 às 09:35 – 50cc09:40 às 09:55 – MXJR (Etapa Faxinal)TREINOS CRONOMETRADOS10:25 às 10:40 – MX410:45 às 11:00 – Nacional11:05 às 11:20 – 65cc11:25 às 11:40 – MX511:45 às 12:00 – 50ccPROVAS OFICIAIS13:00 – MX4 – 15 min. + 2 voltas13:35 – Nacional – 15 min. + 2 voltas14:10 – 65cc – 15 min. + 2 voltas15:10 – MX5 – 15 min. + 2 voltas15:45 – 50cc- 15 min. + 2 voltas16:20 – MXJR – 15 min. + 2 voltas (Etapa Faxinal)DOMINGO, 21/11/2021TREINO LIVRE / CRONOMETRADO08:00 às 08:30 – MX208:35 às 09:05 – MX109:10 às 09:30 – MXJR09:35 às 09:55 – MX310:00 às 10:20 – MX2JR10:25 às 10:40 – MXFPROVAS OFICIAIS11:40 – MX2 – 30 min. + 2 voltas12:35 – MX1- 30 min. + 2 voltas13:25 – MXJR – 20 min. + 2 voltas14:20 – MX3 – 20 min. + 2 voltas15:00 – MX2JR – 20 min. + 2 voltas15:35 – MXF – 15 min. + 2 voltas16:15 – Elite MX – 30 min. + 2 voltas
Agronômica recebe a final da Copa Serra Litoral de Velocross 2021

Agronômica recebe a final da Copa Serra Litoral de Velocross 2021

Off Road 18/11/2021
A cidade de Agronômica no estado de Santa Catarina, recebe nos dias 20 e 21 de novembro a grande final da Copa Serra Litoral de Velocross 2021. A pista anexa ao parque municipal de eventos já é bem conhecida dos pilotos e considerada uma das melhores do Brasil. O local já recebeu provas regionais, estaduais e até o Brasileiro de Velocross em 2019. [foto1]Após 5 etapas de muita emoção, algumas categorias já tem os campeões definidos, enquanto em outras a disputa segue firme até a bandeirada. Com participação de pilotos dos 3 estados do Sul, a Copa Serra Litoral de Velocross se firma como uma das melhores competições regionais, sendo que a etapa final, vale pontos pela final do Campeonato Catarinense de Velocross, elevando ainda mais o nível das provas.A programação da etapa, tem início no sábado com os treinos a partir das 10 horas e as primeiras largadas a partir das 15 horas. No domingo os treinos iniciam as 8 horas e as primeiras corridas a partir das 11 horas.As inscrições podem ser feitas no local da prova a partir da sexta-feira após as 17 horas. A prova será aberta ao público (sendo obrigatório o uso de máscara) com ingressos no valor de R$20 válido para os dois dias de evento.[foto2]A Copa Serra Litoral de Velocross 2021 tem patrocínio oficial de Vipal Pneus de Moto, Infinity Aloe, Honda Dorvalino Motos, Vedamotors, Motul, Durag, Racer Off Road, Drop Mud.  Co-patrocínio de TBT, Pro Racing, Only Racing, Moto Shop Racing, Art Troféus e De Mais FM.Mais informações em http://www.copaserralitoral.com.br/Fonte: RaceCross
Resultados do G.P. da República e final do King Motorcycle 2021!

Resultados do G.P. da República e final do King Motorcycle 2021!

