On Road


Alta velocidade na 4ª etapa do King Motorcycle em Itu!

Alta velocidade na 4ª etapa do King Motorcycle em Itu!

On Road 28/06/2022
O Campeonato King Motorcycle 2022, teve sua quarta etapa no dia 26 de junho em Itu, no Kartódromo Arena de Itu, pilotos de várias regiões do estado de São Paulo prestigiaram a competição, além da presença de dois pilotos do Mundial de SBK, Ton Kawakame e Turquinho Junior, que aproveitaram para treinar e acelerar em alta velocidade em Itu.[foto1]Turquinho e Ton durante os treinos...O dia começou com treinos livres, na sequência as tomadas de tempo e depois as corridas, que foram espetaculares.[foto2]Grid da Open, pilotos de alto nível em Itu...As primeiras categorias a entrarem em modo “Racing” foram a Scooter e Mobilete, que dividiram a pista de corrida, Felipe Braghittoni #9, piloto de São Paulo, venceu na geral com sua Scooter, na Mobilete mais uma vitória para Tiago Lança #8, vale destacar que mesmo em categorias diferentes a disputa entre os pilotos levantou a galera...[foto3]Felipe Braghittoni #9, venceu no geral...[foto4]Tiago Lança #8, venceu na Mobilete...A categoria Open, trouxe as estrelas do Brasil no WSBK, e a disputa entre Ton Kawakame e Turquinho Junior foi o ponto alto do dia, os dois trocaram por diversas vezes a liderança até que Ton abandonou a prova, Turquinho já liderava e finalizou em primeiro, em segundo ficou Renan Viana #62 e Deivid Daniel #7 em terceiro. Ton Kawakame fez o recorde do dia com o tempo de 0.52,429.[foto5]Turquinho Jr venceu a Open...[foto6]Ton Kawakame recorde do dia...A terceira corrida do dia reuniu as categorias RD-A e RD-B, todos correram juntos com a classificação em separado, na pista vitória para Wellington Bernardes #33 o “Preto” piloto de Ribeirão Preto, que venceu pela primeira vez em Itu e comemorou bastante, mas não foi fácil ele teve no início da corrida, muita disputa contra Juan Rodrigues #8 de São Paulo que estava muito bem mas teve uma queda, na segunda ficou  , na segunda ficou Alan Marchetti #13 de São Paulo, seguido por Roberval Juliano #66 de Ribeirão Preto que mostrou mais uma vez que está em forma para acelerar.  Na RD B a vitória ficou com Vitor Fernando “Vitin” #19 também de Ribeirão Preto.[foto7]Wellington Bernardes #33 primeira vitória em Itu...[foto8]Vitor Fernando “Vitin” #19, venceu a B...A corrida seguinte reuniu a Street A e a Street Prime, vitória na Street A para Juan Fernando #93 de Araraquara, mostrando que se adaptou perfeitamente com a pista de Itu, já na Street Prime a corrida foi muito pegada com a vitória de Cesar Campos #74, seguido por Marcelo Cristal e Rodrigo Silva.[foto9]Juan Fernando #93 venceu a Street A...[foto10]Cesar Campos #74 venceu a Street Prime...As categorias Street B e SMN formaram um grid cheio e com muita disputa, vitória na geral para Leonardo Marques #9, jovem piloto de Ribeirão Preto, que está em plena evolução e acelerando muito forte, e recentemente venceu a Junior Cup em Interlagos com recorde da pista, na segunda posição da Street B ficou Junior Barbosa #91, e na terceira José Roberto Vieira #65. Já na Supermoto Nacional vitória para João Fascineli #13 que toca muito forte a sua SMN, em segundo ficou Arthur Araujo #11 e terceiro Gabriel Laia #62.[foto11]Leonardo Marques venceu a Street B...[foto12]João Fascineli venceu a SMN...A última corrida do dia foi da RD Prime, e mais uma vitória para Marcos Beranger #90, piloto de Votorantim que mantém assim a liderança da categoria, segundo para Fernando Rogerio “Meio Kilo” #42 e terceiro para Debson Carlos #15.[foto13]Marcos e sua potente RD...vitória na Prime.[foto14]Homenagem do preparador Beto, da “B Moto Fórmula” ao falecimento recente de sua esposa Daya, a organização também fez durante o dia um minuto de silencio em sua memória...A organização agradeceu a presença de todos, e já está preparando a próxima etapa que vai acontecer em Nova Odessa no dia 24 de julho.[foto15]Nosso grande agradecimento aos patrocinadores que apoiam o nosso esporte...@alemaopneus@generalmotos@dicabikeworld@imsracewear@americasportsmotocrossTodos os resultados você encontra no link a seguirResultados King Motorcycle 4ª etapaFotos: Luis BuenoAs galerias de imagens em breve estarão com os links aqui
PETRONAS anuncia atrações para o Festival Interlagos 2022!

PETRONAS anuncia atrações para o Festival Interlagos 2022!

On Road 25/06/2022
Marca contará com simulador de motocicleta exclusivo, entrega de uma moto zero-quilômetro e distribuição de outros prêmios durante todo o evento.A PETRONAS Lubrificantes Brasil, marca referência em lubrificantes e fluidos para motores, estará presente no Festival Interlagos 2022, considerado um dos maiores eventos de motos do Brasil, que acontecerá entre os dias 23 e 26 de junho, no autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP).[foto1]Para marcar sua participação, a empresa contará com dois estandes da linha Sprinta, com diversas atrações exclusivas, como um simulador de motocicleta, à disposição dos visitantes, e uma exposição com motos customizadas pela Shibuya Garage, uma das oficinas mais reconhecidas do ramo.Entre as atrações, a empresa também terá dispostos produtos para motocicletas da linha PETRONAS Sprinta e outros prêmios que serão sorteados durante o evento.Simulador de motocicleta exclusivoPensando em oferecer ao público a oportunidade de se divertir, a PETRONAS terá em seu segundo estande um simulador de motocicleta exclusivo – o MotoRace Experience PETRONAS Sprinta. Ao vivenciar essa experiência, os visitantes terão a sensação de estar pilotando uma moto em uma corrida que será projetada em uma TV de Led 60 polegadas. A cada dia do evento, os três mais bem colocados no simulador ganharão prêmios especiais.O 1º lugar garante com um capacete e uma jaqueta. O 2º lugar será contemplado com uma jaqueta e um relógio. E o 3º lugar ganhará um relógio.  Todos os itens serão personalizados pela marca PETRONAS Sprinta.Wi-fi Conexão MáximaA PETRONAS também disponibilizará wi-fi gratuito ao público geral do evento. Para acessar, basta conectar o dispositivo à rede “PETRONAS Sprinta: Conexão Máxima” e assistir ao vídeo que será transmitido automaticamente.Produtos PETRONAS SprintaOs visitantes dos estandes da companhia poderão ainda conhecer e entender sobre a qualidade dos produtos de alta performance da linha PETRONAS Sprinta com sua exclusiva tecnologia FlexiTech™, destinados às motocicletas.“A Tecnologia FlexiTech™ oferece um excepcional controle de resíduos e possui excelente capacidade para resistir às altas temperaturas, protegendo as peças mais importantes, especialmente durante o uso severo da moto, o que ajuda o consumidor em muitos casos a reduzir seus custos com a manutenção.”, explica Everton Silva, gerente de Marketing da companhia.[foto2]Entrega dos prêmios do concurso culturalNo último mês, a PETRONAS promoveu o concurso “Moto dos Sonhos PETRONAS Sprinta”, cujo prêmio principal é uma motocicleta modelo Royal Enfield Continental GT zero-quilômetro, customizada pela Shibuya Garage. Para concorrer, os participantes tiveram que se cadastrar e enviar um vídeo ou áudio, respondendo à seguinte pergunta: “Para você: o que significa Conexão Máxima com sua moto?”. As dez melhores respostas foram selecionadas por uma banca de jurados. Destes, os dois primeiros colocados foram publicados na página do Facebook de PETRONAS Sprinta, para que o público escolhesse o grande vencedor.Os ganhadores, que foram anunciados na última semana, receberão os prêmios durante o evento, no sábado (25/06), às 16h. A entrega oficial será feita diretamente das mãos de Teydi Deguchi, sócio-diretor da Shibuya Garage. O canal Motorama, parceiro da marca PETRONAS Sprinta, também estará presente no evento, para realizar a entrega da chave da moto.“O evento é considerado um dos mais relevantes para o setor e, por isso, apostamos no Festival Interlagos para apresentar nossos produtos e tecnologias exclusivas para motocicletas, além de ser palco da entrega de uma moto zero-quilômetro como prêmio do nosso concurso cultural. Estamos entusiasmados para acompanhar as disputas em nosso simulador - o MotoRace Experience PETRONAS e presentear os mais bem colocados com brindes especiais”, finaliza o executivo.[foto3]ServiçoEvento: Festival de Interlagos 2022Local: Autódromo José Carlos Pace – Avenida Senador Teotônio Vilela, 261 – Interlagos, São Paulo – SPData: 23 a 26 de junho de 2022Horário: das 8h às 19hEstandes PETRONAS: 07Sobre a PETRONAS Lubrificantes BrasilA PETRONAS Lubrificantes Brasil (PLB) é a divisão de fabricação e comercialização de lubrificantes da PETRONAS Lubricants International, responsável por atender às necessidades dos clientes na América Latina. A PLB tem uma das mais modernas fábricas, localizada em Contagem, Minas Gerais, com capacidade de produção de 220 milhões de litros por ano. Apoiada por uma ampla rede logística e centros de distribuição em Contagem, Curitiba, Recife e São Paulo, a PLB está comprometida em atender as demandas de lubrificantes industriais e automotivos na América Latina.Sobre a PETRONAS Lubricants International (PLI)A PETRONAS Lubricants International (PLI) é o braço global de fabricação e comercialização de lubrificantes da PETRONAS, a empresa nacional de petróleo da Malásia. Fundada em 2008, a PETRONAS Lubricants International fabrica uma gama completa de lubrificantes automotivos e industriais e comercializa em mais de 90 mercados globalmente. Com sede em Kuala Lumpur, a PLI tem mais de 30 escritórios de marketing em 27 países, administrados por escritórios regionais situados em Kuala Lumpur, Turim, Belo Horizonte, Chicago e Durban.Para mais informações, por favor, visite: www.pli-petronas.comInformações para a Imprensa:Race ComunicaçãoLais Goulart | (11) 96512-6270 – laisgoulart@agenciarace.com.brEduardo Atalla | (11) 91893-5907 – eduardoatalla@agenciarace.com.brThiago Eid | (11) 98586-0018 – thiagoeid@agenciarace.com.brWilson Barros | (11) 99607-1746 – wilsonbarros@agenciarace.com.brMoto Xtreme no simulador!Nosso repórter fotográfico esteve no dia 23/junho em Interlagos e foi recebido com todo carinho pela equipe da Petronas, e conquistou o 2º lugar do dia no simulador, Degmar Junior se deu bem....kkkk[foto4]
Filme Tração grava cenas finais no Brasileiro de Motocross em Interlagos!

Filme Tração grava cenas finais no Brasileiro de Motocross em Interlagos!

On Road 23/06/2022
Superprodução reúne grande elenco e aborda o universo das competições de motos no Brasil[foto1]Fotos: Divulgação "Tração"O longa-metragem “Tração” que retrata na história sobre o mundo das competições de motos está na reta final de produção. A equipe grava as últimas cenas nesta semana (24 a 26/6) na terceira e quarta etapas do Campeonato Brasileiro de Motocross, que será realizada no Autódromo de Interlagos, como parte da programação do Festival Interlagos, um dos maiores eventos do segmento da atualidade.O elenco do filme conta com os atores Marcos Pasquim, Nelson Freitas, André Ramiro, Mauricio Meirelles, Bruna Altieri, Paola Rodrigues, Fiuk e Duda Nagle. A direção é de André Luís Camargo, que também atua na superprodução. Além do elenco consagrado, o filme tem a participação de vários pilotos renomados de diversas modalidades, assim como YouTubers e jornalistas.[foto2]Em produção desde 2020, o filme “Tração” já teve imagens captadas em outras etapas do Brasileiro de Motocross, em Penha (SC), Apiaí (SP), Atibaia (SP). “É fundamental gravarmos em Interlagos, pois além de cumprir as necessidades de imagens de largada e de público, que não conseguimos fazer devido às restrições durante a pandemia, a estrutura montada dentro de um autódromo vai agregar muito ao filme e ao esporte retratado na narrativa”, explica o diretor.O projeto encontra-se em processo de montagem e pós-produção. A expectativa de lançamento é entre dezembro de 2022 e março de 2023. A trilha sonora foi desenvolvida pelo músico Daniel Simitan, assim como canções compostas pelo ator e cantor Fiuk, da banda “Tolerância Zero”.“Tração” já tem propostas de distribuição de cinema e streaming. “Temos que analisar a melhor janela, pois há variáveis de mercado, como não coincidir o lançamento na mesma semana dos blockbusters internacionais, sazonalidade, entre outros fatores”, finaliza Camargo.Mais sobre o filme “Tração”:A história de “Tração” é focada em um grupo de pilotos de motos convidados a participar de uma competição de revezamento que inclui diversas modalidades, o “Motoathlon”. A partir daí, conflitos, intrigas, perseguições, elementos surpresas e muita adrenalina farão parte da trama. Será uma espécie de “Velozes & Furiosos” (saga americana de ação com carros de alta performance, com oito filmes até o momento) sobre duas rodas. Geralmente, as motos aparecem nas produções cinematográficas apenas como plano de fundo e veículo de transporte. Por esta razão, o objetivo desse projeto é humanizar o motociclismo, pilotos e tudo que gira em torno do esporte. [foto3]Siga o filme Tração nas redes sociais:Instagram - @tracaoofilmeFacebook - Tração o FilmeO filme Tração tem patrocínio da Honda, Pro Tork, Borilli Racing, Qintess, MM Racing Fuel, Miura Investimentos, X11 Expert Riders, Shell, Repsol, Unidas, NOS, Isoterm, Biogás, Twins for Peace, Teleyne Flyr, Altak Adesivos, PlayHarvus, Dynotron, Refix, Hugo Pietro, Máscara de Ferro.Texto: Carolina YadaJornalista, assessora de imprensa e produtora de conteúdo.
Caio Lopes vence no SBK Brasil de Motovelocidade!

Caio Lopes vence no SBK Brasil de Motovelocidade!

On Road 20/06/2022
Caio Lopes vence em Interlagos na estreia da SuperSport 400 - Escola.Para encerrar o dia de competições no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, a 4ª etapa da temporada marcou a estreia da nova categoria SuperSport 400 – Escola. Caio Lopes, da DS Performance, fez história e foi o primeiro vencedor. De quebra, ainda fez a melhor volta da corrida, com 1:58.529.[foto1]“Estou muito feliz. Nunca tinha andado, foi meu primeiro contato com SuperBike, numa pista, ainda mais em Interlagos, só tenho a agradecer a DS Performance pelo apoio que está me dando. Ao Diego, por tudo que me ensinou. O cara conseguiu me ensinar a andar de moto em um dia. Então hoje deu para ver, para um cara que nunca tinha andado, que eu aprendi um pouco. E estou feliz demais, vim para me divertir e levar essa P1 para casa é bom demais”, avaliou o estreante.Jemerson Medeiros, da Team.racing22, completou em segundo lugar, realizando uma prova muito competitiva e protagonizando duelos interessantes. “Muito feliz. É sempre muito legal participar de um campeonato desse, ainda mais pela primeira vez, e a emoção é muito grande”, afirmou.Na terceira posição veio Felipe Ardel, da Kings SE Racing Team. Iolanio Maciel, da Dezeró Racing, terminou em quarto lugar.1º Caio Lopes #1342º Jemerson Medeiros #313º Felipe Ardel #154º Iolanio Maciel #105º Charles França #89Texto e foto: SBK Brasil
Grandes pegas na 3ª etapa do King Motorcycle em Nova Odessa!

Grandes pegas na 3ª etapa do King Motorcycle em Nova Odessa!

On Road 31/05/2022
O Campeonato King Motorcycle 2022, teve sua terceira etapa no dia 29 de maio em Nova Odessa, no KNO (Kartódromo Internacional de Nova Odessa), pilotos de várias regiões do estado de São Paulo estiveram presentes para acelerar forte, e grandes pegas na pista deram a tônica do dia.[foto1]Grid cheio...O dia começou com treinos livres, na sequência as tomadas de tempo e depois as corridas, que foram cheias de adrenalina e pegas acirrados entre os competidores.[foto2]Boas disputas na terceira etapa...As primeiras categorias a entrarem em modo “Racing” foram a Open e Street A. Com uma largada excelente, Alex Kauã #16 de Matão, partiu na frente e não deu chance a ninguém para vencer e mais uma vez bater o recorde do dia com 49.979, segundo lugar para Eduardo Maia #21 de Campinas, que tocou forte na etapa. Já na Street A vitória ficou com Juan Fernando #93 de Araraquara, seguido por  Luiz Gustavo #14 (Mau Mau) de Sorocaba.[foto3]Alex Kauã #16 vencedor da Open e recorde doa dia com 0:49,979...[foto4]Juan Fernando #93 venceu a Street A...A segunda corrida do dia reuniu as categorias da RD, todos correram juntos com a classificação em separado, na pista mais uma vitória para o “The King” de Nova Odessa na RD, Wellington Bernardes #33 o “Preto” piloto de Ribeirão Preto, na segunda colocação da RD-A ficou Alan Marchetti #13 de São Paulo, piloto que está evoluindo muito e foi para cima do líder.  Na RD B a vitória ficou com Vital Clovis #7 de  São Paulo, e na categoria RD Prime a vitória foi para o grande “TOBO” Marcelo Araújo #72 também de São Paulo que comemorou bastante a vitória.[foto5]“The King” Wellington Bernardes #33 mais uma vitória em Nova Odessa...[foto6]Wellington sendo seguido de muito perto por Alan...[foto7]Vital Clovis #7 venceu a RD-B...[foto8]Marcelo Araújo (TOBO) #72 venceu a RD-Prime...[foto9]Vale destacar também a disputa pela terceira e quarta colocação na RD-A entre Edson Braga e Flavio Villas Boas, que foi decidida na linha de chegada com Braga na frente por 00,040...As categorias Scooter e Mobilete dividiram a pista para corrida de número três do dia, Felipe Braghittoni #9, piloto de São Paulo, venceu na geral com sua Scooter, na Mobilete mais uma vitória para o atual campeão Tiago Lança #8, piloto de Ribeirão Preto.[foto10]Felipe Braghittoni #9...[foto11]Tiago Lança #8, venceu na Mobilete...A última corrida do dia reuniu os pilotos da categoria Street Prime, Street B e Supermoto Nacional, o maior grid do dia também trouxe uma corrida excelente e cheia de tempero, na largada os pilotos Junior Barbosa #91 e Leo Marques #9, ambos de Ribeirão Preto, largaram na frente e começaram uma excelente disputa.... até se enroscarem, caírem e uma das motos pegar fogo, bandeira vermelha...[foto12]Junior e Leo, na disputa...Com a relargada a vitória foi para a Street Prime, Cesar Campos #43 de Sorocaba, correndo com a moto do irmão faturou a categoria, Rodrigo Silva #17 com uma recuperação espetacular, havia caído e largado de último, ficou em segundo. Na categoria SM Nacional a vitória ficou com o atual campeão Thiago Oliveira #77 de São Paulo capital.Na categoria Street B a vitória ficou com o jovem piloto Marcos Vinicius #93, que mostrou que tem muito talento, segundo para Luiz Gustavo Ivani (Lee)[foto13]Cesar Campos #43 venceu a Street Prime...[foto14]Tiago Oliveira #77 venceu a Supermoto Nacional...[foto15]Marcos Vinicius acelerando com estilo de campeão...A organização agradeceu a presença de todos, e já está preparando a próxima etapa que vai acontecer em Itu no dia 26 de junho.[foto16]Nosso grande agradecimento aos patrocinadores que apoiam o nosso esporte.@alemaopneus@generalmotos@dicabikeworld@imsracewear@americasportsmotocrossTodos os resultados você encontra no link a seguirResultados King Motorcycle 3ª etapaFotos: Luis BuenoPara ver as fotos é só clicar nos links:Parte 01Parte 02
Resultados MotoGP etapa 08!

Resultados MotoGP etapa 08!

On Road 30/05/2022
Neste fim de semana (27 a 29/05) aconteceu o GP da Itália da MotoGP, no circuito de Muggelo, e neste domingo vitória de Francesco Bagnaia da Ducati, com Fabio Quartararo da Yamaha em segundo, Aleix Espargaro da Aprilia em tercdeiro, Johann Zarco da Pramac Ducati em quarto e fechando os cinco primeiros, Marco Bezzecchi da Mooney V46 Ducati. Com este resultado, Quartararo mantém a liderança, com uma vantagem de oito pontos sobre Aleix.[foto1]Na MotoE o brasileiro Eric Granado #51 ficou com P3 no sábado e P8 no domingo. Dominique Aegerter venceu no sábado e Matteo Ferrari foi o vencedor da proiva de domingo. Eric se mantém na vice-liderança, com uma desvantagem de 28 pontos para Aegerter.[foto2]Na Moto2 primeiro lugar para Pedro Acosta, seguido por Joe Roberts, Ai Ogura, Tony Arbolino e Augusto Fernandez. Sergio Garcia venceu a Moto3, seguido por Izan Guevara, Tatsuki Suzuki, Andrea Migno e Ryusei Yamanaka, o brasileiro Diogo Moreira #10 depois de uma grande disputa, acabou caindo na última volta e abandonou a prova lesionado.[foto3]Resultados MotoGP[foto4][foto5]TOP 5 MotoGPhttps://www.youtube.com/watch?v=VildgVhJ54Y
Meikon Kawakami faz pole position, melhor volta e vence no campeonato espanhol!

Meikon Kawakami faz pole position, melhor volta e vence no campeonato espanhol!

On Road 17/05/2022
Missão dada é missão cumprida: Team Brasil comemora primeira vitória de Meikon Kawakami #83 em temporada de estreia na Supersport 600 Next Generation.[foto1]São Paulo, 17 de maio de 2022 -     A terceira rodada dupla do ESBK - Campeonato de España de Superbike, foi decidida neste fim de semana no tradicional circuito português de Estoril, com o piloto brasileiro Meikon Kawakami do AD78 Team Brasil/MS Racing, na Supersport 600 NG alçando vôo na primeira prova rumo ao topo do pódio numa fantástica vitória, após superar seu principal rival - piloto da casa e líder na competição - Alex Viu, por apenas +0.113s na linha de chegada!Toda emoção brasileira se iniciou nos treinos classificatórios, quando Kawakami cravou o melhor tempo na Superpole para arrancar em primeiro no grid de largada, ainda sem utilizar os pneus novos de classificação o brasileiro já demonstrou que teria um excelente ritmo nas duas corridas em Estoril, ao conquistar sua primeira pole position nesta categoria.[foto2]Vitória nos últimos metros!Do primeiro posto no grid, Kawakami largou muito bem mas foi superado durante as primeiras voltas pelos pilotos da casa, Alex Viu e Yeray Ruiz. A decisão só começou a tomar forma a favor do piloto Team Brasil quando Kawakami recuperou cerca de dois segundos que tinha de desvantagem para formar o pelotão que se distanciou do restante para a grande disputa final pela vitória. Na última volta Kawakami definitivamente assumiu a ponta, foi ameaçado, mas ao concluir a chicane por dentro selou sua primeira vitória por um décimo de vantagem para o segundo colocado."Sabia que tinha um ritmo muito bom para a parte final da prova com pneus mais gastos, consegui chegar neles e me recuperar ao longo da prova, fiz a ultrapassagem na última volta depois da reta oposta me mantendo por dentro na chicane, estou muito contente com essa primeira vitória."[foto3]Já no domingo de Corrida 2, Kawakami novamente largou na pole position. Com uma boa partida do grid assumiu a ponta e começou a impôr o seu ritmo até travar um duelo com o espanhol Julian Giral que ameaçava sua liderança. Giral assumiu a ponta com Kawakami em segundo, logo o brasileiro reassumiu a dianteira na freada da abertura da segunda volta, seguido novamente por Giral e Alex Viu , com isso, Kawakami impôs ainda mais velocidade e na primeira curva após a reta oposta escorregou com a roda dianteira sofrendo a queda. Por fim, após seguir na corrida, Kawakami se classificou na 18º colocação."Acabei exagerando logo no início, escolhi um pneu para temperatura mais alta a fim de ter menos desgaste ao longo da prova, tentei impor um ritmo mais rápido para não perder a temperatura do pneu traseiro e acabei sofrendo uma leve queda. Uma pena, pois sei que poderia lutar por vitória novamente, no entanto demos um passo adiante especialmente em nosso ritmo de corrida, estamos muito mais rápidos e levamos alguns aprendizados para as próximas provas."Kawakami agora segue para o Circuito de Barcelona, na Espanha, onde disputará a quarta rodada do campeonato espanhol entre os dias 25 e 26 de junho. O brasileiro que já conquistou três pódios é o atual quarto colocado na competição.Acompanhe toda a saga do Team Brasil/M78 pelas redes sociais @missão_78, e torça conosco por nossos representantes na temporada 2022 pela Europa!Corrida 1M. Kawakami #83 - 1º colocadoCorrida 2M. Kawakami #83- 18º colocadoSobre o Missão78: Incentiva o desenvolvimento da nova geração de talentos do esporte a motor no Brasil, apoiando e investindo na revelação de jovens pilotos, formando ainda, melhores seres humanos para o futuro. Com a experiência de quem atuou de perto nas principais competições brasileiras por mais de 10 anos, Rebeca Camargo em parceria com a AD78 Sports materializaram o sonho de apoiar os iniciantes com a criação do Instituto Missão78, que conta com o apoio, patrocínio e parceria estratégica de: Yamaha Racing Brasil, Playstation, AD78 Sports, Monster Energy, MS Racing, NG Brakes, Gangster, CZ Chainz, Terranew Motos, Tutto Moto e LS2 Capacetes.VGCOM - M78 - TEAM BRASIL - RFME/IMPRENSA
Bastianini dá mais uma vitória para Gresini Ducati!

Bastianini dá mais uma vitória para Gresini Ducati!

On Road 17/05/2022
Enea Bastianini #23 garantiu sua terceira vitória na temporada, depois de brigar com o Francesco Bagnaia #63 da Ducati, que acabou caindo na reta final da prova. Outros pilotos também cometeram erros e acabaram caindo nesta prova, como os espanhóis Alex Rins e seu companheiro Joan Mir, ambos da Suzuki e o português da KTM, Miguel Oliveira.[foto1]O australiano Jack Miller #43 da Ducati fica em segundo, o espanhol da Aprilia, Aleix Espargaro #41 foi o terceiro, o francês da Yamaha, Fabio Quartararo o quarto, depois de uma péssima largada, e fechando os cinco primeiros, o compatriota Johann Zarco da Pramac Ducati. Com este resultado, Quartararo mantém a liderança, mas com apenas 7 pontos de vantagem sobre Aleix, com Bastianini em terceiro com uma desvantagem de 20 pontos sobre o líder.[foto2]Na Moto2 vitória do espanhol Augusto Fernandez #37, seguido pelo compatriota Aron Canet e Somkiat Chantra, sendo que na Moto3, primeiro lugar para o espanhol Jaume Masia #5, seguido pelo japonês Auymu Sasaki e o espanhol Izan Guevara, o brasileiro Diogo Moreira #10 ficou na 14a. posição.[foto3]Já na MotoE a vitória foi para Mattia Casadei #27, o brasileiro Eric Granado finalizou em P5.[foto4]Resultados da MotoGP:[foto5][foto6]Link pra vídeos da etapa:Melhores Momentoshttps://www.youtube.com/watch?v=Gw60Tnqb7y8Última Voltahttps://www.youtube.com/watch?v=f9cBxHARdEg
Suzuki fala oficialmente sobre deixar o MotoGP!

Suzuki fala oficialmente sobre deixar o MotoGP!

On Road 12/05/2022
Nos últimos dias vimos muita especulação sobre a saída da Suzuki do MotoGP, hoje eles fizeram um comunicado oficial confira![foto1]ANÚNCIO DA SUZUKIAssessoria de Imprensa da Equipe Suzuki – 12 de maio de 2022.A Suzuki Motor Corporation está em discussão com a Dorna sobre a possibilidade de encerrar sua participação no MotoGP no final de 2022.Infelizmente, a atual situação econômica e a necessidade de concentrar seus esforços nas grandes mudanças que o mundo automotivo está enfrentando nestes anos, estão forçando a Suzuki a deslocar custos e recursos humanos para desenvolver novas tecnologias.Gostaríamos de expressar nossa mais profunda gratidão à nossa equipe Suzuki Ecstar, a todos aqueles que apoiaram as atividades de motociclismo da Suzuki por muitos anos e a todos os fãs da Suzuki que nos deram seu apoio entusiástico.[foto2]O espanhol Joan Mir, foi campeão do MotoGP em 2020 pela Suzuki...
Diogo Moreira #10 vence etapa do Mundial de Supermoto na Espanha!

Diogo Moreira #10 vence etapa do Mundial de Supermoto na Espanha!

On Road 09/05/2022
O piloto do Mundial de Moto3 Diogo Moreira #10 venceu o segundo round do Mundial de Supermoto, disputado no fim de semana, circuito de Alcarrás na Espanha.[foto1]O brasileiro vive em Alcarrás e recebeu o OK da sua equipe, a MT Helmets/MSi para retornar à estrutura da SGR Grau Racing e mostrou que sua evolução não para, venceu de maneira brilhante a etapa, confira as imagens e resultado final...[foto2]Diogo correu pela equipe SGR Grau Racing...[foto3]Largando na pole....[foto4]A experiência no MX ajuda muito no SM...[foto5]Pódio, Diogo levou o Brasil ao topo...Resultado[foto6]Fotos: S1GP
14 e 15 de maio tem Itu Biker Fest, bora reunir os amigos!

14 e 15 de maio tem Itu Biker Fest, bora reunir os amigos!

On Road 05/05/2022
Agenda: Vai rolar o Itu Biker Fest promete reunir 4 mil pessoas em evento de motos no interior paulista.Com test ride, cursos de pilotagem e presença das principais marcas do setor, o evento, que acontece no Kartódromo Arena de Itu, nos dias 14 e 15 de maio, irá oferecer uma experiência completa aos amantes do motociclismo.[foto1]São Paulo, 04 de maio de 2022 – Música boa, gastronomia variada e uma experiência mais do que completa sobre o universo de duas rodas. Isso é o que promete o Itu Biker Fest, evento que será realizado no Kartódromo Arena de Itu no final de semana dos dias 14 e 15 de maio. As motos irão tomar a cidade, localizada a cerca de 100 quilômetros da capital paulista, conhecida nacionalmente por seus objetos de tamanho exagerado. E o evento motociclístico deve seguir nesta mesma proporção. São esperados ao menos 4 mil visitantes nos dois dias de festividades, com a presença de motoclubes e de motociclistas vindos de todas as regiões do estado. A programação estará repleta de atividades. Além de conferir os estandes das principais marcas de motos e lojas de peças e acessórios, os visitantes poderão realizar cursos de pilotagem, fazer test ride com toda a segurança na pista do kartódromo, participar de divertidas gincanas de motos e, é claro, assistir a shows do bom e velho rock’n’roll.[foto2]O Itu Biker Fest é organizado pela MBA Eventos e abre a temporada 2022 do Brasil Biker Fest, um dos principais eventos de motos do país que terá, neste ano, oito edições e passará por cidades dos estados de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Nesta primeira etapa, o local escolhido se destaca por oferecer inúmeros pontos turísticos para visitação, excelente gastronomia e, principalmente, um dos kartódromos mais importantes do país. Com uma área de 70 mil metros quadrados e estrutura completa, que inclui arquibancada coberta, amplo estacionamento e pista de 1.240 metros, o espaço é perfeito para receber o evento e suas atrações.Os ingressos para os dois dias do Itu Biker Fest podem ser adquiridos, antecipadamente, através do site oficial do evento - www.bikerfest.com.br – pelo valor de R$ 30,00 ou na portaria do evento pelo valor de R$50,00. Crianças de seis a 12 anos pagam meia entrada, desde que acompanhada dos pais (menores de 18 anos somente poderão entrar no evento acompanhado dos pais). Já para quem quiser pilotar na pista, o passaporte para o final de semana sai por R$ 120,00. Por sinal, este é um dos pontos de destaque do evento. Além do test ride com motos das principais marcas do país, os visitantes poderão realizar um curso teórico-prático de pilotagem. Entre os principais pontos abordados estarão temas como ‘manutenção preventiva’, ‘condução segura’, ‘pilotagem na terra’ e ‘viagem de moto’.[foto3]O objetivo do nosso curso é ensinar as principais técnicas de pilotagem e preparar os condutores para lidar com situações adversas e evitar possíveis acidentes. Isso é importante visto que o processo de habilitação promovido pelos CFCs (Centro de Formação de Condutores), em todo o país, é insuficiente. Nele não há prática de frenagem ou de troca de marchas, não há lições sobre dinâmica das motos, muito menos aprendizado em ambiente real”, comenta Alberto Pellegrini, consultor do evento e integrante da comissão organizadora.Com atrações variadas, o Itu Biker Fest será um evento para toda a família. O local contará com serviços de fraldário, espaço mulher e praça de alimentação completa, que receberá segurança redobrada com câmeras de vigilância e saídas de emergência com acessibilidade.Para consultar a programação completa Itu Biker Fest e obter mais informações, acesse o site oficial do evento www.bikerfest.com.brIngressos: Compra antecipada no site para os dois dias evento, R$ 30,00; na portaria do evento R$50,00; crianças de 6 a 12 anos pagam R$ 15,00; Passaporte Pista, R$ 120,00 (dá direto a 30 minutos de pilotagem na pista do kartódromo. As vagas são limitadas). Obs: o condutor deve ser habilitado na categoria A (moto), estar equipado com luvas, jaqueta, calça jeans e bota).[foto4]Confira a lista dos pontos de venda para compra de ingresso com desconto e passaporte de pista: Em Campinas:Ducati Campinas:  Av. Brasil, 342 Rota K Kawasaki :  Av. Orosimbo Maia, 767 Em Judiai:Rota K – Kawasaki : Av. Jundiaí, 531 Em Piracicaba:Germanica BMW: Av. Dr. Cássio Pascoal Padovani, 1314Em Sorocaba:Germanica BMW: Av. Antonio Bardela, 1600 Honda Japauto:   Av. Antônio Carlos Comitre, 690Royal Enfield: Av. Barão de Tatuí, 919O evento:  Itu Biker FestQuando:  14 e 15 de maio de 2022;Horário: Sábado (14), das 9h às 20h, e Domingo (15), das 9h às 17h;Onde: Kartódromo Arena de Itu;Endereço:  Rua Paula Donaio Schincariol, nº 1000 - Itu - SPConfira todos os detalhes em:  www.brasilbikerfest.com.brInstagram: @brasilbikerfest[foto5]Conheça a cidade dos "exageros":    Itu é conhecida como a “Cidade dos Exageros”, graças ao humorista ituano Francisco Flaviano de Almeida.  Tudo começou em um popular programa de TV nos anos 60, onde Francisco interpretava o caipira “Simplício”. Durante o programa, ele contava histórias sobre sua terra natal – sempre de forma exagerada.  Essa brincadeira ganhou tanta fama e, conseqüentemente, intensificou o fluxo de turistas interessados em conhecer seus objetos gigantes, como por exemplo, o orelhão e o semáforo. Eles são os mais famosos e estão localizados na principal praça da cidade.  Na praça também há diversas lojas com muitas lembrancinhas gigantes, perfeitas para fazer muitas comprinhas.   E como estamos no mês do Maio Amarelo vamos destacar o Semáforo Gigante criado originalmente na década de 1970, o Semáforo Gigante passou por uma reforma no final dos anos 80 e está  instalado na Praça Padre Miguel, na mesma praça do famoso Orelhão de Itu e funciona perfeitamente.  Apesar do tamanho exagerado, fazendo alusão à fama do município, o Semáforo Gigante serve de fato como sinalização de trânsito e deve ser respeitado por todos os motociclistas, motoristas, ciclistas e pedestres.Anote as próximas datas e locais do Brasil Biker Fest - 2022  c/ organização da MBA EventosLondrina (PR): 24, 25 e 26 de JunhoCascavel (PR): 15, 16 e 17 de JulhoMaringá (PR): 27 e 28 de AgostoCampos do Jordão (SP): 07 a 10 de setembroFriburgo (SC): 23, 24 e 25 de SetembroPomerode (SC): 14,15 e 16 de outubro*Datas sujeitas a alteração sem prévio aviso.
Diogo Moreira #10 participara do Mundial de Supermoto neste final de semana!