On Road 17/11/2021
No feriado de segunda-feira 15 de novembro aconteceu no Kartódromo Internacional de Nova Odessa, o G.P. da República, válido pela final do Campeonato King Motorcycle 2021, quase 60 pilotso compareceram para a final que teve provas alucinantes pela disputa dos títulos de campeão 2021. Na parte da manhã rolaram os treinos livres e tomadas de tempo e na sequencia começaram as baterias, veja a seguir quem foram os vencedores e campeões da temporada.[foto1]Largada categoria Open, Street, SM Import...RD A - Vitória de Welligton Bernardes #33, o Preto, piloto de Ribeirão Preto que conquistou também o Bi-Campeonato, na segunda ficou Guilherme Araújo #26, piloto de Itu que vem acelerando forte a cada etapa, na terceira Roberval Almeida #66, na quarta José Carlos #95 e fechando o pódio Erick Nascimento #9.[foto2]Wellington Preto fechou com vitória o Bi...[foto3]Campeão Wellington Bernardes, Vice Roberval Almeida e terceiro Felipe MatheusRD B - Vitória de Alan Cezar #13, com o resultado Alan é Campeão na B, após o vice de 2020, em segundo na corrida ficou João Vitor #17 e na terceira Edvaldo Cocenza #15.[foto4]Alan também fechou com vitória o título...[foto5]Campeão Alan Cezar, Vice João Vitor e terceiro Edvaldo CocenzaOpen - A categoria Open teve a presença do Bi-canpeão da R3 Cup no Brasil, Turquinho Junior #12, o piloto que está começando uma carreira internacional acelerou forte em Nova Odessa, vencendo a Open e batendo o recorde do dia com o tempo de 00:54.236, mas não teve vida facil, pois João Fascineli #13 estava na sua cola o tempo todo, na tomada de tempo João foi o Pole Position e segundo na corrida, chegando bem próximo do ponteiro, com o resultado João foi o campeão da Open, na terceira colocação ficou Alex Kaua #16, na quarta Felipe Ardel #11 e na quinta Carlos Maia #21.[foto6]Turquinho Jr venceu a Open e bateu o recorde do dia...[foto7]Campeão João Fascineli, vice Alex Kaua e terceiro Adilson BonettiStreet - Vitória na Street para Gustavo Pavoni #24 de Ribeirão Preto, Gustavo acelerou forte a sua 4t, na segunda ficou Luis Gustavo "Mau Mau" #14, em terceiro Douglas Correia #74, na quarta Henrique Brito #18 e na quinta Mateus Queiroz #43.[foto8]Gustavo Pavoni venceu a Street...[foto9]Campeão Willian Silva, vice Guto Pregnolato e terceiro Gustavo Pavoni.SM Importada - Vitória de Gustvao Botene e segundo para Rafano Ferreira #76[foto10]Gustavo Bottene venceu a SM Importada...Campeão Gustavo Bottene, vice Danilo Araujo e terceiro Kleber AugustoStreet Senior - Vitória para Cesar Campos #74, correu atrás desta vitória na etapa para ficar com o Vice-campeonato, segundo na etapa para Rodrigo Silva #17 que estava na disputa direta contra Cesar pelo vice, terceiro na etapa para Beto Vieira #65, quarto para Marcelo Cristal #9 que com este resultado é Bi-Campeão da categoria, e fechou o podio Walter Apolinario Jr o "Juninho".[foto11]Cesar Campos venceu a Street Senior...[foto12]Campeão Marcelo Cristal, vice Cesar Campos e terceiro Rodrigo SilvaSM Nacional - Vitória para Gabriel Laia #62, primeira vitória de Gabriel que vem evoluindo a cada etapa, na segunda ficou Tiago Oliveira #77 que se tornou Bi-Campeão com o resultado e na terceira fechou Dennys Araujo #8.[foto13]Gabriel Laia venceu a SM Nacional...[foto14]Campeão Tiago Oliveira, Vice Gabriel laia e terceiro Dennys AraujoRD Master - Vitória para Marcelo Toma #35, que comemorou demais a evolução na etapa final, segundo para o Campeão Roberval Almeida #66, terceiro para Marcos Alberto #90, quarto para Agni Garcia #8 e quinto para Fabiano Oliveira #13[foto15]Marcelo Toma #35 conquistou uma grande vitória na final...[foto16]Vale o destaque para Roberval Almeida, ele é o único piloto na temporada que ficou campeão e vice em categorias diferentes.[foto17]Campeão Roberval Almeida, Vice Marcos Alberto e terceiro Maicon Fuser.Mobilete 2t - Vitória para Thiago Lança #8, com está vitória Thiago é o único campeão invicto do King Motorcycle, na segunda ficou Luis Rezende #66, terceiro Guilherme Rocha #28 em quarto Paulo Roberto #99 e quinto Alexandre Benatti #46.[foto18]Thiago Lança venceu, é o único Campeão Invicto na temporada...[foto19]Campeão Thiago Lança, Vice Luis Rezende e terceiro Junior JJScooter - Vitória para Felipe Bragttoni #9, segundo para Robson Fagundes #6 e terceiro para Guilherme Toledo #11[foto20]Felipe Bragttoni venceu a Scooter...[foto21]Campeão Felipe Bragttoni, vice Robson Fagundes e terceiro Ednaldo RibeiroMobilete 4t - Vitória na etapa Luis Rezende Junior #10, segundo para Claudio Gualberto #46 e terceiro para Kaue Gualberto.[foto22]Luis Rezende Jr venceu a Moby 4T[foto23]Campeão Claudinho Gualberto, vice Kaue Gualberto e terceiro Luis Rezende Jr.[foto24]Nossos agradecimentos aos nossos patrocinadores ao Kartódromo Internacional de Nova Odessa e ao Kartódromo Arena Itu pela excelente temporada.[foto25]“Agradecemos a presença de todos os pilotos durante a temporada, e mesmo com a Pandemia ainda forte no início do ano, conseguimos finalizar o campeonato, e vamos trabalhar duro para que 2022 ele cresça e tenha mais visibilidade para pilotos e apoiadores”. Falou Domingos Junior organizador da competição.Os resultados completos estão no site www.kingmoto.com.brA galeria de fotos está nos links a seguir no Facebook da King MotorcycleGaleria 01Galeria 02Galeria 02Fotos: Luis Bueno
Veja quem venceu na final da Copa Sul Minas de VX em São Sebastião da Bela Vista!

Veja quem venceu na final da Copa Sul Minas de VX em São Sebastião da Bela Vista!