Diogo Moreira #10 participara do Mundial de Supermoto neste final de semana!

On Road 04/05/2022
O piloto do Mundial de Moto3 Diogo Moreira foi confirmado para fazer parte da corrida do segundo round do Mundial de Supermoto, que se disputa este fim de semana no circuito de Alcarrás na Espanha.[foto1]O brasileiro vive em Alcarrás e recebeu o OK da sua equipe, a MT Helmets/MSi para retornar à estrutura da SGR Grau Racing e mostrar suas habilidades diante de rivais do tamanho do francês Thomas Chareyre ou do alemão Marc Reiner Schmidt.[foto2]Diogo já correu pela equipe, nesta foto ainda com o numeral 92...O supermoto e a flat track, sempre junto à equipa de Ángel Grau, continuam a ser duas das especialidades que Moreira mantém no seu plano de treinos com o objetivo de continuar a crescer nesta temporada 2022, a sua primeira no Mundial de Moto3. Antes do Mundial de Supermoto, Moreira viajará para Barcelona na sexta-feira para fazer os testes privados com a sua equipa no Circuito de Montmeló.[foto3]Além de Moreira, a SGR Grau Racing contará com Ferran Cardus na categoria rainha S1GP, e Marcelo Silvério #7 (foto), também brasileiro, que vai competir na classe Legends.Angel Grau SGR Team Manager: "Para nós é todo um orgulho poder contar de novo com um piloto de casa como é Diogo. Vimo-lo crescer e agora vibramos semana após semana com a sua pilotagem no Mundial de Moto3. Será um luxo para a competição, sem dúvida. Devemos agradecer a MT Helmets – MSI por deixá-lo correr na sua localidade e com a nossa estrutura, a verdade é que estamos muito gratos por isso”.Moto Xtreme: Traremos na segunda-feira, o resultado completo do evento, estamos na torcida!
Ducati vence na MotoGP com Bagnaia, e show de Eric Granado na MotoE!

Ducati vence na MotoGP com Bagnaia, e show de Eric Granado na MotoE!

On Road 02/05/2022
Neste domingo (01/05) aconteceu a sexta etapa da MotoGP, no circuito de Jerez na Espanha, com seus mais de 4 quilômetros. Na MotoGP, onde o italiano da Ducati, Francesco Bagnaia #63 marcou a pole, na largada, ele mantém a liderança seguido pelo francês da Yamaha, Fabio Quartararo #20, o britânico Jack Miller da Ducati, o espanhol da Honda Marc Marquez e fechando os cinco primeiros o também espanhol Aleix Espargaro da Aprilia. Faltando dez minutos para o final, as posições se manteve com Marc pressionando Miller, ultrapassando o britânico, mas Espargaro força os dois e assume a terceira posição, deixando Miller em quarto e Marquez em quinto. Enquanto isso na frente, Quartararo pressiona Bagnaia, e na bandeirada, Bagnaia vence com Quartararo em segundo, Espargaro em terceiro, Marquez em quarto e Miller em quinto, e com este resultado, o piloto da Yamaha mantém a liderança da categoria.[foto1]Na Moto2 vitória do japonês Ai Ogura #79 da Idemitsu Honda Team Asia...[foto2]Na Moto3 vitória para Izan Guevara #28 da Espanha, Equipe Gaviota GasGas Aspar...[foto3]P10 para o brasileiro Diogo Moreira #10 da Equipe MT Helmets – MSI[foto4]O grande destaque para o Brasil foi na MotoE com Eric Granado #51 da equipe LCR E-Team, que venceu as duas corridas na abertura da temporada na MotoE.[foto5]Resultados completo da MotoGP[foto6][foto7]Links para vídeos da MotoGPTOP 5https://www.youtube.com/watch?v=IbmtnP7j6VQLast Laphttps://www.youtube.com/watch?v=V_cTfftMiE0
King Motorcycle, velocidade máxima na 2ª etapa em Itu!

King Motorcycle, velocidade máxima na 2ª etapa em Itu!

On Road 26/04/2022
O Campeonato King Motorcycle 2022, teve sua 2ª etapa  no dia 24 de abril em Itu, no Kartódromo Arena Itu, em torno de 65 pilotos prestigiaram a competição, para acelerar forte e buscar pontos na classificação geral.[foto1]Largada Open e Street A, as motocicletas mais rápidas do evento...O dia começou com treinos livres, na sequência as tomadas de tempo e depois as corridas, nesta etapa tivemos a presença do Desafio de Motonetas, que abrilhantou ainda mais a etapa.[foto2]Largada das Motonetas...As primeiras categorias a entrarem em modo “Racing” foram as categorias Scooter e Mobilete dividiram a pista para corrida, Mobilete mais uma vitória para o atual campeão Tiago Lança #8, piloto de Ribeirão Preto que segue invicto na temporada. Felipe Braghittoni #9, piloto de São Paulo, venceu na Scooter e agora lidera a competição.[foto3]Tiago Lança, vitória e liderança no campeonato...[foto16]Felipe Braghittoni venceu a Scooter...Open e Street A, fizeram uma corrida de arrepiar, mas infelizmente um problema técnico na cronometragem, acabou atrapalhando a corrida, mas não manchou a vitória e a garra dos pilotos. Deivid Minho #7, desta vez correndo na Open largou na pole, mas a vitória ficou com Felipe Savordelli #213, piloto de Indaiatuba que acelerou muito forte para vencer. Na Street A vitória ficou com Fabio Victor Almeida #8, que estreou muito bem na competição, seguido de muito perto por Mateus Queiroz #43.[foto4]Felipe Savordelli #213 vencedor da Open...[foto5]Deivid Minho melhor tempo do dia 0:55,232...[foto6]Fabio #8 venceu a Street A...A terceira corrida do dia reuniu as categorias da RD, todos correram juntos com a classificação em separado, na pista mais uma disputa incrível entre, Wellington Bernardes #33 o “Preto” e Edson Braga “O Chefe”, e nesta etapa entrou também na briga Alan Cesar #13, os pilotos estavam em ritmo forte, Preto na frente, mas na última curva a sua moto quebrou, Chefe que estava colado venceu a corrida com Alan em segundo e Preto passou em terceiro empurrando a sua moto na chegada. Vitória e liderança agora para Edson Braga #47 na RD A.Na RD B a vitória ficou para o piloto de Itu João Vitor Araújo #17, e na categoria RD Prime a vitória foi para Marcos Beranger #90 de Votorantim que permanece invicto na temporada.[foto7]Vitória na RD A para “O Chefe” Edson Braga...[foto8]João Vitor #17 venceu a RD-B...[foto9]Marcos Beranger #90 venceu mais um na RD-Prime...Destaque para a chegada de Wellington Bernardes o "Preto" empurrando na raça a sua RD, e recebendo a bandeirada do Vavá...[foto17]A próxima corrida do dia reuniu os pilotos da categoria Street Prime, Street B e Supermoto Nacional, na Street Prime mais uma vitória para Cesar Campos #74 de Sorocaba, com uma tocada impecável, venceu Marcelo Cristal que ficou em segundo. Na categoria SM Nacional a vitória ficou com o atual campeão Thiago Oliveira #77 de São Paulo capital, e Gabriel Laia #62 que foi o pole fechando em segundo. Na categoria Street B mais uma vitória para Reinaldo dos Santos #11, piloto de Sorocaba que começa embalado na temporada.[foto10]Cesar Campos #74 venceu a Street Prime...[foto11]Tiago Oliveira #77 venceu a Supermoto Nacional...[foto12]Reinaldo dos Santos #11 vencedor da Street B...E para finalizar as corridas a categoria estreante na competição, O Desafio de Motonetas, uma prova muito legal da categoria que reúne amigos e estilo, na pista vitória para Sergio Paschoalini #446, piloto de Jundiaí que acelerou muito bem para vencer, segundo para Roberto Privato #59, e destaque para Leonardo Freitas #29 piloto que teve problemas na largada, era o pole, largou muito atrás do pelotão e foi buscar a terceira colocação.A organização agradeceu mais uma vez a presença de todos, pediu desculpas pela falha no sistema na categoria Open e Street A, e já está preparando a próxima etapa que vai acontecer em Nova Odessa no dia 29 de maio.[foto13]Sergio Paschoalini #446 venceu o Desafio das Motonetas...Logo após todas as corridas hora da festa entre amigos....[foto14]Pódio categoria Street Prime...Nosso grande agradecimento aos patrocinadores que apoiam o nosso esporte.[foto15]@alemaopneus@generalmotos@imsracewear@americasportsmotocross@dicabikeworldTodos os resultados você encontra no link a seguirResultados King Motorcycle 2ª etapaFotos: Luis BuenoGalerias de imagens no Facebook é só clicar nos linksParte 01Parte 02Parte 03
MotoGP, Enea Bastianini vence nos EUA!

MotoGP, Enea Bastianini vence nos EUA!

On Road 11/04/2022
Enea Bastianini #23 (Gresini Racing MotoGP) venceu o GP das Américas, a 500ª prova da história do MotoGP. O piloto da Gresini conseguiu subir na classificação, para na fase final da corrida ultrapassar Jack Miller (Ducati Lenovo Team), que ocupou a liderança durante grande parte da corrida norte-americana, e conquistou a vitória.[foto1]Bastianini venceu acelerando forte nos EUA...Alex Rins (Team Suzuki Ecstar) conseguiu ultrapassar Jack Miller na última volta e assumiu o segundo lugar, com o australiano a fechar o pódio.[foto2]Rins ficou em segundo...[foto3]Miller em terceiro...Na Moto2 vitória para Tony Arbolino #14 da ELF Marc VDS Racing Team[foto4]Na Moto3 Jaume Masia #5 da Red Bull KTM Ajo[foto5]O piloto brasileiro Diogo Moraes #10 da equipe MT Helmets / MSi, foi um dos grandes destaques da categoria Moto3, chegando a liderar o pelotão durante algumas voltas e se mantendo sempre no grupo da frente, infelizmente o desgaste dos pneus o levou aum erro na última volta da corrida e uma queda o tirou da prova...[foto6]Resultados completos da MotoGP[foto7]Links da 4ª etapa da competiçãoÚltima voltahttps://www.youtube.com/watch?v=ObcK5dFVewETOP 5 – MotoGPhttps://www.youtube.com/watch?v=a6Ea1wRamPw
Final de semana - World Superbike 2022 - M78 - Sete vezes Brasil!

Final de semana - World Superbike 2022 - M78 - Sete vezes Brasil!

On Road 08/04/2022
Um verdadeiro esquadrão de pilotos da Missão78 participa da abertura do World Superbike 2022, no circuito Motorland Aragon, na Espanha, com transmissão exclusiva pela Bandsports no Brasil.[foto1]Equipe AD78 Team Brasil ao lado de Allan Douglas e Rebeca Camargo Missão78 São Paulo, 07 de abril de 2022 -   Prepare sua torcida! Pois entram na pista este final de semana, de 8 a 10 de abril, sete pilotos da AD78 Team Brasil, para a primeira etapa do campeonato Mundial de Superbike. Território de oportunidades abertas para os pilotos brasileiros na categoria Supersport300, pois grande parte dos 10 melhores pilotos da última temporada subiram ou mudaram de categoria, deixando a briga pelo título sem favoritos e completamente aberta em 2022.Os pilotos do projeto Missão78, capitaneado por Rebeca Camargo e representando a equipe AD78 Team Brasil by MS Racing entram na pista para disputar o título na categoria World SSP300. Na classe de acesso do campeonato WorldSBK, o experiente Ton Kawakami (#87) terá a seu lado em 2022 o estreante Humberto “Turquinho” Maier (#12), juntos os pilotos terão a chance de levar a Yamaha ao topo mais uma vez, a bordo de suas YZF-R3. Ton faz sua quarta temporada na competição e espera melhorar o resultado do ano passado, quando chegou em sexto na prova. Os pilotos já fizeram o reconhecimento de pista e marcaram bons tempos, ficando no Top15 a menos de 1,3seg do líder e com alguns pegas ferozes ao longo das sessões de treinos.E na categoria monomarca que revela talentos, a Yamaha R3 bLU cRU European Cup, Eduardo Burr (#88), Enzo Valentim (#39), Fabio Florian (#8), Gustavo Manso (#80) e Kevin Fontainha (#26). Todos, companheiros de equipe na AD78 Team Brasil bLU cRU a bordo da YZF-R3. Destes, Eduardo Burr pode ser considerado o veterano do grupo, tendo a experiência de participar do campeonato em 2021, enquanto os companheiros fazem sua estreia no certame, trazendo na bagagem muita vontade e desejo de vencer.[foto2]Pilotos da esq para dir: Eduardo Burr, Enzo Valentim, Kevin Fontainha, Gustavo Manso, Fabio Florian, Humberto Maier, Ton Kawakami e Meikon Kawakami Acompanhe as últimas novidades sobre a equipe na página oficial instagram.com/ad78sports deixe sua torcida nos comentários. A classificação e prova de domingo serão transmitidas pelo canal Bandsports, mas apenas as categorias WorldSSP300, WorldSSP e a principal WorldSBK. As provas da Yamaha R3 bLU cRU European Cup serão transmitidas apenas para assinantes do site da organizadora.Anote a agenda do final de semana:World SSP300 (WorldSBK)8 a 10 abril, Circuito Motorland Aragon, EspanhaTransmissão exclusiva BandSports no BrasilSábado (9/4) a partir das 7h25Domingo (10/4) a partir das 6h30Yamaha R3 bLU cRU European Cup8 a 10 abril, Circuito Motorland Aragon, Espanha[foto3]Sobre o projeto Missão78: Incita o desenvolvimento da nova geração de talentos do esporte a motor no Brasil, apoiando e investindo na revelação de jovens pilotos, formando ainda, melhores seres humanos para o futuro. Com a experiência de quem atuou de perto nas principais competições brasileiras por mais de 10 anos, Rebeca Camargo em parceria com a AD78 Sports materializaram o sonho de apoiar os iniciantes com a criação do Instituto Missão78, que conta com o apoio, patrocínio e parceria estratégica de: Yamaha Racing Brasil, Playstation, AD78 Sports, Monster Energy, MS Racing, NG Brakes, Gangster, CZ Chainz, Terranew Motos, Tutto Moto e LS2 Capacetes.VGCOM - M78 e LzPhotos_Media 
MotoGP, Aleix Espargaro vitória histórica na Argentina!

MotoGP, Aleix Espargaro vitória histórica na Argentina!

On Road 04/04/2022
Em seu GP de número 200, Aleix Espargaro #41 da Aprilia Racing, vence pela primeira vez em sua carreira depois de fazer a pole position no sábado, em uma vitória dos sonhos no Gran Premio Michelin de Argentina. A Aprilia Racing é agora a líder do Campeonato Mundial. Foi uma batalha pela vitória, com Jorge Martin #89 (Pramac Racing) cruzando a linha P2 a menos de um segundo da P1. Alex Rins #42 (Team Suzuki Ecstar) encerrou a corrida de domingo na P3 para buscar seu primeiro pódio na temporada.[foto1]Disputa eletrizante no final da prova...Martin não teve resposta no final para Espargaro, mas o segundo lugar é crucial para iniciar seu Campeonato Mundial depois de dois DNFs no Catar e na Indonésia, já que Rins completou o pódio. O atual campeão da MotoGP, Fabio Quartararo da Yamaha ficou com a oitava posição. Na classificação geral, o campeonato está totalmente embolado, com Aleix liderando com 7 pontos de vantagem para Brad Binder.[foto2]Após 200 GPs, a persistência venceu...[foto3]Muita comemoração no pódioNa Moto2 vitória do líder, Celestino Vietti #13, seguido por Somkiat Chantra e Ai Ogura. [foto4]Na Moto3 primeiro lugar para Sergio Garcia #11, seguido por Dennis Foggia e Ayumu Sasaki, sendo que o brasileiro Diogo Moreira #10 ficou na sexta posição.[foto5]Sergio Garcia venceu a Moto3...[foto6]Diogo Moreira fez mais uma excelente corrida...Resultado MotoGP[foto7]Classificação[foto8]Links para vídeosÚltima volta - MotoGPTOP 5 momentos - MotoGP
Lançamento do livro Duas Rodas e uma Nação!

Lançamento do livro Duas Rodas e uma Nação!

On Road 31/03/2022
Agenda: Lançamento do livro:  Duas Rodas e uma NaçãoSexta-feira - 1º de abril - 16h30 - Centro Cultural Movimento - Socorro - SP[foto1]São Paulo, 30 de março de 2022-     Mais de uma década após o surgimento da ideia, o  Motostory - A História da Motocicleta no Brasil, lança o primeiro livro  dedicado a contar a história da motocicleta no nosso país, incluindo os personagens e as marcas que fizeram, e fazem, a história de sucesso no 6º maior mercado motociclístico do mundo. “O” livro Duas Rodas e uma Nação é a história da motocicleta no Brasil. O lançamento acontece nesta sexta-feira (1º/04), a partir das 16h30, no Centro Cultural Movimento – CCM, na Estância Hidromineral de Socorro, aqui pertinho de São Paulo. O evento tem a presença confirmada do prefeito Ricardo Lopes, do vice-prefeito  Henrique Cesar,  dos secretários de Educação, Turismo, Esportes e Cultura, o presidente da Câmara dos Vereadores, William de Morais e os  presidentes da ACE, ASTUR e COMTUR. Também as autoridades presentes receberão o reparte dos livros para a socialização, que serão distribuídos entre as escolas e bibliotecas públicas do município.Escrever um livro não é das tarefas mais fáceis, ainda mais quando se tenta comprimir 120 anos de história e de histórias em 256 páginas. Some-se a isso uma vasta coleção de documentos e retratos de época, relatos coletados com quem vivenciou as mudanças no passado e também, lembranças e recortes de uma rica história deixadas por aqueles que já se foram. Detalhes contados que colocam o leitor em pé de intimidade com os personagens e os faz sentir as mesmas emoções relatadas, seja este um amante das duas rodas ou não.[foto2]Carlãozinho Coachman, autor e coordenador editorial da obra diz que esta “é a realização de um sonho, uma missão que teve início lá atrás, em parceria com meu pai, Carlão, que infelizmente não poderá ver sua conclusão, mas que esteve presente em parte dos desafios e me inspirou a fazer acontecer, assim como tantos amigos e parceiros que montaram na garupa nesta jornada.”.Sem pretensão de ser o manual definitivo do assunto, o livro é enriquecedor para a cultura nacional como um todo, pois conta com registros que retratam desde o surgimento da motocicleta e das competições em duas rodas no país até a atualidade, são mais de 120 anos de história, um pouco de nostalgia, claro e muita evolução. Competições, tecnologia e desenvolvimento do veículo em si e da indústria como um todo, dentre tantos assuntos para ver, ler e se encantar. Uma vasta coleção de modelos e depoimentos de quem é apaixonado por motos nas palavras de quem entende do assunto.Uma compilação de acervos familiares, de registros e principalmente pessoas, sem as quais esse projeto não teria sido realizado. As mais importantes coleções de motos do país, relíquias guardadas a sete chaves por amigos, amigos desses amigos e outros que nutrem uma paixão inexplicável pelas motocicletas e que agora vão estar ao alcance de todos.Não importa se seu coração bate apenas por um modelo ou época específicos, ou se seu sangue pulsa por um único estilo e aquele lifestyle encantador, no fim, todos se entendem quando o assunto envolve um guidão e duas rodas, e é daí que surgem as melhores histórias.Como a “garagem” de Justiniano Proença, com incontáveis modelos e um belíssimo acervo, mas que faltava algo para contar as histórias por trás dessa coleção. “Moto é uma doença que a gente pega ainda pequeno, eu peguei do meu pai e transmiti para meu filho, que tenho certeza que vai manter essa história viva e reluzente quando eu não estiver mais aqui.”, conta Justiniano. Entra aí também, o fotógrafo Wel Calandria, que busca entender a essência daquilo que está fotografando, seja uma pequena e delicada joia ou um veículo grande e pesado, “quero chegar à raiz e mostrar o que alguém pensava quando criou aquilo. [...] Enquanto um arquivo digital pode se perder com o tempo, o registro através do livro vai ser perpetuado e passado de geração em geração com aquelas imagens.”.“Quando ainda era editor na revista Motociclismo tive a ideia de fazer um livro sobre a história da moto baseado nas memórias de meu pai, Carlão.” conta o autor. Com a morte de Carlão em 2006, tendo em mãos algumas anotações deixadas pelo pai, Carlãozinho, que tem esse apelido por uma brincadeira com o nome do pai, começou a criar a base e solidificar sua ideia. Pouco a pouco o tempo foi passando e as parcerias sendo agregadas, as pesquisas dando resultado e o material sendo lapidado até que, 16 anos depois, o projeto finalmente ganha um corpo para libertar essa alma.Duas Rodas e uma Nação é uma verdadeira produção literária de 256 páginas, cujo autor usou como referência uma exposição realizada no Guggenheim Museum, Nova Iorque, a “The Art of the Motorcycle”, que se tornaria um livro pouco tempo depois. “Naquele momento percebi que faltava uma obra dessa magnitude no Brasil, temos um grande mercado consumidor, pessoas que se afeiçoam as suas motos e muita história que poderia ser contada e registrada para as futuras gerações.”, comenta Carlãozinho. Wladimir Candini, diretor cinematográfico da Octoworks, “descobrimos um material tão surpreendente que seria possível realizar um filme com todas essas histórias.”.Alexandre Zaninotto, Grupo Remaza, lembro do dia que liguei para contar a novidade ao Carlãozinho, falei, tenho um presente de Natal pra você, conseguimos a verba... e o cara caiu da cadeira do outro lado da linha (risos). [...] Existem muitas exposições e coleções a mostra por aí, mas nenhuma que reúna e conte a história da motocicleta como esse livro faz.”O livro conta com apoios e patrocínios que tornaram viável a produção dessa obra, como a lei de incentivo a cultura, a Honda do Brasil, Moto Remaza e toda equipe que topou “subir na garupa” ao acreditar no potencial dessa ideia, mesmo quando ainda não havia recurso disponível.[foto3]Além da paixão pelas duas rodas, o livro Duas Rodas e uma Nação tem conteúdo histórico, conhecimento e anos de experiências para compartilhar com o público.Anote na agenda estas datas:Duas Rodas e uma Nação – Socorro - SPData: 1º de abril de 2022 - sexta-feiraHorário:  16h30Local: Centro Cultural Movimento – CCMAntiga Estação Ferroviária, Praça Rachid José Maluf, 83www.centroculturalmovimento.com.br [foto4]Duas Rodas e uma Nação – São Paulo - SPData: 9 de abril de 2022 - sábadoHorário:  10h - 13hLocal:  Moto RemazaEndereço:  Avenida Ibirapuera, 2948Indianópolis - São Paulo - SPTexto e fotos: VGCOM - CCM 
King Motorcycle 2022 começa com boas disputas!

King Motorcycle 2022 começa com boas disputas!

On Road 29/03/2022
O Campeonato King Motorcycle 2022, teve início no dia 27 de março em Nova Odessa, no KNO (Kartódromo Internacional de Nova Odessa), em torno de 50 pilotos prestigiaram a competição mesmo com forte previsão de chuva, mas como está literalmente escrito “previsão”, a chuva não veio e as corridas aconteceram com a pista em condições excelentes, e todos puderam extrair o máximo de suas motocicletas e do circuito.[foto1]1ª largada do dia, Open e Street...O dia começou com treinos livres, na sequência as tomadas de tempo e depois as corridas, na hora do briefing entre a organização e pilotos a equipe do piloto David Minho e vários amigos fizeram uma grande homenagem ao piloto Paulo Phellipe “Godo”, que recentemente faleceu em um acidente de transito, e com certeza deixou muita saudade, mas também a sua amizade.[foto2]Homenagem ao amigo e piloto "Godo"...As primeiras categorias a entrarem em modo “Racing” foram a Open, Street A e Street B. Com uma largada sensacional, David Minho #78 largou na frente seguido por Alex Kauã #16 e Guto Pregnolato #27, a disputa estava forte quando David teve problemas em sua moto, Alex venceu no geral e na categoria Open, fazendo o tempo recorde da pista com 0:42,900. Guto Pregnolato #27 de Araraquara venceu a Street A, começando bem a disputa de 2022 e Reinaldo Santos #11 de Sorocaba venceu a Street B.[foto3]Alex Kauã #16 vencedor da Open e recorde do dia com 0:42,900...[foto4]Guto Pregnolato #27 venceu a Street A...[foto5]Reinaldo Santos #11 venceu a Street B...A segunda corrida do dia reuniu as categorias RD, todos correram juntos com a classificação em separado, na pista mais uma vitória para o “The King” de Nova Odessa, Wellington Bernardes #33 o “Preto” piloto de Ribeirão Preto, bicampeão da RD-A, começa mais um ano com tudo, na segunda colocação da RD-A ficou Edson Braga “O Chefe” que já protagonizou diversos pegas com o Preto, e mostrou que vai para mais um ano de disputa na categoria.  Na RD-B a vitória ficou com Victor Fernando #19, o “Vitin” piloto também de Ribeirão Preto, e na categoria RD Prime a vitória foi para Marcos Beranger #90 de Votorantim.[foto6]“The King” Wellington Bernardes #33, começa com vitória...[foto7]“Vitin” Victor Fernando #19 venceu a RD-B...[foto8]Marcos Beranger #90 venceu a RD-Prime...As categorias Scooter e Mobilete dividiram a pista para corrida de número três do dia, Fernando Raiser #69, piloto de Santa Catarina venceu na geral com sua belíssima Scooter, começando bem a competição, na Mobilete mais uma vitória para o atual campeão Tiago Lança #8, mais um piloto de Ribeirão Preto no topo do pódio.[foto9]Raiser e sua Scooter #69...[foto10]Tiago Lança, mais uma pra conta...A última corrida do dia reuniu os pilotos da categoria Street Prime e Supermoto Nacional, na Street Prime vitória para Cesar Campos #74 de Sorocaba, com uma tocada forte, venceu Rodrigo Silva que ficou em segundo, mostrando que a dupla vai disputar mais um ano o topo do pódio. Na categoria SM Nacional a vitória ficou com o atual campeão Thiago Oliveira #77 de São Paulo capital, mas a disputa vai ser boa na temporada, Danilo Araujo #55 ficou na segunda colocação com Gabriel Laia em terceiro.[foto11]Cesar Campos #74 venceu a Street Prime...[foto12]Tiago Oliveira #77 venceu a Supermoto Nacional...[foto13]Pilotos da Supermoto Nacional comemorando a boa corrida, a categoria vem crescendo a cada etapa...A organização agradeceu a presença de todos, e já está preparando a próxima etapa que vai acontecer em Itu no dia 24 de abril.[foto14]Nosso grande agradecimento aos patrocinadores que apoiam o nosso esporte.@alemaopneus@generalmotos@imsracewear@americasportsmotocrossTodos os resultados você encontra no link a seguirResultados King Motorcycle 1ª etapaFotos: Luis BuenoAs galerias de imagens em breve estarão com os links aqui
Calendário de eventos esportivos Missão 78!

Calendário de eventos esportivos Missão 78!

On Road 24/03/2022
Em iniciativa inédita no país, pilotos do projeto M78 estão preparados para iniciar as competições de 2022 no Brasil e no mundo.[foto1]São Paulo, 23 de março de 2022 -  Mais de 50 pilotos, 32 provas, 8 países e um só objetivo, elevar o nível dos competidores brasileiros por meio de uma iniciativa inovadora, o projeto M78. Nele, pilotos iniciantes recebem todo apoio e treinamento necessários para se tornarem competidores de ponta e, em breve, levar mais uma vez as cores do Brasil para os principais circuitos do motociclismo mundial.O projeto Missão78 nasce do desejo de desenvolver uma nova geração de talentos do esporte a motor no Brasil, apoiando e investindo na revelação de jovens pilotos, formando melhores seres humanos para o futuro. Com a experiência de quem atuou de perto nas principais competições brasileiras por mais de 10 anos, Rebeca Camargo, em parceria com a AD78 Sports, tornaram realidade o sonho de criar o Instituto Missão78, que conta com apoiadores, patrocinadores e parceiros estratégicos de renome: Yamaha Racing Brasil, Playstation, AD78 Sports, Monster Energy, MS Racing, NG Brakes, Gangster, CZ Chainz, Terranew Motos, Tutto Moto e LS2 Capacetes.“Mais do que uma coleção de troféus e pódios, queremos oferecer uma oportunidade de crescimento no esporte e na vida para esses jovens. Estamos investindo na formação deles, do caráter desses futuros adultos, na relação deles com o esporte, que padece com a falta de investimentos no Brasil e, ao longo do percurso, revelando alguns talentos e instigando potenciais pilotos para representar o país e suas cores mundo a fora”, explica Rebeca Camargo.[foto2]Integram o projeto, todos os pilotos da R3 Cup Brasil e do AD78 Team Brasil. Recentemente, parte do time fez sua estreia nos testes de pré-temporada em Aragon, Espanha, inserido do Mundial de Superbike. Na categoria SSP300, Humberto “Turquinho” Maier e Ton Kawakami, que correm a bordo da Yamaha YZF-R3. Eduardo Burr, Fabio Florian, Kevin Fontainha, Gustavo Manso e Enzo Valentim, integram a lista na Yamaha R3 bLU cRU European Cup, uma categoria de acesso do WorldSBK. Destes, Eduardo Burr tem uma missão adicional, disputar também o Campeonato Espanhol na categoria SBK Junior. E voando solo na classe intermediaria do Espanhol de SuperBike (ESBK), na categoria SSP600, Meikon Kawakami será o Brasil nas provas de um dos campeonatos mais disputados da motovelocidade mundial.[foto3]Em 2022, a equipe de jovens talentos da M78 aguarda a torcida do público nos campeonatos: Brasileiro de Motovelocidade com a Yamalube R3 bLU cRU Cup South America, Mundial de Superbike (WSBK) com a World SSP300, Yamaha R3 bLU cRU European Cup e o Espanhol de SuperBike (ESBK). A lista de pilotos selecionados para a temporada 2022 da Yamaha R3 bLU cRU Cup Brasil será divulgada em breve pela Yamaha Racing Brasil.“O calendário é longo e a preparação está intensa para suportar a temporada. A garotada está animada e os corações já estão acelerados. Contamos com o apoio dos pais e do público para incentivá-los também fora das pistas, acima de qualquer resultado.”, comenta Alan Douglas.CALENDÁRIO 2022Yamalube R3 bLU cRU Cup South America13 a 15 maio, Circuito de Goiânia, GO01 a 03 julho, Circuito Internacional de Santa Cruz do Sul, RS26 a 28 agosto, Circuito Internacional de Campo Grande, MS14 a 16 outubro, Curvelo, MG25 a 27 novembro, Circuito de Goiânia, GOWorld SSP300 (Mundial de Superbike - WorldSBK)08 a 10 abril, Circuito Motorland, Espanha22 a 24 abril, Circuito TT Assen, Holanda20 a 22 maio, Estoril, Portugal10 a 12 junho, Circuito Marco Simoncelli, Itália29 a 31 julho, Circuito de Most, República Tcheca09 a 11 setembro, Circuito de Nevers Mangy-Cours, França23 a 25 setembro, Circuito de Barcelona Catalunya, Espanha07 a 09 outubro, Circuito Internacional de Algarve, PortugalYamaha R3 bLU cRU European Cup08 a 10 abril, Circuito Motorland, Espanha22 a 24 abril, Circuito TT Assen, Holanda10 a 12 junho, Circuito Marco Simoncelli, Itália15 a 17 julho, Circuito Donington Park, Reino Unido29 a 31 julho, Circuito de Most, República Tcheca09 a 11 setembro, Circuito de Nevers Mangy-Cours, FrançaEspanhol de SuperBike (ESBK)02 e 03 abril, Circuito de Jerez, Espanha23 e 24 abril, Circuito Ricardo Tormo, Espanha14 e 15 maio, Estoril, Portugal25 e 26 junho, Circuito de Barcelona Catalunya, Espanha23 e 24 julho, Circuito Motorland, Espanha03 e 04 setembro, Circuito Nvarra, Espanha15 e 16 outubro, Circuito de Jerez, Espanha[foto4]Sobre o projeto Missão78: Incita o desenvolvimento da nova geração de talentos do esporte a motor no Brasil, apoiando e investindo na revelação de jovens pilotos, formando ainda, melhores seres humanos para o futuro. Com a experiência de quem atuou de perto nas principais competições brasileiras por mais de 10 anos, Rebeca Camargo em parceria com a AD78 Sports materializaram o sonho de apoiar os iniciantes com a criação do Instituto Missão78, que conta com o apoio, patrocínio e parceria estratégica de: Yamaha Racing Brasil, Playstation, AD78 Sports, Monster Energy, MS Racing, NG Brakes, Gangster, CZ Chainz, Terranew Motos, Tutto Moto e LS2 Capacetes.Vanessa Giannellini - VGCOM - SP - Imprensa M78 - Team Brasil
Yamaha Racing Brasil apresenta Esquadrão Azul para temporada 2022