Off Road 17/11/2021
A cidade mineira de São Sebastião da Bela Vista, recebeu nos dias 13 e 14 de novembro, a final da Copa Sul Minas de Velocross, que teve início em 2020 e foi interrompida devida a Pandemia. Os pilotso compareceram em bom número para a disputa pelo título de Campeão. [foto1] O nosso parceiro, o locutor Carlinhos Roque esteve presente para agitar a todos, e nos trouxe a relação dos vencedores e campeões da Copa. [foto2] Leonardo Lima o “Costelinha”, Carlinhos locutor e o jovem piloto Gustavo Ribeiro de São Senastião da Bela Vista. Na corrida destaque para Leonardo Lima Borges o “Costelinha que venceu as categorias; Força livre Nacional e 230 acima, e na importada para Daniel Mendes #282 de Itajubá que venceu a VX1 e também a VX3. Vencedores da Final da Copa Sul Minas de Velocross:VX1 - Daniel Filgueiras Mendes #282 - Itajubá MGVX2 - José Eduardo Nogueira Teodoro #47 - Pouso Alegre MGVX3 - Daniel Filgueira Mendes # 282 - Itajubá MGVX4 - Ivan Aparecido da Silva (Bananal) #489 - Muzambinho MGForça Livre Pró - Joarez Souza #26 - São Bento do Sapucaí MGIntermediária - Matheus da Silva Leite #5 - Piranguçú MGForça Livre Nacional - Leonardo Lima Borges #11 - Pouso Alegre MG230cc - Osmar Gonçalves Lopes #206 - Monte Belo MG230 Acima - Leonardo Lima Borges #11 - Pouso Alegre MGVX3 Nacional - Fabio Tavares #10 - Monte Verde MGNacional Amador - Nelson Leonardo Paiva (Léo Paiva) #9 - Monte Belo MGJunior - Eduardo Barros de Araújo Félix - Elói Mendes MG65cc - Nicolas Lopes #35 - Pouso Alegre MG50cc - Caio Marra (Carneirinho) #77 - Itajubá MGConfira a seguir os Campeões:Em breve
Eric Granado vai para a LCR E-Team em 2022!

Eric Granado vai para a LCR E-Team em 2022!

On Road 17/11/2021
O brasileiro Eric Granado #51 publicou em suas redes sociais hoje a sua nova equipe a LCR E – Team, a mesma equipe LCR Honda do MotoGP que tem Alex Mraquez e Takaaki Nakagami. A temporada de 2022 da MotoE deverá ser mais intensa, por isso acreditamos que Eric Deverá focar apenas neste campeonato, vamos aguardar. Veja a seguir o comunicado oficial da equipe. [foto1] LCR E-Team apresenta Eric Granado e Miquel Pons para 2022! Eric Granado junta-se a Miquel Pons e à Equipa LCR E para a Copa do Mundo de MotoE FIM Enel de 2022.O piloto brasileiro Eric Granado assinou um contrato com a equipa de Lucio Cecchinello para a temporada 2022. Esta será a sua quarta temporada na categoria elétrica, tendo terminado em 3o lugar geral na temporada inaugural 2019, 7o lugar em 2020 e mesmo fora do pódio na temporada 2021 que concluiu em Misano em setembro deste ano, onde terminou em 4o lugar.Depois de uma primeira temporada impressionante com a LCR E-Team em 2021, com dois pódios na mala, um deles a primeira vitória do LCR na classe toda elétrica, Pons provou ser um piloto realmente competitivo, ganhando o seu lugar na LCR na temporada 2022.A Copa do Mundo FIM Enel MotoETM de 2022 irá ver algumas grandes mudanças com um novo formato de eventos.A partir de 2022, os eventos padrão de MotoE contarão com duas sessões de Treino Livre e uma Qualificação na sexta-feira, e duas corridas: uma no sábado e outra no domingo. E-Pole será substituído por sessões do Q1 e Q2.Agora, está na hora de preparar-se e trabalhar arduamente enquanto esperamos que o calendário de 2022 seja anunciado, mas a Equipe LCR E estará de volta totalmente carregada e pronta para lutar pelo topo.[foto2]Eric Granado"Para a próxima temporada, tenho muito prazer em dizer que vou juntar-me à Equipa LCR. Eles são uma grande equipe, muitos anos a correr em nível superior. Estou muito feliz com a oportunidade que o Lucio me deu. Fazer parte da família LCR é muito especial para mim. Estou muito entusiasmada por começar a trabalhar com eles e tentar dar o meu melhor desde o início e pré-temporada e preparar-me para a temporada de 2022. Será uma temporada diferente para nós, com 2 corridas todos os fins de semana. Então, vou tentar apanhar o máximo de pontos possível e tentar dar o meu melhor desde o início até ao fim, para ter possibilidades no final da temporada para lutar pelo Campeonato. Esse é o alvo. Lutando pelo título. Gostaria de agradecer novamente ao Lucio, e a todos da equipe por confiarem em mim. Farei o meu melhor como sempre. É isso! Vamos em frente”.[foto3]Miquel Pons Payeras"Estou muito feliz por anunciar que continuarei com a equipa LCR em 2022. Tenho a certeza de que vamos trabalhar muito bem juntos novamente, porque melhoramos muitas coisas este ano e trabalhamos arduamente para nos mantermos nas posições de topo. Gostaria de agradecer ao Lucio, à equipa, à minha família, à família Hernandez (meu gerente) e ao Nobi Ueda. Também gostaria de aproveitar esta oportunidade para agradecer aos meus patrocinadores e a todos os que me apoiam e tornam isto possível. ”Lúcio Cecchinello“É um prazer para a LCR e para mim continuar com o projeto MotoE no próximo ano. Até agora, alcançamos 3 pódios maravilhosos, um deles uma vitória surpreendente em Barcelona. Queremos continuar a obter estes grandes resultados. É um prazer ter confirmado Miquel Pons para a temporada 2022 e receber um piloto tão competitivo como Eric Granado na nossa equipe.Aproveito também para agradecer aos nossos patrocinadores e parceiros que acreditam no nosso projeto MotoE, e a todo o pessoal da nossa equipe incluindo o nosso ex-piloto Kevin Zannoni que continuará participando da categoria MotoE e fará parte da nossa ciência Projetos ific denominados respectivamente "Driving Vision Science" e “Ciência da Visão do Desempenho”, promovido pela Sifi”.
Arena Cross terá uma Super Final com Enzo Lopes e mais uma esquadra de gringos!