Yamaha Racing Brasil apresenta Esquadrão Azul para temporada 2022

On Road 22/03/2022
Yamaha Racing Brasil apresenta equipes de motocross, rally e motovelocidade para a temporada 2022. O Esquadrão Azul conta com pilotos que vão competir no Brasil e na Europa [foto1]A Yamaha Racing Brasil está pronta para repetir os grandes resultados dos últimos anos. Maior vencedora da década no motocross, bicampeã do Sertões, campeã brasileira de rally, a grande incentivadora dos novos talentos na motovelocidade com a Yamalube R3 bLU cRU Cup South America e investimentos em pilotos brasileiros no Mundial e no Europeu de SBK, além do Programa bLU cRU, o maior programa de incentivo a pilotos privados do Brasil, a marca dos diapasões agora apresenta seu time para a temporada 2022.[foto2]Fabinho o atual campeão do BR-MX...No motocross, o foco da equipe Yamaha Monster Energy Geração é se manter no topo. Para isso, o time segue com o atual campeão Fábio Santos, o pentacampeão Carlos Campano e o campeão de 2020, Paulo Alberto. Além disso, investe na juventude dos novos talentos na MX2, com Guilherme Bresolin e Marcello Leodorico, e na MXF com Sarah Raquel. [foto3]Novos integrantes da MX2...[foto4]Na MXF também...O domínio no rally também é meta para 2022 e, para garantir o feito, a Yamaha IMS Rally Team começou bem: largou na frente e venceu a etapa de abertura do campeonato brasileiro com Túlio Malta, que ainda tem ao seu lado os campeões do Sertões, Ricardo Martins e Adrien Metge.[foto5]Tulio começou 2022 com vitória...O sucesso da Yamaha Racing Brasil também pode ser medido fora do país. Os irmãos Ton e Meikon Kawakami continuarão fazendo história na Europa e terão a companhia de outras jovens promessas. Nos Estados Unidos, o brasileiro Enzo Lopes já escreve seu nome na história ao conquistar resultados memoráveis com o apoio da Yamaha Racing Brasil.[foto6]Meikon, Turquinho e Ton...[foto7]Enzo Lopes está muito bem nos EUA....Confira em detalhes todas as novidades do Esquadrão Azul para 2022:Yamaha Monster Energy GeraçãoEquipe mais vitoriosa dos últimos anos, a Yamaha Monster Energy Geração representa o time azul no motocross brasileiro, competindo no Brasileiro de Motocross e no Arena Cross Brasil.Paulo Alberto faturou os títulos do Arena Cross e do Brasileiro de Motocross em 2020. Carlos Campano, pentacampeão brasileiro, é o maior nome do esporte no Brasil desde 2011, quando chegou ao Brasil. Fábio Santos conquistou o título em 2021 e vem com o plate número #1 na sua YZ450F.Com Marcello Leodorico e Guilherme Bresolin na MX2, o time entra na briga pelo título desta categoria em 2022. A aposta é na juventude e no talento dos dois jovens pilotos, que têm apenas 17 anos.O time conta ainda com Sarah Raquel, condutora talentosa que desponta no cenário do motocross feminino. A goiana chega à equipe para disputar o tão desejado título da categoria MXF.A Yamaha Monster Energy Geração tem patrocínio da Monster Energy, Grupo Geração, Júpiter Baterias, IMS Race Wear, ASW Racing, Yamalube, Yamaha Consórcio, Durag, MotoStyle Graphics, Vedamotors, DID e CMB.Yamaha IMS Rally Team A Yamaha IMS Rally Team está pronta para repetir o sucesso dos anos anteriores. Para isso, seguiu à risca o ditado: em time que está ganhando não se mexe.Adrien Metge, atual campeão brasileiro e campeão do Sertões segue na temporada 2022 com o mesmo apetite por títulos que o fez sair da França, seu país natal, e desembarcar no Brasil.Ricardo Martins, campeão do Sertões 2020, permanece na equipe e vai usar a experiência dos últimos anos para brigar por vitórias e títulos. Túlio Malta é o representante do time na categoria Moto 2, e também quer aproveitar a boa fase para buscar títulos na Geral.A Yamaha IMS Rally Team tem patrocínio de IMS Race Wear, WMC Log, Polisport, Tendas El Shaddai, Yamalube, PowerMX, D.I.D. Alta Performance, BPM, Durag, Duboy Works, Rocket Escapamentos, Higor Radiadores e Negretti Preparações.Equipe AD78 Team Brasil Yamaha Os brasileiros Ton Kawakami e Meikon Kawakami correm pela quarta temporada consecutiva na Europa pelo AD78 Team Brasil Yamaha, sob comando de Alan Douglas.Mais experiente e com grandes resultados nos últimos anos, Ton Kawakami acelera a Yamaha YZF-R3 no Mundial de Superbike, na categoria WorldSSP300, em busca do título. O jovem brasileiro tem no currículo o Bicampeonato Brasileiro da Yamalube R3 bLU cRU Cup, Bicampeonato Brasileiro 1000 Milhas de Interlagos e o título de Campeão Brasileiro 600 SuperSport. Ton foi ainda o primeiro brasileiro a conquistar uma pole position no Mundial de Superbike, em Donington Park, em 2019.Meikon Kawakami tem um novo desafio em 2022: acelerar uma Yamaha YZF-R6 na categoria SuperSport600 do Espanhol de Superbike. O brasileiro teve grandes resultados, mostrou muita velocidade em 2021 e tem tudo pra realizar novas conquistas na temporada.Além de Ton e Meikon Kawakami, que já são reconhecidos na Europa, mais seis brasileiros se juntam a eles em 2022 para representar o Brasil e a Yamaha nas pistas do Mundial e no Espanhol de SBKTurquinho Jr., que se destacou no campeonato europeu em 2021, será o companheiro de equipe de Ton Kawakami, estreando no Mundial de SBK na categoria SSP300, com a YZF-R3No Espanhol de SBK, Eduardo Burr acelera sua YZF-R3 na categoria SSP300 e também encara provas da R3 European bLU cRU Cup.Gustavo Manso e Kevin Fontainha, campeão e vice da Yamalube R3 bLU cRU Cup 2021, farão sua estreia na R3 European bLU cRU Cup, novo campeonato para jovens pilotos, com idades entre 12 e 20 anos. Enzo Valentim Garcia e Fábio Florian, que foram destaques na temporada 2021, completam o AD78 Team Brasil na R3 Europa.Veja a relação completa dos pilotos do Esquadrão Azul e as respectivas motos para  a temporada:MOTOCROSS Fábio Santos | Categoria MX1 – Yamaha YZ450FCarlos Campano | Categoria MX1 – Yamaha YZ450FPaulo Alberto | Categoria MX1 – Yamaha YZ450FGuilherme Bresolin | Categoria MX2 – Yamaha YZ250FMarcello Leodorico | Categoria MX2 – Yamaha YZ250FSarah Raquel | Categoria MXF – Yamaha YZ250FChefe de Equipe: Sandro Garcia RALLYAdrien Metge | Moto 1 – Yamaha WR450FRicardo Martins | Moto 1 – Yamaha WR450FTúlio Malta | Moto 2 – Yamaha WR450FChefe de Equipe: Wellington ValadaresMUNDIAL DE SBKTon Kawakami | Mundial de Superbike – SuperSport300 – YZF-R3Turquinho Jr | Mundial de Superbike – SuperSport300 – YZF-R3Chefe de Equipe: Alan DouglasESPANHOL DE SBKMeikon Kawakami | Espanhol de Superbike - SuperSport600 - YZF-R6Eduardo Burr | Espanhol de Superbike – SuperSport300 - YZF-R3Chefe de Equipe: Alan Douglas R3 EUROPEAN bLU cRU CUP Gustavo Manso | R3 European Cup - YZF-R3Kevin Fontainha | R3 European Cup - YZF-R3Enzo Valentim | R3 European Cup - YZF-R3Fábio Florian | R3 European Cup - YZF-R3  Chefe de Equipe: Alan DouglasAssista ao vídeo de apresentação da Yamaha Team Brasil 2022
Entrevista com Tiago Oliveira Bicampeão King Motorcycle SMN!

Entrevista com Tiago Oliveira Bicampeão King Motorcycle SMN!

On Road 21/03/2022
Conheça um pouco da história deste cara simples, gente boa, que curte acelerar e se tornou Bicampeão da categoria Supermoto Nacional, Tiago Oliveira #77.[foto1]Moto Xtreme – Primeiramente gostaríamos que fizesse uma pequena apresentação de como foi o seu início nas competições de Motociclismo!Tiago Oliveira - Desde pequeno sempre gostei de moto e acompanhando meu tio (TOBO) e amigos nas corridas, até que um dia decidi comprar uma moto de pista para disputar um campeonato junto com eles.Moto Xtreme – Faça uma avaliação de como foi sua preparação e o sentimento de mais uma vez ser campeão, que lhe rendeu o título de Bicampeão!Tiago Oliveira - Foi uma sensação muito boa...Foram muitos dias de dedicação e treinos, acertos e quebras tambem  na moto, mas conseguimos deixar tudo em ordem para buscar o título de Bicampeão.E mais uma vez agradecer você  Júnior e a King Motorcycle pelo campeonato, e que venha 2022 para poder ter o prazer de participar desse grande evento![foto2]Moto Xtreme – Todos sabem que mesmo um esporte que se pilota sozinho na pista, precisa-se de amigos e família como companheiros, quem te ajuda e quanto é importante este apoio para você?Tiago Oliveira - Quem me ajuda é meu tio Marcelo “Tobo” que corre na fórmula RD e o Juninho Jandira.[foto3]Moto Xtreme - Quais os benefícios que o esporte te trouxe, e o que pode falar de incentivo para quem quer começar!Tiago Oliveira - Independentemente da posição que você chegar, o importante é competir e chegar bem. Por ser minha primeira vez no kartódromo foi uma experiência que nunca tive, foi muito bom.Para quem for começar, vai pra cima que tudo dá certo, concentre-se naquilo que gosta que trará bons resultados.Moto Xtreme – Quais os seus patrocinadores a apoiadores?Tiago Oliveira - Tobo Preparações / Juninho Jandira / Miguel / Garagem Loiro[foto4]Moto Xtreme – Gostaríamos que ficasse a vontade para falar o que quiser. Manda aí!Tiago Oliveira - Agradecer a Deus por toda essa oportunidade, e ao campeonato King Motorcycle, que em 2022 seja bom para todos os competidores.[foto5]Fotos: Luis BuenoAcelerando rápido com Tiago Oliveira #77Nome Completo: Tiago Silva OliveiraNº da moto: 77Data de nascimento: 21/03/1984Residência: São Paulo / SPMoto atual: Tiger 800 / Tornado 250ccPrimeira moto: RD 135ccComida: LasanhaBebida: Suco de UvaFilme: O PredadorMúsica: O Rappa - O que sobrou do céuPiloto Nacional: Alexandre BarrosPiloto Internacional: Valentino RossiPista: InterlagosPatrocinadores: Tobo Preparações / Juninho Jandira / Miguel / Garagem LoiroFora dos treinos e corridas, gosta de: Andar de Bike e viajar de motoPorque escolheu a Motovelocidade como esporte: A maioria dos amigos andam de moto e acabei indo junto...kkkkkkCurta o som preferido de Tiago Oliveira
Honda Racing Brasil 2022 - Apresentação!

Honda Racing Brasil 2022 - Apresentação!

On Road 10/03/2022
Honda Racing Brasil anuncia equipes, estratégias e patrocínios para a temporada 2022Time conta com novos pilotos em todas as modalidades; Projetos internacionais e formação de base no esporte têm sequênciaA Honda Racing Brasil apresentou nesta quinta-feira (10/3) as equipes, estratégias e patrocínios para 2022. Todos os detalhes do esquadrão vermelho para este ano podem ser conferidos em vídeo no canal do YouTube Honda Motos Brasil e Facebook Honda Racing Brasil. Maior incentivadora do motociclismo nacional há mais de 40 anos, a Honda chega para esta temporada com novidades em todas as modalidades: motocross, enduro, rally e motovelocidade. Os projetos internacionais e relacionados à formação de base do esporte também têm destaque no planejamento.[foto1]“As competições estão no DNA da Honda e a cada temporada o nível está mais alto em todas as modalidades no Brasil. Por isso, todo o investimento e trabalho visa ao desenvolvimento do esporte, pilotos e também dos nossos produtos”, destaca Marcos Monteiro, gerente geral comercial da Moto Honda.Com objetivo de representar o Brasil lá fora e compartilhar diferentes experiências, os projetos internacionais continuam com Eric Granado e Bruno Crivilin. Granado segue em mais uma temporada no Espanhol de Superbike, na principal categoria, a Superbike, com a equipe Honda Laglisse e a moto CBR 1000RR-R Fireblade SP. Já Crivilin passa a se dedicar integralmente às provas do Mundial de Enduro e agora também do Italiano de Enduro, um dos campeonatos nacionais mais fortes da modalidade. Ele segue com a equipe S2 Motorsport, na classe E1 e com a CRF 250RX.Equipes oficiais 2022No motocross, uma das principais mudanças é a configuração da equipe, que passa a ter dois times oficiais: um dedicado à categoria MX1 e outro à MX2. Com a CRF 450R, o venezuelano Anthony Rodriguez retorna à Honda Racing Brasil ao lado dos companheiros Jetro Salazar e Hector Assunção, que juntos somam mais de dez títulos nacionais. O comando da equipe de MX1 será de Cale Neto. Pela MX2, Frank Galvão, que durante três anos foi responsável pela equipe satélite Honda, passa a atuar como chefe do time que terá os pilotos Fred Spagnol, Gabriel Andrigo e Henrique Henicka.[foto2]Outra novidade da Honda no motocross é a chegada de Maiara Basso. Dona de diversos títulos nacionais e atual campeã brasileira na classe MXF, exclusiva para mulheres, a gaúcha vai acelerar também a CRF 250R.[foto3]Em relação ao time de enduro, Rômulo Bottrel (E2), com a CRF 450RX, e Alexandre Valadares “Brankim” (E4), com a CRF 250F na categoria exclusiva para motos nacionais, se juntam a Vinicius Calafati (E1) com a CRF 250RX, e Bárbara Neves (EF), que também vai acelerar a CRF 250F. No comando da equipe, o multicampeão Felipe Zanol passa a ser o chefe técnico e Reinaldo Almeida, que liderou uma equipe satélite Honda no enduro em 2020, atuará como chefe de operações.No rally, o argentino Martin Duplessis, campeão sul-americano da modalidade e com participações no Dakar, reforça o time na Moto 1, que também tem o experiente Jean Azevedo. Bissinho Zavatti segue defendendo a equipe e os títulos da Moto 2. Outra novidade dessa categoria fica por conta do Gabriel Soares, o “Tomate”, que deixa a equipe Honda Racing de Enduro e encara a partir desta temporada as provas de rally. Os quatro vão acelerar a CRF 450RX. Pela classe Brasil, exclusiva para motos nacionais, Tiago Wernersbach vai para seu segundo ano na equipe oficial e terá a missão de repetir as vitórias e bons resultados de 2021. Dário Júlio segue como chefe da equipe.Pilotos apoiadosPara 2022, a Honda segue com o apoio ao piloto Fred Kyrillos no Freestyle Motocross. Na motovelocidade, Pedro Sampaio, atual campeão do SuperBike Brasil, e Rafael Paschoalin, piloto de road racing, vão acelerar a CBR 1000RR-R Fireblade SP nas etapas do SuperBike Brasil, na principal categoria, a SuperBike Pro.[foto4]Formação de baseO trabalho da Honda de formação de base continua em 2022 com a Honda Jr Cup, categoria-escola para crianças e adolescentes entre oito e 16 anos na motovelocidade, que completa 10 anos. Eles utilizam a CG 160 Titan e contam com Rafael Paschoalin também como tutor da garotada. As atividades são realizadas dentro da programação do SuperBike Brasil. No mesmo campeonato, a Honda terá pelo terceiro ano consecutivo a categoria monomarca Copa Pro Honda CBR 650R.Patrocínios às competiçõesA Honda também manterá o patrocínio às principais competições e provas do motociclismo nacional, como o Sertões, Campeonato Brasileiro de Motocross, Arena Cross, Campeonato Brasileiro de Enduro e SuperBike Brasil.PatrocinadoresO Pro Honda, fluidos e lubrificantes, será patrocinador das equipes Honda Racing pela quarta temporada. O Honda Seguros e a DID Correntes seguem também em todos os times oficiais. No Motocross, a Fox continua como fornecedora dos equipamentos da MX1 e a Fly, da MX2. Já no Enduro e Rally, o parceiro dos uniformes é a ASW e as botas serão novamente da Alpinestars. A Borilli, fabricante de pneus, mantém a parceria com o time de Enduro.Novo logo Honda RacingTambém foi apresentada a nova logomarca da Honda Racing, que representa a integração do motociclismo e automobilismo, este que recentemente passou a ter as atividades adicionadas à Honda Racing Corporation (HRC). O objetivo é fortalecer a marca em competições.Para Odair Dedicação Junior, gerente de marketing da Moto Honda, as modificações nas equipes têm o intuito de evoluir e aprimorar o trabalho que a marca desenvolve no segmento racing. “Montamos uma grande equipe e adequamos as estratégias para encarar a temporada 2022. Sabemos que vamos ter grandes desafios pela frente, mas estamos prontos para seguir com o nosso trabalho em busca de vitórias e evoluções”, complementa.Confira as equipes, pilotos oficiais e apoiados da Honda Racing Brasil 2022:PROJETOS INTERNACIONAISBruno Crivilin #11 – Mundial de Enduro e Italiano de Enduro – CRF 250RXEric Granado #51 – Campeonato Espanhol de SuperBike – CBR 1000RR-R Fireblade SP[foto5]MOTOCROSS MX1 e MXFAnthony Rodriguez #7 – MX1 – CRF 450RHector Assunção #30 – MX1 – CRF 450RJetro Salazar #60 – MX1 – CRF 450RMaiara Basso #8 – MXF – CRF 250RChefe de equipe: Cale NetoMOTOCROSS MX2Fred Spagnol #61 – MX2 – CRF 250RGabriel Andrigo #10 – MX2 – CRF 250RHenrique Henicka #75 – MX2 – CRF 250RChefe de equipe: Frank GalvãoENDUROVinicius Calafati #32 – E1 – CRF 250RXRômulo Bottrel #22 – E2 – CRF 450RXAlexandre Valadares “Brankim” #92 – E4 – CRF 250FBárbara Neves #116 – EF – CRF 250FChefe técnico: Felipe ZanolChefe operacional: Reinaldo AlmeidaRALLYMartin Duplessis #21 – Moto 1 – CRF 450RXJean Azevedo #2 – Moto 1 – CRF 450RXBissinho Zavatti #6 – Moto 2 – CRF 450RXGabriel Soares “Tomate” #19 – Moto 2 – CRF 450RXTiago Wernersbach #9 – Brasil – CRF 250FChefe de equipe: Dário JúlioPILOTOS APOIADOSPedro Sampaio #28 – SuperBike – CBR 1000RR-R Fireblade SPRafael Paschoalin #131 – SuperBike – CBR 1000RR-R Fireblade SPVídeo com a apresentação do time 2022
Javier Villegas venceu o Duelo de Motos 2022!

Javier Villegas venceu o Duelo de Motos 2022!

On Road 08/03/2022
Mais uma vez Atibaia apresentou a todo o país as suas belezas e a sua vocação para os esportes e para o turismo de aventura durante o Duelo de Motos realizado na cidade. Este ano, na quinta edição do torneio no município, além dos pilotos com suas manobras radicais, a população também deu um show na arrecadação de alimentos destinados ao Fundo Social de Solidariedade de Atibaia, somando cerca de 2,3 toneladas de doações. A final do Duelo de Motos – maior competição de Motocross Freestyle (estilo livre), ou FMX, do Brasil – em 2022 foi transmitida ao vivo no Esporte Espetacular da Rede Globo e consagrou o chileno Javier Villegas como grande campeão.[foto1]O piloto garantiu o seu bicampeonato na competição (ele também venceu em 2017) na manhã do último domingo (6), na pista preparada na arena do Centro de Convenções e Eventos Victor Brecheret. No duelo final, Javier venceu o mato-grossense Joaninha graças a uma apresentação com manobras incríveis e que levantaram o público presente – cerca de oito mil torcedores. A vitória pode ser considerada uma recuperação do chileno, que na edição de 2021 teve uma queda no duelo final e terminou na segunda posição.Para assistir às performances do Duelo de Motos 2022 presencialmente o público teve que apresentar, no controle de acesso ao evento, comprovante de vacinação contra a Covid-19 com duas doses ou dose única e documento com foto. A edição deste ano limitou o público a somente 70% da capacidade total da arena e houve obrigatoriedade do uso de máscara e disponibilização de álcool em gel em diversos pontos do evento, que também proibiu a entrada com coolers com alimentos e bebidas, exceto água. A entrada ainda esteve condicionada à doação de um quilo de alimento não perecível.[foto2]DuelosEm uma manhã de domingo de intenso calor, os oito pilotos classificados (após as disputas de sábado) para as quartas-de-final conseguiram elevar ainda mais a temperatura, com duelos radicais e de muita criatividade que arrancaram aplausos dos torcedores presentes. Javier, piloto apontado como um dos favoritos, justificou seu status em todas as baterias: na primeira, pelas quartas de final, venceu Robertinho Fire; nas semifinais, passou pelo cearense Claudinho Rocha; e, na decisão, superando a grande apresentação de Joaninha, conquistou o título do Duelo de Motos 2022 e comemorou junto à torcida.[foto3]A classificação final foi a seguinte: 1º – Javier Villegas (Chile); 2º – Gilmar “Joaninha” Flores (Sinop/MT); 3º – Jonilson “Kiko” Silva (Boa Vista/RR); 4º – Claudio “Claudinho” Rocha (Fortaleza/CE); 5º – Jeff Campacci (Campinas/SP); 6º – Tatá Mello (Atibaia/SP); 7º – Cyro Oliveira (Bragança Paulista/SP); 8º – Robertt “Robertinho” Fire (Inocência/MS); 9º – Gabriel Gentil (Florianópolis/SC); e 10º – Diego Djamdjian (Bragança Paulista/SP).“Mais um Duelo de Motos realizado com muito sucesso em Atibaia! Novamente foi uma alegria receber esse grande evento, que agita toda a cidade e região. Parabéns ao Javier pelo título, ao Joaninha pelo segundo lugar e a todos os envolvidos nessa bela competição. Também registramos nossos agradecimentos aos funcionários da Prefeitura, que não mediram esforços para a realização de mais essa edição em Atibaia. Ano que vem tem mais e, se Deus quiser, sem pandemia para Atibaia lotar o Centro de Convenções”, ressaltou o prefeito Emil Ono.[foto4]“O Duelo de Motos é uma competição fantástica, que traz muita gente para Atibaia e movimenta a economia da cidade. E este ano ela foi novamente muito bem organizada, seguindo os protocolos para a prevenção da Covid-19 para uma presença limitada e controlada do público. Parabéns a todos os competidores, em especial o campeão Javier. Trata-se de um evento que fomenta o turismo, incentiva o esporte e proporciona mais uma opção de lazer à população”, destacou o vice-prefeito e secretário de Esportes e Lazer, Prof. Fabiano de Lima.Atração do Verão Espetacular da Rede Globo, o Duelo de Motos no município teve como objetivo fomentar e propagar na cidade a prática esportiva da modalidade (Motocross Estilo Livre – FMX), além de divulgar o nome de Atibaia e seus atrativos turísticos em rede nacional.O Duelo de Motos 2022 contou com organização e realização IAPOIO e Esporte Multiplataforma, patrocínio de Monster Energy Drink, Dorflex, Magazine Torra, Pixbet, Cartão de Todos e apoio da Prefeitura da Estância de Atibaia, por meio das secretarias de Turismo e de Esporte e Lazer.Histórico de títulos nas edições de Atibaia2017 – Duelo de Motos em Atibaia – Javier Villegas2019 – Duelo de Motos em Atibaia – Fred Kyrillos2020 – Duelo de Motos em Atibaia – Kiko Silva2021 – Duelo de Motos em Atibaia – Fred Kyrillos2022 – Duelo de Motos em Atibaia – Javier VillegasFonte: Prefeitura da Estancia de Atibaia
Enea Bastianini vence abertura da MotoGP 2022!

Enea Bastianini vence abertura da MotoGP 2022!

On Road 07/03/2022
Pouco mais de um ano depois da trágica morte do adorado Fausto Gresini, Enea Bastianini #23 (Gresini Racing MotoGP) venceu o Grande Prêmio do Qatar, uma vitória emocionante sob as luzes da 1ª etapa de 2022. Brad Binder #33 (Red Bull KTM Factory Racing) fez uma ótima corrida para fechar a P2, o sul-africano terminou a apenas 0,3s da vitória, com Pol Espargaro #44 (Repsol Honda Team) completando o pódio na noite de abertura da temporada.[foto1]Muita comemoração na Gresini Racing...[foto2]Pódio do Qatar, ninguém apostava nestes três...[foto3]Moto2 vencedor, Celestino Vietti #13 da Mooney VR46 Racing Team[foto4]Moto3 vencedor, Andrea Migno #16 Rivacold Snipers Team[foto5]Diogo Moreira #10 - P6 para a MT Helmets – MSI, foi o melhor resultado para um estreante desta abertura do MotoGP.Resultados MotoGP[foto6]Links para vídeos oficiais:Volta Final MotoGPhttps://www.youtube.com/watch?v=90t_lb-5xz8TOP 5 – MotoGPhttps://www.youtube.com/watch?v=1QhaTJKUUr0TOP 5 – Moto3https://www.youtube.com/watch?v=rOMAlFhXKeg
Mooney VR46 Racing revela as máquinas para 2022!

Mooney VR46 Racing revela as máquinas para 2022!

On Road 24/02/2022
A Mooney VR46 Racing Team tirou as capas de suas máquinas 2022 MotoGP e Moto2 no histórico Teatro Rossini em Pesaro, Itália, enquanto a equipe se prepara para embarcar em sua primeira temporada na categoria rainha com a Ducati.[foto1]Depois de alguns primeiros testes positivos na Malásia e na Indonésia, Marini e Bezzecchi estão entusiasmados por começarem as suas campanhas de MotoGP com a Ducati Desmosidicis de libré amarela. O amarelo fluorescente e preto do VR46 misturado com o amarelo ocre e cinza escuro do Mooney redesenha os gráficos de toda a equipe de forma mais agressiva e racing. É um tema que também se repete nas Kalex de Vietti e Antonelli.[foto2]Valentino Rossi, proprietário da Mooney VR46 Racing Team: “Foi um longo caminho desde a Moto3, mas agora estamos prontos para fazer nossa estreia na MotoGP com uma equipe VR46 e quatro jovens pilotos que sei que darão 100%. É o fechamento de um círculo para mim e também para todas as pessoas que trabalharam com tanta paixão neste projeto ao longo dos anos. Ao mesmo tempo é uma grande estreia e o início de um novo capítulo desta bela história no MotoGP. Estamos aqui graças ao apoio de todos os nossos parceiros e estou feliz em receber a Mooney, nos encontramos neste inverno no Ranch, houve um sentimento imediato e agora nos encontramos aqui neste palco com essas lindas motos com nossas cores.”[foto3]Emilio Petrone, CEO da Mooney: “O que se apresenta hoje é muito mais do que uma equipe de motociclismo, mas um verdadeiro manifesto composto por valores como excelência, espírito italiano, talento que dois líderes em seus respectivos setores trarão com paixão e determinação para as pistas em todo o mundo. Como um grande entusiasta do motor, a satisfação e o orgulho valem o dobro para mim hoje e tenho certeza de que Mooney e VR46 estão apenas no início de uma jornada que trará grande satisfação.”[foto4]Luca Marini #10: “Será uma temporada muito importante para mim e para toda a Mooney VR46 Racing Team: comecei a familiarizar-me com a nova Ducati GP22 e a perceber o seu potencial nos últimos testes. Os sentimentos são mais do que positivos, o objetivo é conseguir manter-se consistentemente no top group, lutar pelo Top 5 e permanecer sempre no Top10. Eu gostaria de chegar ao pódio então, sei que é um objetivo muito ambicioso, mas tenho fé na minha equipe. A atmosfera é ótima, nos divertimos e eu me diverti muito. Também gosto muito das cores da moto, sempre foram as do VR46.”[foto5]As cores ficaram incríveis...[foto6]Marco Bezzecchi #72: “O Catar é apenas um fôlego a partir de agora e terei que aprender a administrar a pressão positiva que virá. Foi uma longa espera e a adrenalina é muita agora. Estou feliz com a forma como os testes correram, claro que ainda tenho muito a fazer, só fizemos uma simulação de corrida até agora e os primeiros GPs serão desafiadores. Eu gosto da equipe, eles são unidos e a atmosfera é boa. O título de Rookie do ano é um grande objetivo, mais do que qualquer outra coisa eu gostaria de lutar por ele até o final. Vai ser especial sair na pista com esta moto: tem as cores de Valentino e da família VR46 e o espírito italiano de Mooney e Ducati.”[foto7]
Aprilia Racing, pronta para 2022!

Aprilia Racing, pronta para 2022!

On Road 11/02/2022
A formação de Noale revelou as suas primeiras cores de fábrica no MotoGP, com Aleix Espargaró, Maverick Viñales e Lorenzo Savadori (piloto de teste). 2022 marca um momento importante para a Aprilia Racing na sua jovem história de MotoGP. De facto, a equipa italiana ganha o estatuto de Equipe de Fábrica, mais um passo em frente numa tendência de crescimento que tem sido clara nas duas últimas temporadas, culminando no pódio em Silverstone no ano passado, resultado que a Aprilia nunca tinha alcançado na sua história.[foto1]MASSIMO RIVOLA - CEO da APRILIA RACING"Na minha opinião, a RS-GP 2022 será a moto mais bonita do grid e, espero, também a mais rápida. Eu realmente acredito que fizemos um trabalho incrível, convencidos pelo caminho que seguimos."[foto2]Aprilia RS-GP 2022[foto3]Aleix Espargaró #41"Mal posso esperar para voltar à pista com minha equipe. Depois de muitos anos juntos, eles não são mais apenas mechs e técnicos. Eles são realmente parte da minha família e, desse ponto de vista, as férias de inverno sempre parecem muito tempo. Estou extremamente empolgado. Os anos podem passar, mas ainda estou com tanta fome quanto quando comecei e estou no topo do meu jogo fisicamente. Para os primeiros testes, escolhi um capacete com gráficos dedicados a todos os primeiros pódios da Aprilia nas várias classes, incluindo o que conquistamos juntos em Silverstone. Parece ser a maneira certa de começar a temporada e prestar homenagem à grande herança de corrida desta marca. O objetivo é obviamente adicionar mais imagens para esta galeria."[foto4]Maverick Viñales #12"Desde o meu primeiro momento nesta equipe, percebi que tinha sido escolhido com um propósito - levar a Aprilia ao topo do MotoGP moderno. Este é o objetivo para o qual todos estamos a trabalhar. Não acho justo fazer previsões. Prefiro focar no trabalho e na preparação porque acredito que os resultados são uma consequência direta do nosso esforço. Tivemos a grande oportunidade de nos conhecermos antecipadamente, fazendo algumas corridas juntos e começando a entender nossas necessidades recíprocas. Precisamos explorar essa vantagem o máximo possível. Estou muito satisfeito com o trabalho que o departamento de corrida fez durante o inverno e agora tudo o que resta é mostrar nosso progresso na pista."[foto5]
LCR Honda apresenta as motos de Alex Marquez e Taka Makagami para 2022!

LCR Honda apresenta as motos de Alex Marquez e Taka Makagami para 2022!

On Road 10/02/2022
Duas apresentações diferentes para os dois pilotos da LCR Honda. Um evento dedicado a Alex Márquez com o patrocínio principal da Castrol, e outro para Takaaki Nakagami com a Idemitsu. Simplificamos para o nosso público e fizemos um resumo geral de tudo. [foto1] Foto montagem das máquinas da LCR Honda 2022Alex Márquez e LCR Honda, apresentaram a pintura para a temporada 2022. Por trás de uma temporada difícil, o objetivo é ficar entre os primeiros na MotoGP.[foto2]Uma temporada em busca de importantes avanços para a LCR Honda. A Copa do Mundo de 2022 para a equipe de Lucio Cecchinello também abre oficialmente, começando pelo “lado Castrol” com Alex Márquez no ataque. Recomeça num ambiente familiar, como salientou várias vezes o espanhol, mas sobretudo em busca de resultados de peso. O objetivo principal é certamente recomeçar do crescimento mostrado na final de 2021, deixando para trás os erros. Contando com uma RC213V profundamente renovada. "Será a nossa 17ª temporada no MotoGP, estamos prontos para o desafio!" Comentou o chefe Cecchinello durante a apresentação.[foto3]Alex Marquez #73 - "Já tínhamos informações sobre Jerez, senti-me muito bem desde o início", testamos o motor, aerofólios, afinação… Os testes na Malásia nunca são fáceis para mim, mas foi um verdadeiro teste. Vimos algo mais como tempos e ritmo, e devo dizer que não correu mal. Agora temos que continuar tentando Mandalika para entender o quão perto ou longe estamos dos outros e depois dar mais alguns passos. Nós quatro pedimos aderência traseira, o que é muito importante para nós. Testamos em Jerez, Marc confirmou na Malásia. No entanto, ainda precisamos verificar alguns parâmetros, como o equilíbrio da moto.”[foto4]"Provavelmente nos primeiros GPs teremos que continuar trabalhando nisso, nem tudo está 100% ainda.Em Misano, Jerez e Malásia fomos rápidos, mas não quero ser muito otimista: são testes, a temporada ainda não começou e vamos ver onde estamos no Qatar. Estou otimista depois de um ano difícil, cresci, mas também é preciso dizer que o nível é semelhante para todos. O objetivo principal é o top 8 e esperamos lutar pelo pódio.[foto5]Quinto ano no MotoGP e determinação para estar entre os grandes. Takaaki Nakagami está assim, também com uma nova pintura para sua RC213V. Uma história de duas rodas que começou quando o piloto japonês tinha cinco anos, enquanto agora, com 30 anos de idade, ele vai enfrentar sua quinta temporada no MotoGP. Ele está ainda mais determinado a fazer o bem para seu país, para as cores da equipe de Lucio Cecchinello e, obviamente, para si mesmo. Contando com um treinador mental e uma RC213V profundamente diferente, além de uma pintura parcialmente renovada.[foto6]Taka Makagami #30 - “É certamente um bom passo em frente, houve grandes mudanças e também pode ser visto de fora. Achei que a moto tinha um grande potencial e a realidade confirma isso. Todos os anos houve melhorias, mas sempre mantendo o mesmo caráter, enquanto este ano tudo está diferente. Depois dos testes em Jerez e na Malásia estou começando a entender esta moto, a sensação é muito diferente e ainda tenho que alcançar seu potencial. Espero uma temporada de sucesso, com muitas vitórias!"[foto7]“É o meu 5º ano no MotoGP e quero mostrar o meu verdadeiro potencial, confiei-me a um treinador mental durante o Inverno para isso também. Se do Catar conseguirmos ficar na frente e lutar pela vitória seria fantástico, é o objetivo no início do ano. Antes de chegar à Europa, gostaria de estar em posição de mirar o campeonato. Não penso muito no futuro, no momento só me concentro no que tenho que fazer."  Por fim, ele também deixa a porta aberta para sua possível participação nas 8 Horas de Suzuka, se o calendário permitir. Assumindo em vez disso a nova dupla Honda em Superbike para este ano.[foto8]
Repsol Honda Team revela os modelos de 2022 para o MotoGP!

Repsol Honda Team revela os modelos de 2022 para o MotoGP!