Arena Cross terá uma Super Final com Enzo Lopes e mais uma esquadra de gringos!

Off Road 16/11/2021
A final do Arena Cross 2021, terá um evento especial em local fechado e coberto, no Pavilhão do Anhembi em SP, o evento vai ter a participação de Enzo Lopes, Henry Miller (EUA), Cade Clason (EUA), Tyler Bowers (EUA), Adam Chatfield (Inglaterra) e mais a galera que já corre no Brasil o evento promete ser o maior que já aconteceu no Brasil, confira a seguir o release oficial do evento.Arena Cross realiza Super Final no Pavilhão do Anhembi em São Paulo!Decisão do campeonato será em rodada dupla em um evento especial e internacional nos dias 27 e 28 de novembro; Canal SporTV transmitirá ao vivo os dois dias de competição.[foto1]Tradicional campeonato off-road do país, o Arena Cross realiza a Super Final da 23ª edição nos dias 27 e 28 de novembro, no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo (SP). A decisão da temporada será internacional, já que a prova receberá mais quatro pilotos de fora do país, além dos que disputam a competição. Com rodada dupla, o evento terá transmissão ao vivo pelo canal SporTV e também pelas redes sociais Facebook e YouTube do evento.Além da grande estrutura e cenografia que proporcionam um verdadeiro show, a Super Final do Arena Cross 2021 contará com uma pista criada e construída pelo inglês Justin Barclay, responsável há muitos anos pelos circuitos do Campeonato Mundial de Motocross. Ele também foi o responsável pelo traçado do GP do Brasil do Mundial de Motocross, realizado no Beto Carrero, em Penha (SC), eleito a melhor etapa em 2012 e 2013.[foto2]O Arena Cross reúne pilotos nacionais e estrangeiros, divididos em quatro categorias: Pró (acima de 16 anos e motos até 450cc), AX2 (de 14 a 23 anos e motos até 250cc), 65cc (de 7 a 12 anos) e 50cc (de 5 a 9 anos). O evento também terá um show de freestyle motocross com a equipe do piloto Fred Kyrillos.A Super Final do Arena Cross estará aberta ao público, de acordo com todas os protocolos de saúde determinados pelo estado e município de São Paulo. Entre os espaços disponíveis aos fãs estão a arquibancada geral e a torcida vip premium, com buffet exclusivo, lounge vip e visitação a área de box em horário determinado. Haverá praça de alimentação, estandes de patrocinadores e parceiros, sessões de autógrafos, distribuição de brindes e muitas novidades.[foto3]“É sempre uma grande responsabilidade realizar um evento na capital São Paulo, principalmente no Pavilhão do Anhembi, local de grandes feiras e espetáculos nacionais e internacionais. Estamos muito animados com essa Super Final, que integra a retomada da participação do público e fãs em competições esportivas na cidade. Vamos seguir todas as normas de segurança e prevenção à Covid-19 estabelecidas pelas autoridades. Esperamos que tudo seja um grande sucesso”, ressalta Carlinhos Romagnolli, diretor geral do Arena Cross.[foto4]Campeonato 2021Após a etapa de Caraguatatuba (SP), realizada em setembro, a liderança da categoria Pró está com o venezuelano Anthony Rodriguez, da KTM, com 37 pontos, seguido do brasileiro Hector Assunção, com 34, e do equatoriano Jetro Salazar, com 32 pontos, ambos da equipe Honda Racing. Na AX2, o líder é Pepê Bueno, da Yamaha, com 20 pontos. Kevyn de Pinho e Heitor Matos venceram a primeira corrida na 65cc e 50cc, respectivamente.O Arena Cross 2021 tem patrocínio da Honda, Pro Honda, Monster Energy e copatrocínio da KTM. O evento conta com a parceria da Prefeitura de São Paulo e da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME). O apoio é da revista Pró Moto, revista Dirt Action e Moto Channel Brasil. A supervisão é da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). A realização é da Romagnolli Promoções e Eventos e Linem (Liga Nacional de Esportes a Motor).[foto5]Serviço:Arena Cross 2021 – Super FinalData: 27 e 28 de novembro (sábado e domingo)Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi – Setor Norte IndoorEndereço: Av. Olavo Fontoura, 1.451 – São Paulo (SP)Ingressos: https://www.arenacross.com.br/ingressosProgramação:Sábado (27/11)13h – Abertura dos portões16h30 – Treinos classificatórios19h – Abertura do evento19h30 – Início das provas22h30 – EncerramentoDomingo (28/11)9h – Abertura dos portões9h30 – Warm-up11h – Abertura do evento11h30 – Início das provas15h30 – Encerramento
Ramyller Alves se junta a Caio Lopes na Invictus Speed Crew!

Ramyller Alves se junta a Caio Lopes na Invictus Speed Crew!

Off Road 16/11/2021
O piloto Ramyller Alves, também foi anunciado na última semana na mesma equipe que Caio Lopes, a Invictus Speed Crew. Ramyller que tem dupla cidadania Brasil / EUA, vai ysar o numeral 70 nesta temporada o anterior era o 220. Veja a seguir o comunicado oficial[foto1]Ramyller corria com o 220, e agora passará para o 70...Invictus Speed CrewTemos o prazer de anunciar mais um piloto para defender o Invictus Speed Crew, @ramylleralves vem trazer para a nossa equipe toda a sua experiência e com o objetivo de alcançar grandes resultados. Sabemos do potencial de Ramy e agora nossa equipe está pronta para trabalhar duro para a temporada de 2022. Obrigado a todos os nossos patrocinadores pelo apoio.Ramyler AlvesFala galera, muito feliz em anunciar meu novo time para a temporada 2022 do Supercross, farei parte da @invictus_speed_crew! Estou bem animado com a oportunidade e ansioso por 2022! Obrigado a todos vocês que tem me apoiado estes últimos anos! Contando com a torcida de todos vocês![foto2]
Centro Cultural Movimento – inauguração!