On Road 08/02/2022
Marc Márquez e Pol Espargaró lançam a pintura 2022 da Repsol Honda Team, à medida que o início de uma nova temporada se aproxima rapidamente. [foto1] A temporada 2022 começa com motivação renovada para a Repsol Honda Team. Apesar de passar por dificuldades dentro e fora da pista em 2021, houve altos e momentos incríveis de comemorações nos últimos 12 meses, incluindo uma pole position, três vitórias e cinco pódios no total. 2021 viu o regresso triunfal à competição de Marc Márquez, regressando às vitórias 581 dias após a sua última vitória e Pol Espargaró alcançou o seu melhor resultado em MotoGP e conquistou a sua primeira pole position aos comandos da RC213V. [foto2] Marc Marquez começa 2022 totalmente recuperado da diplopia que encerrou sua campanha de 2021 mais cedo. As duas últimas temporadas de lesões não mataram sua fome e o oito vezes Campeão do Mundo está tão determinado a lutar pelo título em sua décima temporada com a Repsol Honda Team quanto em sua primeira temporada. Desde que subiu para a categoria rainha em 2013, Márquez conquistou seis títulos do Campeonato do Mundo de MotoGP, venceu 59 corridas, terminou no pódio 99 vezes e conquistou a pole position em 62 ocasiões – tudo com a icónica Repsol Honda Team. Todos esses são números que o #93 pretende aumentar em 2022[foto3]Pol Espargaró entra no seu segundo ano com a Repsol Honda Team depois de um ano de aprendizagem em 2021. A pole position no GP da Inglaterra e o seu melhor resultado na categoria rainha até à data com o segundo lugar no GP da Emilia Romagna foram destaques indiscutíveis de um ano cheio de progresso e crescimento constante e consistente para o Campeão do Mundo de Moto2 de 2013. Continuar a melhorar e lutar entre os pilotos líderes em cada corrida continua a ser o objetivo do #44 para esta nova temporada, pois pretende trazer mais sucesso à Repsol Honda Team.[foto4]A Honda HRC celebra o seu 40º aniversário em 2022 e é um ano de mudanças. Juntamente com um novo logotipo, os esforços de competição de quatro rodas da Honda foram trazidos sob a icônica bandeira HRC. Uma pintura revisada adorna uma Repsol Honda Team RC213V 2022 fortemente atualizada, a máquina é um novo conceito da Saitama, que visa retornar à sua posição no topo do mundo das corridas de motos. A nova dinâmica aerodinâmica foi projetada para complementar o chassi revisado e o motor atualizado para 2022.[foto5]2022 marca o 28º ano de colaboração entre a Honda e a Repsol, as cores icónicas uma visão consistente na frente da grelha do Campeonato do Mundo de MotoGP desde 1995. Com 15 Campeonatos do Mundo, 452 pódios na categoria rainha e 183 vitórias em corridas, a Repsol Honda Team continua a ser a equipe mais condecorada em corridas de Grandes Prêmios e ponto de referência no automobilismo de duas rodas.[foto6]Marc Marquez #93“Dez temporadas já no MotoGP e dez temporadas na Repsol Honda Team é um sonho. Quer dizer, é algo que eu não poderia imaginar nos meus melhores sonhos, é claro que também durante esses dez anos conseguimos resultados muito bons, então com certeza isso é algo especial e quero aproveitar. Eu sei que vamos tentar ganhar o título para celebrá-lo bem! Meu objetivo este ano é tentar lutar pelo campeonato. Já começamos bem a temporada na Malásia e agora nos preparamos para seguir em frente para este teste em Mandalika e continuar nossos preparativos.”[foto7]Pol Espargaró #44“Abordo esta temporada com mais experiência, o que no final é uma das coisas mais importantes no MotoGP. Temos apenas cinco dias de testes e já sabendo como está a equipe, como está a moto, o que vou encontrar lá já é algo muito importante, muito grande. Você sabe que ao longo do ano com uma nova moto vamos melhorá-la e torná-la ainda melhor, mas acho que o ponto de partida é ótimo e acho que a partir do Catar nos sentiremos prontos para lutar por algo grande que é nosso alvo. Vamos continuar trabalhando agora na Indonésia.”[foto8]Tetsuhiro Kuwata Diretor HRC“Acho que é a maior mudança que vimos durante o atual período de regulamentação. O conceito da máquina de 2022 é 'sair da nossa concha' para melhorar o desempenho, de modo que toda a máquina seja completamente diferente dos últimos dois anos. Mudamos o motor, o chassi e a eletrônica com esse conceito. Já aplicamos esse novo conceito do ano passado, e já verificamos o desempenho do novo conceito de máquina e pudemos confirmar que ele funciona para melhorar nossos pontos fracos. Assim, esta máquina de 2022 tem mais evoluções com a mesma direção.“Nosso objetivo é sempre o mesmo: vencer o campeonato. Mas com este campeonato sempre tentamos ficar em primeiro e segundo, esse é o nosso objetivo com os pilotos da Honda.”Vídeo da apresentação Repsol Honda MotoGP 2022
Apresentação oficial Ducati Lenovo Team MotoGP 2022!

Apresentação oficial Ducati Lenovo Team MotoGP 2022!

On Road 08/02/2022
A Ducati Lenovo Team lançou oficialmente a sua nova temporada de corridas, apresentando a equipe que vai participar no Campeonato do Mundo de MotoGP de 2022, a 20ª temporada da equipa sediada em Borgo Panigale na categoria rainha. O vídeo foi compartilhado nas plataformas de mídia social da Ducati e Ducati Corse e transmitido simultaneamente nos sites oficiais da Ducati e MotoGP e nos canais do YouTube (link no final da matéria). [foto1] No vídeo, a narração da voz é a da paixão que, aliada ao talento, habilidade, dedicação e determinação, é um dos ingredientes secretos da equipe que há 20 anos arvora a bandeira italiana com orgulho em circuitos ao redor do mundo. Além disso, o vídeo também reconstitui os melhores momentos do ano passado, como as conquistas de títulos de equipes e fabricantes e os sucessos alcançados por Francesco Bagnaia (vice-campeão de MotoGP de 2021 com nove pódios e quatro vitórias) e Jack Miller (quarto no Campeonato na com cinco pódios, incluindo duas vitórias). Ambos os pilotos vão continuar a usar as cores da equipe de fábrica da Ducati em 2022 pela segunda temporada consecutiva. [foto2] O vídeo também mostra as imagens dos bastidores do processo de pintura das carenagens das motos 2022, que terão um novo tom este ano. Pela primeira vez desde que entrou para a grelha de MotoGP, as máquinas da Desmosedici GP serão pintadas com o icónico "vermelho Ducati", a mesma cor que distingue as motos de produção do fabricante com sede em Borgo Panigale. As novas pinturas foram apresentadas a 31 de Janeiro, antes da estreia das motos na pista, que decorreu a 5 e 6 de Fevereiro durante os testes de pré-época na Malásia. [foto3] Em 2022, a Ducati Lenovo Team continuará a se beneficiar do valioso suporte de seu parceiro principal Lenovo, líder global em tecnologia em dispositivos, serviços, infraestrutura e soluções. Graças às suas tecnologias mais inteligentes, a Lenovo foi fundamental para permitir que a equipe alcançasse o sucesso da última temporada. Em 2022, a Lenovo continuará trabalhando em estreita colaboração com a equipe técnica da Ducati Corse para consolidar e avançar o projeto "Remote Garage", que permite que os engenheiros recebam dados da moto em tempo real e interajam com a garagem enquanto trabalham remotamente. [foto4] Depois de Sepang, os pilotos da Ducati Lenovo Team vão regressar à pista de 11 a 13 de fevereiro para três dias de testes no novíssimo Mandalika Street Circuit em Lombok (Indonésia). A primeira corrida do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2022, que conta agora com vinte e um GPs confirmados, decorrerá de 4 a 6 de março – como é habitual à noite – no Circuito Internacional de Losail, em Doha (Qatar). [foto5] Claudio Domenicali (CEO da Ducati Motor Holding)A Lenovo também está ao nosso lado. Além de ser o principal parceiro da equipe de fábrica, é também um importante parceiro tecnológico com o qual alcançamos objetivos importantes, como agilizar a coleta e análise de dados que nos permitiram melhorar os processos de tomada de decisão na pista. Mal podemos esperar pelo dia 6 de março para começar a temporada no Catar e voltar torcendo todos juntos com a Ducati #ForzaDucati!"[foto6]Luigi Dall'Igna (Gerente Geral da Ducati Corse)e os outros fabricantes certamente trabalharam durante o inverno para tornar seu pacote ainda mais competitivo. No entanto, também temos trabalhado duro nos últimos meses para dar a Pecco e Jack uma moto Desmosedici GP 22 que permitirá que eles sejam os principais candidatos em todas as corridas e em qualquer condição. Vai ser uma temporada muito desafiadora, com vinte e um GPs atualmente confirmados, mas estamos prontos e ansiosos para entrar na pista e colher os benefícios de nosso trabalho duro”.[foto7]Francesco Bagnaia (#63 Ducati Lenovo Team)"Estou feliz pelo início desta nova temporada. Terminamos 2021 em alta e espero continuar 2022 de onde paramos no ano passado. cresceu muito desde então. Me sinto bem com minha equipe, e tenho certeza que podemos fazer grandes coisas juntos. O GP da Desmosedici nesta nova cor está ainda mais bonito, e mal posso esperar para voltar a correr com O objetivo para esta temporada será, como sempre, melhorar constantemente e ser competitivo em todas as corridas. Nosso objetivo é trazer o título de pilotos de MotoGP, bem como os títulos de equipes e fabricantes, de volta ao Borgo Panigale ".[foto8]Jack Miller (#43 Ducati Lenovo Team)"O Campeonato está finalmente prestes a começar e sinto-me mais preparado do que nunca para enfrentar esta nova época. Ter mais um ano de experiência no MotoGP faz-me sentir definitivamente mais forte e sinto que melhorei muito, tanto física como mentalmente, em comparação com 2021. Será o meu segundo ano com a Ducati Lenovo Team, um grupo de pessoas que são realmente apaixonadas por Motorsports, e me sinto sortudo por fazer parte disso. Ser um piloto de fábrica da Ducati é motivo de orgulho, e significa ter o apoio de muitos fãs, não apenas na Itália, mas também em todo o mundo. Mal posso esperar por março e poder ir para a pista para a primeira corrida do ano no Qatar!"[foto9]Michele Pirro #51 é o piloto de teste da DucatiVídeo com a apresentação da equipe
Equipe SUZUKI ECSTAR preparada para 2022!

Equipe SUZUKI ECSTAR preparada para 2022!

On Road 05/02/2022
Com o início de uma nova temporada de MotoGP, os preparativos estão bem encaminhados para a Team Suzuki Ecstar, que vai enfrentar 2022 com Joan Mir e Alex Rins. [foto1] Com um novo visual a GSX-RR, que é atualizada não apenas na superfície, mas também sob as carenagens, toda a equipe está altamente motivada e ansiosa por troféus. 2021 pode ter sido um desafio difícil, mas com sua busca constante pelo sucesso, o elenco conseguiu fechar o ano com Mir no Top 3 e o objetivo para este ano é simples: pódios, prêmios e pontos. [foto2] Os espanhóis da Suzuki testarão a nova GSX-RR no próximo Teste de Sepang e o feedback inicial deu a ambos os pilotos um impulso, pois sugere uma moto completa com maior competitividade. Tanto Mir quanto Rins tiveram uma entressafra promissora e bem-sucedida, equilibrando o tempo com treinamento duro e voltas na pista. Depois que Mir terminou em 3º no campeonato no ano passado, seu objetivo para 2022 é claro: lutar pelo primeiro lugar. Rins tem como objetivo adicionar mais consistência à sua velocidade inquestionável e performances poderosas. [foto3] A GSX-RR 2022 possui um novo esquema de pintura com os flashes pretos adicionando atitude ao liso e agora familiar azul e prata. E um logotipo atualizado, uma combinação de estilos retrô e modernos da Suzuki, também pode ser encontrado na moto, roupas, couros e caminhões da equipe. [foto4] Amarrar tudo isso junto é uma nova hashtag e slogan para a temporada de 2022; #GearingUp (Se preparando). Esta nova frase foi projetada para inspirar os fãs a se juntarem à equipe para se preparar para um ano emocionante pela frente, mas também para mostrar as intenções da equipe, uma melhoria no desempenho e a ideia de acelerar tudo em relação a 2021.[foto5]Os testes da temporada acontecerão nos dias 5 e 6 de fevereiro no Circuito Internacional de Sepang, seguidos por três dias no Circuito Mandalika na Indonésia – a primeira visita do paddock – de 11 a 13 de fevereiro. A temporada de MotoGP começará então com a primeira corrida no Qatar no dia 6 de março.A temporada de 2022 será um desafio difícil para todos, pois o mundo ainda está lidando com a pandemia de Covid-19. Enquanto isso, o pessoal do paddock também enfrenta o campeonato mais longo de todos os tempos, com 21 corridas no calendário e a estreia de alguns novos circuitos, como Indonésia e Finlândia.[foto6]Joan Mir #36 - “Eu tirei algum tempo durante o inverno para relaxar e desligar depois de uma complicada temporada de 2021. Fiquei feliz em terminar em 3º no campeonato, mas estou com fome de mais, e foi importante redefinir para que eu pudesse me concentrar 100% em alcançar meu máximo. O meu treino de pré-temporada correu bem e estou a sentir-me em forma e pronto para atacar. Estou ansioso para voltar à minha moto, os testes que aconteceram no final do ano passado mostraram um desempenho melhorado com o qual estou feliz, então agora é hora de mostrar a nova pintura e colocar mais voltas à frente a temporada começa em cerca de um mês.”[foto7]Alex Rins #42 - “A nova GSX-RR parece incrível e também tem um bom desempenho! Estou muito feliz por estar perto do início de uma nova temporada. Treinei muito durante o intervalo, não apenas na academia, mas também na minha motocicleta de rua GSX-R1000R. No entanto, nada se compara à nossa moto de corrida nos circuitos. É bom reencontrar a equipe, estamos todos focados no mesmo objetivo e confio neles, todos mostramos que estamos prontos para alcançar grandes coisas. Os dias de teste serão importantes, mas mal podemos esperar pela primeira corrida no Qatar!”[foto8]Shinichi Sahara – Team Suzuki Ecstar Project Leader e Team Director:“O período de entressafra foi muito movimentado, com muito trabalho duro, tanto na Europa quanto no Japão. Todo mundo tem feito um grande esforço para se preparar para uma nova temporada onde esperamos ser mais competitivos. Temos muita confiança em nosso projeto e em nossos dois pilotos, e estamos ansiosos para começar – não apenas nos testes, mas nas corridas. Nosso GSX-RR parece impressionante e com o apoio de nossos principais patrocinadores, fãs e membros da equipe, queremos colocá-lo no topo o mais rápido possível. Durante o último teste em Jerez vimos grande potencial nos novos componentes, e o feedback do nosso piloto de testes Sylvain Guintoli, assim como de Joan e Alex, foi bastante positivo. Por isso, começamos as férias de inverno com boas vibrações e bom humor. Vamos ver o que podemos mostrar nesta excitante nova temporada.”[foto9]Ken Kawauchi – Team Suzuki Ecstar Technical Manager:“Devo começar por agradecer a toda a equipa e fábrica pelo trabalho que fizeram durante esta curta pausa de Inverno. Nossa máquina de 2021 era equilibrada e competitiva, mas era importante dar um grande passo em 2022 para atingir nossos objetivos. Como vimos, o MotoGP está incrivelmente próximo de muitos pilotos e equipes rápidos, e queremos garantir nosso lugar no pódio. A GSX-RR 2022 tem uma base semelhante à moto do ano passado, mas com algumas atualizações cruciais, especialmente na área de desempenho do motor. Queríamos manter a maneabilidade da nossa moto, que sempre foi forte nas curvas e estabilidade, melhorando a entrega de potência. Com a ajuda de todos os engenheiros do Japão e da Europa, sentimos que conseguimos isso, então agora é hora de testá-lo na pista com nossos pilotos.”
Monster Energy Yamaha MotoGP pronta para 2022!

Monster Energy Yamaha MotoGP pronta para 2022!

On Road 04/02/2022
A equipe Monster Energy Yamaha MotoGP realizou sua apresentação online, para abrir oficialmente sua campanha de 2022. Liderada por dois pilotos jovens e competitivos, Fabio Quartararo e Franco Morbidelli, a equipe está ansiosa pelo arranque do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2022 no Qatar em março. [foto1] O esquema de cores das motos Monster Energy Yamaha MotoGP permanece o mesmo para 2022, com o YZR-M1 da equipe, o box e os macacões dos pilotos exibindo um gradiente de 'Monster Energy black' a 'Yamaha Factory Racing blue'. A mistura perfeita entre a estética da Yamaha e a marca de garras instantaneamente reconhecível da Monster Energy também está representada no logotipo da equipe Monster Energy Yamaha MotoGP e nos uniformes da equipe. [foto2] A Yamaha tem uma aliança global de longo prazo com o patrocinador principal da equipe, a Monster Energy Company, com base em sua paixão mútua pelas corridas. Um contrato de patrocínio de vários anos com a Yamaha Factory Racing MotoGP Team foi assinado no verão de 2018 e veio naturalmente, já que a Monster Energy Company patrocina várias equipes Yamaha (entre elas a equipe Yamaha Factory Racing MotoGP desde 2013) e pilotos (incluindo Quartararo e Morbidelli) em várias classes de corrida. [foto3] Além disso, a equipe Monster Energy Yamaha MotoGP continua a apoiar o programa bLU cRU da Yamaha, incentivando uma geração mais jovem de pilotos de estrada a seguir seu sonho de se tornar a próxima estrela do motociclismo. Quartararo e Morbidelli são embaixadores do programa e servirão como modelos para todos os jovens talentos da Yamaha. Com a próxima temporada se preparando bem, atualmente projetada para ter 21 rodadas de GP, o piloto da Yamaha Factory Racing MotoGP Test Team, Cal Crutchlow, se juntará a Quartararo e Morbidelli no Teste Oficial de Sepang de MotoGP, enquanto a Yamaha está colocando todas as mãos no convés para iniciar sua temporada de 2022, com o pé direito. [foto4] Fabio Quartararo #20 - "As férias de inverno foram bastante longas, mas, para ser honesto, sinto que me mantive ocupado o tempo todo. Havia muitos eventos para eu participar e, claro, o treinamento continuou normalmente - então, no geral, foi bastante ocupado, mas de um jeito bom. Estou animado para começar a nova temporada e começar a pilotar e melhorar. Conquistamos o título no ano passado, e isso é ótimo. Ninguém pode tirar isso de mim, mas desde o primeiro dia de pilotagem, nada disso importa mais. A conquista do título do ano passado já ficou para trás, devemos focar no campeonato deste ano. No ano passado, quase não fizemos nenhum teste de pré-temporada devido à pandemia. Este ano já tenho um ano de experiência com a equipe de fábrica, por isso sabemos trabalhar bem em conjunto. Conhecemos os nossos pontos fortes e onde podemos melhorar, o que nos ajudará durante os testes em Sepang e Mandalika." [foto5] Franco Morbidelli #21 - "O ano passado foi sobre mostrar força mental enquanto trabalhava para melhorar minha força física. Não foi fácil voltar após a cirurgia no joelho, mas o trabalho que fiz no ano passado será benéfico para mim no início desta temporada "Já temos alguns dados para trabalhar e já estou familiarizado com a moto e a equipe. Sempre tive boas sensações com a Yamaha, mas esta M1 é tão suave. Mal posso esperar para começar a pilotar a Moto de 2022 agora que meu joelho está em melhores condições. Estou muito interessado em ver como nosso progresso continuará. Também estou ansioso para ver toda a equipe novamente nos testes. A atmosfera na equipe foi muito boa no ano passado, então vamos ver quais passos podemos dar durante os testes de inverno." [foto6]Massimo Meregalli - Diretor da Equipe - “Também temos muita sorte de ter uma formação tão forte de pilotos. Tanto Fabio quanto Franco são talentos indiscutíveis, e sua pilotagem também combina com nossa moto. Um deles vai tentar confirmar o seu domínio no pelotão de MotoGP, enquanto o outro está ansioso por mostrar todo o seu potencial agora que está a aproximar-se da recuperação total da lesão, por isso estamos prontos para lutar."Fotos: Yamaha MotoGP.[foto7]Moto Xtreme - Toda a nossa torcida para o piloto Franco Morbidelli #21, que carrega sempre com tanta adoração a nossa bandeira no capacete!
PRAMAC RACING MotoGP, a energia do futuro!