Centro Cultural Movimento – inauguração!

On Road 16/11/2021
Socorro inaugura museu dedicado à história dos 120 anos das motos e bicicletas no país. Inaugurado na última quinta-feira (11), o 'Centro Cultural Movimento' possui um dos maiores acervos do país dedicado ao segmento de duas rodas, que inclui documentos históricos, troféus importantes e inúmeras modelos de motos e bicicletas [foto1]São Paulo (SP), novembro de 2021 -  A cidade de Socorro (SP), localizada na região do Circuito das Águas Paulista, acaba de inaugurar o primeiro museu do Estado de São Paulo dedicado a contar os 120 anos de história das motos e bicicletas no país. Batizado de ‘Centro Cultural Movimento’, o local foi oficialmente inaugurado na tarde da última quinta-feira (11), após a realização da cerimônia de abertura que reuniu autoridades locais dos poderes Executivo e Legislativo, diversos pilotos que fizeram história no país e no mundo, representantes de entidades do setor, além de membros de algumas das famílias que iniciaram o motociclismo no Brasil.“Tudo que vocês vão ver aqui dentro do museu se trata da história de nós mesmos. Tudo que está aqui é porque vocês [pilotos e famílias] nos cederam. A lista de quem emprestou motos é enorme”, destacou Carlãozinho Coachman, curador do ‘Centro Cultural Movimento’, em discurso emocionado durante a solenidade de abertura.[foto2]Iniciado há cerca de duas décadas, a proposta de desenvolver o mototurismo em Socorro ganhou força nos últimos anos com o lançamento do projeto ‘Socorro Destino Duas Rodas’, que culminou na exposição ‘Duas Rodas e Uma Nação’ e, mais recentemente, na parceria público-privada (PPP) que oficializou a abertura do museu ‘Centro Cultural Movimento’. O coordenador do projeto ‘Socorro Destino Duas Rodas’, Luciano Peixoto, relembrou toda essa trajetória que culminou na transformação do antigo sonho de construir um polo de mototurismo no interior de São Paulo em realidade.“Percebi que Socorro tinha todo sentido para realizar este projeto. Aqui era o lugar. Aqui seria a segunda Campos do Jordão. Se passaram 20 anos, e, em algum tempo, em 2019, tivemos a oportunidade para trazer um grande evento da BMW para Socorro. Para resumir, queríamos tornar a cidade na capital brasileira das duas rodas e iniciamos o projeto ‘Socorro Destino Duas Rodas’. Trouxemos a iniciativa privada. Aí veio a pandemia e as coisas atrasaram um pouco. Mas hoje estamos selando o que começamos em 2019. Socorro merece. É uma economia forte. Sabemos que esse segmento pode nos trazer um enorme benefício, com um público com grandes receitas. A primeira ação é o ‘Centro Cultural Movimento’, uma realidade hoje. Mas isso é só um pontapé inicial que queremos para nossa cidade”, disse Peixoto.Logo após o encerramento da cerimônia de inauguração, o museu teve sua primeira atividade oficial com o lançamento do livro ‘Montar e Partir’, do piloto e autor gaúcho Ricardo Lugris. Aberto ao público a partir desta sexta-feira (12), o ‘Centro Cultural Movimento’ possui um dos mais vastos acervos do país dedicado ao segmento de duas rodas, que inclui fotografias, documentos históricos, troféus das principais conquistas nacionais e internacionais, além de inúmeros modelos de motos e bicicletas lançadas nos últimos 120 anos. Entre algumas das raridades expostas estão o título do ‘Trofeo Real Consul D'Itália’, de 1937, conquistado pelo piloto Luiz Bezzi, e a réplica da Mobilette de Alex Barros, em sua estreia na velocidade aos sete anos, e da PUCH campeã paulista de ciclomotores de 1978 com José Escalona.[foto3]Depoimentos:“Anos atrás, quando Carlãozinho me procurou, imediatamente disponibilizei tudo o que eu tinha, sem exceção. Para nosso esporte e nossa nação é algo inédito. Resgata o passado, não apenas como um museu de motos, e sim como o museu da nossa história. Não me lembro de ter visto algo assim em outro lugar do mundo. E acho que isso não para por aqui. É uma coisa para o futuro” – Santo Feltrin“O museu, além de mostrar a história da bicicleta e da motocicleta, mostra a história do motociclismo no Brasil, e a cidade de Santos (SP) teve uma importância imensa através do ícone Luiz Bezzi, santista que foi campeão Paulista e Brasileiro, e de seu filho, Franco Bezzi Neto. Mostra também um dos primeiros Moto Clube do Brasil, o Santos Moto Clube, que foi modelo para todos os Moto Clubes brasileiros. Está exposto o troféu Real Cônsul da Itália, que Luiz Bezzi ganhou após conquistar o campeonato por um número de vezes seguidos, que está em poder do seu neto, Coronel José Bezzi, o qual emprestou ao museu para exposição. Vale a pena aos amantes do motociclismo e da história conferirem” - Orlando Bezzi“Carlãozinho, obrigado pelo convite. Sempre defendendo a história das duas rodas. Sucesso” – Renato Gaeta“Um passo importante para colocar o Brasil na civilidade. Enquanto Ciência e Cultura sofrem ataques, a cidade de Socorro abre suas portas para o futuro contando a história de nosso amor pelas motos e bicicletas” - Celso Miranda, jornalista da BandSports“Baita evento de inauguração do Centro Cultural Movimento, com o destaque da exposição Duas Rodas e Uma Nação! O mais importante foi o Carlãozinho ter juntado os maiores campeões do motociclismo brasileiro, empresários do setor, fotógrafos, diretores de arte, doadores de motos e vasto material que compõe hoje o acervo do MotoStory. Um evento de primeira” – Edson Lobo[foto4]“A história de uma das famílias mais antigas do motociclismo brasileiro foi eternizada ontem pelo Centro Cultural Movimento - MotoStory Brasil” - Gustavo Ceccarelli“Os erros não são esquecidos e servem de lição. Os acertos, os ídolos, os heróis e as conquistas jamais serão esquecidos e servem de inspiração. Somos parte de uma corrente que liga o passado, o presente e ajuda a moldar o futuro. Se mantivermos acesa a chama, o fio da história não se perde”  - Carlãozinho Coachaman – Curador do Centro Cultural MovimentoFique de olho na agenda que já tem muita coisa sendo prepara pelo CCM:- Hard in Help: 3, 4 e 5 de dezembro de 2021;- Lançamento do Livro Duas Rodas e Uma Nação - 2021;- Documentário ‘Aconteceu em Daytona’: 12 de março de 2022 (Cine Cavaliere Orlandi);- Enduro da Independência (40 anos): Setembro de 2022;- Socorro Moto Classic – 2022;- Lançamento do livro ‘João Bike Mendes’: 2022.[foto5]Informações importantes:O QUE: Inauguração do Centro Cultural MovimentoABRE PARA O PÚBLICO:   Sexta-feira (12) a partir 10hONDE: Antiga Estação Ferroviária;ENDEREÇO: Praça Rachid José Maluf, 83, Socorro (SP)INGRESSO: R$ 20,00 inteira | MEIA ENTRADA:  Para os estudantes e 60+SOCORRENSES:  Não pagam nos dias úteis, apresentando o Cartão Cidadão e documento oficial com foto (RG, Passaporte ou CNH)HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: quartas e quintas-feiras, das 10h às 18h, sextas e sábados, das 10h às 20h e domingos, das 9h às 17hSITE:  www.centroculturalmovimento.com.br
2º Moto Xtreme Caraguatatuba, sucesso também no domingo de Velocross!

2º Moto Xtreme Caraguatatuba, sucesso também no domingo de Velocross!

Off Road 12/11/2021
Nos dias 06 e 07 de novembro Caraguatatuba recebeu o 2º Moto Xtreme Caraguatatuba, no sábado 06 aconteceu o Motocross, e no domingo 07 foi o dia da galera do Velocross acelerar, e foram comtemplados com uma premiação em dinheiro em várias categorias. Veja a seguir quem foram os vencedores, mais uma vez o evento teve total apoio da Prefeitura de Caragua. [foto1] O organizador Degmar, popularmente conhecido como Chic Chic, contou com o apoio de várias empresas locais e conseguiu uma boa premiação aos pilotos, e mesmo com um número reduzido em algumas categorias a premiação foi confirmada e entregue com muita festa dos pilotos.[foto2]Outro destaque do evento foi a doação de Leite pelo público que foi entregue a coordenação do Município.[foto3]Pódios com muita festa de todos os participantes...As disputas mais uma vez foram intensas e destaque para Emerson Tio #142 nas motos importadas vencendo a VX1 e VX Importada, para Leandro Aparecido #90 vencendo a 230 e a Força Livre Nacional e para Matheus Henrique que venceu a 65cc e também a Junior, veja a seguir todos os vencedores do Velocross.2º Moto Xtreme CaraguatatubaVX – 07/novembro50cc - Diego Teodoro #2[foto4]65cc - Matheus Henrique #5Junior - Matheus Henrique #5[foto5]VXF - Sabrina Costa #201[foto6]Nacional B - Matheus de Jesus #51[foto7]Nacional A - Gustavo Rodrigues #84[foto8]Nacional F.L. - Leandro Aparecido #90230 - Leandro Aparecido #90[foto9]Importada F.L. - Emerson Tiu #142VX1 - Emerson Tiu #142[foto10]VX 2 - Gabriel Amaral #17[foto11]VX 3 - Marcos Luiz #22[foto12]VX 4 - Nei Broto #23[foto13]VX 5 - Edilan Oliveira #797[foto14]Fotos: DJ Drone Fotografias
2º Moto Xtreme Caraguatatuba, foi sucesso, veja quem venceu no sábado o MX!

2º Moto Xtreme Caraguatatuba, foi sucesso, veja quem venceu no sábado o MX!

Off Road 12/11/2021
Nos dias 06 e 07 de novembro Caraguatatuba recebeu o 2º Moto Xtreme Caraguatatuba, no sábado 06 aconteceram as provas de Motocross e o Velocross no domingo 07, veja a seguir quem foram os vencedores de mais este grande evento que teve total apoio da Prefeitura de Caraguatatuba. [foto1] Gustavo Rodrigues foi o grande vencedor da etapa vencendo a FL Importada e a VX1[foto2]A presença do Secretário de Serviços Públicos Marcelo Pereira, sempre participando de todas as ações do evento, aqui com a placa de 15 segundos para a largada junto com o organizador Degmar "Chic Chic" e as meninas das placas.As provas do Motocross foram bem disputadas a seguir confira todos os vencedores do sábado exclusivo ao MX.2º Moto Xtreme CaraguatatubaMX – 06/novembroF.L. Importada - Gustavo Rodrigues #67MX 1 - Gustavo Rodrigues #797MX 2 - Nei Broto #23[foto4]MX 3 - Rogério Louro #120[foto5]MX 4 - Thomaz Calil #67[foto6]MX 5 - Edilan Oliveira #797[foto7]MX 2 - Matheus Henrique #5[foto8]Intermediária - Nei Carneirinho #77[foto9]Estrutura e equipe de segurança sempre a postos no evento...[foto10]A cada etapa a estrutura do Park Off Road Velopraia Racing vem aumentando.[foto11]Fotos: DJ Drone Fotografias
Herlings é campeão da MXGP, Geerts vence a etapa na MX2!

Herlings é campeão da MXGP, Geerts vence a etapa na MX2!

Off Road 10/11/2021
Nesta quarta-feira (10/11) aconteceu o GP de Mantova na Itália, última etapa do Mundial MX, e depois da primeira bateria, com a vitória de Jeffrey Herlings da KTM com Romain Febvre da Kawasaki em segundo, ambos chegaram para a segunda e última bateria da temporada empatados. Na largada Jorge Prado da KTM dispara na frente, seguido por Febvre e Herlings, mas rapidamente o piloto da Kawasaki ultrapassa Prado que abre passagem também para Herlings, que não demora para roubar a primeira posição de Fevbre, com Gajser em terceiro perto dos dois. [foto1]Herlings é Campeão 2021! Durante toda a prova, Herlings mantém a liderança seguido por Febvre e Gajser, sendo que o piloto da KTM vai abrindo uma pequena vantagem com mais de 2 segundos sobre o piloto da Kawasaki. Logo depois Febvre cai perdendo posições e deixando tudo mais fácil para Herlings. Bandeirada e vitória de Herlings seguido por Gajser, Febvre, Jeremy Seewer da Yamaha e fechando os cinco primeiros Bryan Borges da Gas Gas. E com esse resultado o piloto da KTM se consagra campeão da temporada, uma das mais competitivas dos últimos anos, cujo título foi decidido nesta última bateria. [foto2]Romain Febvre #3 é vice... Na última bateria do ano da MX2, vitória do atual campeão Maxime Reanux da Yamaha, seguido pelo companheiro da equipe, Jago Geerts, Mattia Guadagnini da KTM. Na geral vitória de Geerts com Renaux em segundo, lembrando que existe a possibilidade do campeão se transferir para a MXGP, apesar que nada foi divulgado oficialmente. [foto3] Jaso Geerts #93 venceu... [foto4] O campeão Maxime Renaux #959 ficou em segundo... Resultados: MXGP [foto5] [foto6] MX 2 [foto7] [foto8] Resumo em vídeo Logo mais...
Caio Lopes é anunciado oficialmente para o AMA SX 2022!

Caio Lopes é anunciado oficialmente para o AMA SX 2022!

Off Road 10/11/2021
O piloto brasileiro Caio Lopes #134, foi anunciado oficialmente para a temporada 2022 pela equipe Invictus Speed Crew, Caio disputou uma etapa em 2021 do AMA Motocross, que serviu de teste para a sua contratação, o próprio piloto já havia confirmado a sua ida para a terra do "Tio San", mas agora é oficial, veja a seguir o comunicado feito no Instagram do time. [foto1] Invictus Speed CrewHá alguns meses @ caiolopes134 veio aos EUA para fazer alguns testes com a equipe e participar da prova de Unadilla. Queremos anunciar oficialmente @ caiolopes134 para a temporada 2022 do Supercross - Costa Leste. Obrigado a todos os patrocinadores pelo apoio. [foto2] A AMA Supercross começa no dia 08 de janeiro no Angel Stadium de Anaheim, com a categoria 250 Oeste, Caio Lopes vai disputar a Costa Leste que começa na sétima etapa do AMA SX no dia 19 de fevereiro no US Bank Stadium em Mineapolis.Moto Xtreme – Estamos na torcida e traremos todas as informações sobre a temporada do piloto Caio Lopes #431 (Numeral do AMA).
Diogo Moreira dá passo seguinte na carreira e vai disputar a Moto3 em 2022!

Diogo Moreira dá passo seguinte na carreira e vai disputar a Moto3 em 2022!

On Road 10/11/2021
Diogo Moreira vai estrear no Mundial de Motovelocidade na próxima temporada. O piloto nascido em São Paulo vai formar dupla com Ryusei Yamanaka na estreante equipe MT Helmets MSI Race Tech.[foto1]O Brasil terá novamente um representante no Mundial de Motovelocidade. Aos 17 anos, Diogo Moreira garantiu o próximo passo da carreira e vai estrear na Moto3 no próximo ano com a estreante equipe MT/MSI, confirmam diversas fontes da imprensa. O brasileiro será companheiro do japonês Ryusei Yamanaka, já anunciado oficialmente pelo time espanhol.[foto2]Diogo foi destaque nos campeonatos em 2021...[foto3]Veja a seguir o comunicado oficial da formação do novo time na Moto3:MSI Espanha e MT Capacetes apostam no Motociclismo criando uma nova equipe no Campeonato Mundial de Moto3!Motor & Sport Institute expandiu sua estrutura de esportes e treinamento desde a temporada de 2022, juntando-se ao Motociclismo com sua participação no Campeonato Mundial de Moto3. A equipa, oficialmente registada com o nome de MT Capacetes-MSI Race Tech, embora seja reconhecida como MT Capacetes-MSI Spain, vai disputar o campeonato com a marca KTM.[foto4]Para a MSI é uma honra contar com a importante colaboração da MT Capacetes, empresa de renome mundial, que há vários anos apoia pilotos da estatura de Pedro Acosta e Sergio García.A academia, inaugurada em 2017, incluirá neste novo projeto uma estrutura altamente qualificada para gerir tudo o que se relaciona com as questões desportivas. Com esta inclusão, o objetivo é atingir o tandem perfeito e competitivo, ser uma formação de destaque na pequena categoria do Campeonato Mundial de Motociclismo.Dessa forma, a empresa de propriedade da Teo Martín potencializará seus benefícios e serviços, ampliando as oportunidades para estudantes de Engenharia e Mecânica que por suas instalações passam.[foto5]Teo Martín (CEO da MSi Espanha):“Estamos muito entusiasmados com este novo projeto no Campeonato Mundial de Motociclismo. Para a MSI é uma oportunidade excepcional, sendo o complemento perfeito para a formação dos nossos alunos na modalidade de Motociclismo, o que será implementado no nosso programa académico num futuro próximo. É um orgulho contar com a MT Capacetes para esta nova estrutura, pois é uma empresa forte com uma filmagem internacional muito importante; Tenho certeza de que faremos grandes avanços juntos. Esperamos que 2022 seja um ano muito produtivo e que tenhamos bons resultados. ”[foto6]Javier Tomás (CEO da MT Helmets): “Para a MT Helmets é uma honra subir ao Campeonato do Mundo de Motos na próxima temporada de 2022 e fazê-lo juntamente com esta magnífica equipa. De nossa empresa, apoiamos vários pilotos de Copas do Mundo há vários anos, mas queríamos dar um passo adiante fazendo parte de uma equipe. O nosso objetivo sempre foi ter um trampolim para os jovens chegarem ao MotoGP. Tenho certeza que será uma aliança muito positiva para este esporte e nossos pilotos. Por isso, confiamos que ficaremos juntos por muitos anos, colhendo sucessos. ”Fonte: Motor & Sport Institute[foto7]Sobre as empresas:Motor & Sport Institute é um centro único no mundo com mais de 12.000 m2 focado em Treinamento, Tecnologia, Inovação e Esportes.Contamos com tecnologia e equipamentos de última geração como ferramenta para o desenvolvimento do Talento Acadêmico e Esportivo.MT Helmets tem mais de 50 anos de experiência, e protege com seus produtos mais de 100 países da Europa, América, Ásia, África e Oceania.
Atibaia vai receber o Brasileiro de Motocross na próxima semana!

Atibaia vai receber o Brasileiro de Motocross na próxima semana!

Off Road 09/11/2021
A cidade de Atibaia (SP), vai receber nos dias 19,20 e 21 de novembro de 2021, o Campeonato Brasileiro de Motocross para suas etapas de número 04 e 05, o local escolhido foi a Estação Atibaia, local muito bonito, que tem uma boa infraestrutura para eventos.[foto1]Local é muito acolhedor, e já recebeu diversos eventos...[foto2]A pista está sendo construída em uma área grande do local, e terá uma estrutura muito bacana. As provas terão a presença de público, mas para aqueles que preferem assistir às disputas do conforto de casa, podem acompanhar tudo pelo YouTube da CBM - (Confederação Brasileira de Motociclismo). Os protocolos de biossegurança serão seguidos na realização do evento, o uso de máscara é obrigatório. [foto3]Em 2019 a vizinha Jarinu recebeu uma etapa do BR-MX...O Diretor de Modalidade do Motocross, Wesley Rodrigues Magalhães (Pakito), comenta sobre as expectativas para a 4ª e 5ª etapas do Campeonato Brasileiro de Motocross. “As expectativas são grandes, a pista já está sendo preparada por nossa equipe, a sua localização é um dos pontos positivos, porque ela é bem centralizada na cidade, com um fácil acesso para todos, com isso, acredito que o número de espectadores será grande. Não vejo a hora de estar mais uma vez reunido com todos os pilotos, com certeza, todos vão amar a adrenalina e o espetáculo que é o BRMX”.[foto4]As categorias4ª ETAPA: ELITE MX - MX1 - MX2 - MX3 - MX4 - MX5 - MX2 JR - MXJR - MXF - Nacional - 65cc e 50cc.5ª ETAPA: ELITE MX - MX1 - MX2 - MX3 - MX2JR - MXJR e MXF.InscriçõesPara aqueles interessados em competir na 4ª e 5ª etapas do Campeonato Brasileiro de Motocross 2021, devem realizar a inscrição pelo site da CBM. Para acessar, CLIQUE AQUI. É importante destacar que somente pilotos com a licença válida para 2021 podem efetuar a inscrição para as provas.As inscrições online vão até o dia 16 de novembro para a quarta e quinta etapas do Brasileiro de Motocross 2021. No dia 18 de novembro serão realizadas as inscrições no local.Para acompanhar a programação, CLIQUE AQUI.Fotos: Web e Luis BuenoMoto Xtreme - Estaremos lá fazendo a cobertura completa do evento.