PRAMAC RACING MotoGP, a energia do futuro!

On Road 03/02/2022
A cortina do MotoGP, edição 2022, sobe e a Pramac Racing recomeça com os fantásticos resultados da época passada, antes de mais aquele "Best Team Independent" que premia o grande trabalho de um grupo que se apresenta no grid de partida para o vigésimo primeiro ano consecutivo. [foto1]Os porta-estandartes da equipe novamente serão Johann Zarco e Jorge Martín este ano. O francês, bicampeão mundial na classe Moto2, acaba de regressar de uma super temporada que o coroou "Best Rider Independent", o espanhol - campeão mundial na classe Moto3 - como estreante na classe rainha mostrou o seu imenso talento conquistando o cobiçado título de "Rookie of the Year".[foto2]Ambos os pilotos terão à sua disposição a versão oficial da Ducati Desmosedici GP22.Paulo Campinoti – Proprietário da equipe"O objetivo este ano é nos reconfirmar em níveis muito importantes após os excelentes resultados da temporada passada. 2021 mostrou que o trabalho árduo, associado ao grande profissionalismo das pessoas que compõem a equipa, traz grandes resultados.A relação que criámos com o Johann e o Jorge é especial e os rankings falam por si:Melhor Equipe Independente, Melhor Piloto Independente e Estreante do Ano, a melhor temporada da Pramac Racing. Mal posso esperar para começar, esperamos grandes coisas".[foto3]Cláudio Calabresi – Chefe de equipe“Esta é a minha primeira vez como Team Manager e farei o meu melhor para levar a Pramac Racing ainda mais alto. Tenho a certeza que o Johann e o Jorge vão dar-nos uma grande mão, que já em 2021 fez um trabalho excecional. Este ano o desafio é fascinante: confirmar-nos e crescer ainda mais. Temos grandes ambições e tudo faremos para dar muita satisfação aos nossos adeptos”.[foto4]Fonsi Nieto – Diretor Esportivo“Toda a equipe está trabalhando duro para começar bem. Queremos reconfirmar-nos entre as equipas mais competitivas do MotoGP. No ano passado com o Johann e o Jorge fizemos coisas incríveis, agora queremos voltar a subir a fasquia e lutar pelas primeiras posições em todas as corridas. Acho que temos todas as credenciais para atingir grandes objetivos "[foto5]Johann Zarco #5 - Piloto"Estou muito feliz por correr mais uma temporada com a Pramac Racing. A continuidade é importante para melhorar e realizar projetos ambiciosos. Construímos um excelente relacionamento com a equipe e estou muito satisfeito com o que fizemos na última temporada. Mal posso esperar para sair para os testes e subir na moto. Será uma grande temporada."[foto6]Jorge Martin #89 - Piloto“A temporada passada foi a mais intensa da minha vida, uma sucessão de emoções muito fortes, momentos de grande dificuldade, mas também de extrema felicidade. Junto com a Pramac Racing começamos a construir algo especial.No ano passado lançamos as bases, este ano estamos prontos para grandes coisas "[foto7]Moto Xtreme: Este é o release oficial da Pramac Racing, esperamos ver a equipe novamente em alta nesta temporada!
KTM apresenta as suas armas para o MotoGP 2022!

KTM apresenta as suas armas para o MotoGP 2022!

On Road 28/01/2022
A sexta temporada da KTM no MotoGP verá a Red Bull KTM Factory Racing e a Tech3 KTM Factory Racing levarem o RC16 para a competição pela série mais longa da história do esporte. Brad Binder, Miguel Oliveira, Raul Fernandez e Remy Gardner tentarão encontrar novos marcos ao longo da campanha de 21 Grandes Prêmios, enquanto a empresa busca seu terceiro ano consecutivo de vitória na corrida. [foto1] A Red Bull KTM Factory Racing está de olho nas vitórias do GP de 2022, eles foram uma das três únicas equipes onde ambos os pilotos provaram a vitória no ano passado. Quatro RC16 de fábrica no grid de 22 com a nova linha Tech3 KTM Factory Racing e quatro pilotos que foram campeões ou vice-campeões mundiais nas classes Moto2™ e Moto3™KTM para entrar na classe de MotoGP com dois primeiros colocados e estrelas da série de Moto2 de 2021 e o sistema KTM GP Academy.[foto2]Binder (26 anos, 17 vitórias na carreira, duas no MotoGP) prepara-se para a sua terceira época de MotoGP, todos com a Red Bull KTM Factory Racing. Oliveira (27, 15 vitórias na carreira e três na categoria rainha) entrou no MotoGP um ano antes, mas atualmente é o mais prolífico do quarteto e subiu ao pódio cinco vezes em três temporadas, todas com a KTM RC16.[foto3]A Red Bull KTM Factory Racing dá as boas-vindas a Francesco Guidotti ao cargo de Team Manager, com o italiano a supervisionar a segunda temporada consecutiva dos ex-companheiros de Moto3 e Moto2 Binder e Oliveira juntos na lista de pilotos. Guidotti trará sua antiga experiência e nuances na categoria para uma configuração refinada que se concentrará em resultados puros, com a equipe de testes da KTM – liderada por Dani Pedrosa e Mika Kallio – liderando o desenvolvimento da KTM RC16 fora dos Grandes Prêmios.[foto4]A KTM enfrenta 2022 com quatro pilotos de fábrica e máquinas de fábrica, graças ao quarto ano de colaboração com a Tech3 KTM Factory Racing Team. A equipa experiente e condecorada de Hervé Poncharal vai novamente ajudar a introduzir dois novos recrutas empolgantes: o Campeão do Mundo de Moto2 Remy Gardner (23 anos e seis vitórias na carreira) e o vice-campeão de 2021 Raul Fernandez (21 e 10 triunfos em duas classes). Ambos os pilotos passaram por elementos da GP Academy da KTM e pela lendária configuração de Aki Ajo nas divisões de Moto2 e Moto3.[foto5]Brad Binder#33: “Aprendi tanto nas últimas duas temporadas que é difícil escolher apenas algumas coisas em particular. Acho que cada ano veio com seus próprios conjuntos de desafios: no meu primeiro, tive que gerenciar um pouco minhas expectativas. Muitas vezes quis muito, cedo demais e cometi muitos erros. No ano passado tive que aceitar onde estávamos em alguns pontos e tentar trazer a moto para casa, o que foi difícil, mas aprendi muito no ano passado: aprendi muito mais sobre a categoria, como economizar melhor meus pneus, como gerenciar corridas e gostei muito na verdade. Então, estou indo para minha terceira temporada entendendo o que preciso fazer para ir mais rápido e estou ansioso para começar o ano. Estou mais pronto do que jamais estarei.”[foto6]Miguel Oliveira#88: “No ano passado demos um grande passo em frente em quatro corridas onde consegui três pódios e uma vitória, o que foi muito bom. Depois, com a lesão na segunda metade da temporada, as corridas ficaram muito difíceis: foi definitivamente uma curva de aprendizado para mim. Faltou consistência e é claro que nesta temporada eu gostaria de melhorar isso. Nunca é fácil chegar ao limite e ainda pensar em terminar a corrida. Eu diria que se conseguir marcar pontos em todos os GPs, no final do campeonato o resultado pode ser bem diferente, então estamos apenas procurando tirar o máximo de meu potencial, da moto, de toda a equipe e traduzir isso em resultados.”[foto7]Raul Fernandez#25: “Estou muito feliz por fazer a minha primeira época de MotoGP e é uma grande oportunidade para mim. Lembro-me de há apenas três anos que competia no Campeonato do Mundo de Moto3 e agora estou aqui na classe de MotoGP. É um prazer absoluto. Neste inverno, preparei-me de forma diferente dos anos anteriores para ganhar músculos e ficar mais forte. A moto de MotoGP é muito mais potente. A frenagem é diferente...Tudo exige mais condicionamento físico, então fiz treinos de motocross e bicicleta de estrada, um pouco de ciclismo e corrida, e me sinto pronto. Meu principal objetivo nesta temporada será avançar e progredir corrida por corrida, e me divertir em cada uma delas.”[foto8]Remy Gardner#87: “Estou entusiasmado por começar a minha primeira temporada na classe de MotoGP. Este é o sonho de todo motociclista e mal posso esperar para começar. Já tivemos alguns testes em 2021 que foram encorajadores, então estou muito animado para me aprimorar, continuar descobrindo a moto e poder aprender sobre essa classe incrível com tantos pilotos talentosos. com a Tech3, se dando bem com a equipe e continuando o relacionamento com a KTM. Este será um ano longo, mas interessante. Sei que nem sempre será fácil, mas sempre vou empurrar, tentar e dar o melhor de mim para obter os melhores resultados possíveis sem enlouquecer. Certamente levarei esta temporada passo a passo, mas estou muito empolgado para começar a pilotar novamente.”[foto9]Francesco Guidotti, Red Bull KTM Factory Racing Team Manager: “É sempre importante fazer melhor do que no ano anterior. Para fazer melhor, precisamos de resultados mais consistentes, mais consistência nos cinco primeiros e no pódio. Temos que desenvolver a moto para deixar os pilotos felizes, para dar a eles a sensação e a confiança certas para alcançar esses resultados. Claro, a posição deles é importante porque eles precisam mostrar o potencial da moto e do projeto. Eles têm 2-3 anos de experiência nesta categoria agora, então talvez seja o momento certo para usar essa experiência. Eles já ganharam algumas corridas, então a capacidade e o potencial estão lá, então temos que ver isso com mais regularidade. Nos últimos cinco anos os resultados foram incríveis; começando do zero como a KTM fez e o que eles conseguiram é inacreditável e queremos continuar”.[foto10]Hervé Poncharal, chefe da equipe Tech3 KTM Factory Racing: “A nova temporada é sempre um momento intenso, emocionante e emocionante. 2022 é muito especial para nós porque temos o prazer de receber Remy Gardner e Raul Fernandez, que terminaram respectivamente em primeiro e segundo no Campeonato do Mundo de Moto2 de 2021. na moto e na organização da estrutura técnica da KTM MotoGP. A Tech3 KTM Factory Team também teve algumas mudanças. Agora estamos impacientes e prontos para começar. Com dois estreantes, não esperamos vencer o campeonato, mas o nosso principal objetivo será conquistar o título de Rookie of the Year na classe de MotoGP. Esperamos fazer alguns acabamentos fortes, Top 10 e porque não Top 5? Com pilotos como Remy e Raul, temos que sonhar alto. Nos últimos anos, os rookies alcançaram pódios, então podemos ser nós este ano.”[foto11]Pit Beirer, diretor de automobilismo da KTM: “2021 foi a temporada de automobilismo de maior sucesso em nosso grupo. É incrível o que fizemos em um ano no paddock das corridas de estrada: vencer o campeonato mundial de Moto3 e o campeonato mundial de Moto2 e terminar em 6º no MotoGP. É super-motivador para tudo no futuro. Quando você começa um projeto como este no MotoGP, você quer ganhar uma corrida um dia e dizer isso parece bastante simples, mas realmente fazê-lo é um esforço incrível de tantas pessoas envolvidas. Conseguimos. Está no papel, mas também tivemos que aprender da maneira mais difícil; você vence um fim de semana nessa classe, mas no próximo fim de semana você está lutando para se classificar para o Q2 porque é muito apertado. O objetivo para nós agora é estar lá consistentemente todos os finais de semana, ficar entre os cinco primeiros e lutar pelo pódio no final da temporada. Esse deve ser o objetivo desta temporada. Eu sei que é muito alto porque os outros fabricantes também têm metas ambiciosas, mas estamos fortes agora: temos a equipe, a base, a moto e temos os pilotos.”[foto12]Hubert Trunkenpolz, Membro do Conselho Executivo da KTM CMO: “Pela primeira vez, ultrapassamos a receita de dois bilhões e é mais um marco para a empresa. A continuação dos anos de crescimento. É uma história de sucesso inacreditável e estamos extremamente felizes por podermos alcançá-la. Por outro lado, quando olhamos para o automobilismo em geral, conquistamos 21 títulos e esse também é outro recorde e o engajamento no automobilismo é a ferramenta de marketing mais importante que temos. Com certeza, esse incrível sucesso no automobilismo está aumentando as receitas da empresa e o reconhecimento da marca e é incrivelmente importante. Houve algumas histórias incríveis em 2021: a sequência de pódios de Miguel, a vitória de Brad em casa, Pedro Acosta, a luta pelo título de Moto2. Mal podemos esperar para ver o que vai acontecer em 2022. Pilotos que sabem ganhar corridas também sabem ganhar campeonatos. Cabe a nós agora dar a eles o material certo, a estrutura certa, a equipe certa e a situação certa. Além disso, o backup certo da fábrica. Se tudo der certo, os pilotos serão os que nos ajudarão a alcançar nossos objetivos.”
Ton Kawakami e Turquinho Jr, são apresentados oficialmente na lista do WSBK!

Ton Kawakami e Turquinho Jr, são apresentados oficialmente na lista do WSBK!

On Road 25/01/2022
Os pilotos brasileiros do time AD78 Team Brasil by MS Racing, Ton Kawakami #87 e Turquinho Jr #12 (Humberto Maier), foram apresentados hoje oficial mente pelo site do WSBK (Mundial de Superbike) na categoria Supersport 300 ou WorldSSP300.[foto1]A lista com 30 pilotos foi divulgada para o mundo todo, e no texto os brasileiros são destaque, veja o trecho a seguir...30 pilotos definidos para a campanha WorldSSP300 de 2022 conforme a lista de inscritos revelada!"... Há também uma mudança no AD78 Team Brasil pela MS Racing em seu line-up.  Enquanto Ton Kawakami retorna para mais uma campanha no WorldSSP300 com a equipe, ele será acompanhado por Humberto Maier nesta temporada. A equipe continua com uma escalação totalmente brasileira com sua nova contratação. O AD78 Team Brasil by MS Racing correrá com a moto Yamaha YZF-R3 em 2022, como fizeram em campanhas anteriores, onde terminaram como a equipe Yamaha em primeiro na classificação".[foto2]Turquinho Junior vai estrear no Mundial...[foto3]Ton já com mais experiência será um forte candidato ao título...Moto Xtreme – Estamos na torcida para os pilotos brasileiros, e traremos muita informação em 2022 da categoria WorldSSP300!Lista dos pilotos[foto4]
Toprak Razgatlioglu cada dia mais perto do MotoGP!

Toprak Razgatlioglu cada dia mais perto do MotoGP!

On Road 24/01/2022
Toprak Razgatlioglu será um piloto de MotoGP em 2023? É uma pergunta que todos estão ansiosos para saber a resposta. E o atual campeão das SBK alimentou os rumores bobos da temporada com um post enigmático nas mídias sociais recentemente.[foto1]Depois de suas performances na Superbike R1 da Yamaha, que finalmente viu o turco vencer Jonathan Rea pelo título de 2021, o interesse nos serviços de Razgatlioglu no paddock do Grande Prêmio aumentou na última temporada. Após os acontecimentos dentro da Yamaha que viram Valentino Rossi anunciar sua aposentadoria e Maverick Viñales se mudar para a Aprilia Racing no meio da temporada, a fábrica de Iwata precisava de pelo menos um piloto para ocupar um lugar. Razgatlioglu era compreensivelmente um dos principais candidatos.No entanto, o turco e sua equipe decidiram recusar uma mudança para o MotoGP para a campanha de 2022. Razgatlioglu queria se concentrar totalmente em se tornar um Campeão do Mundo nas SBK, algo que conseguiu quando ele e Rea se enfrentaram no novíssimo Pertamina Mandalika Circuit, na Indonésia.Tendo sido coroado Campeão do Mundo em SBK, Razgatlioglu parece agora mais do que aberto a uma mudança para o MotoGP. Todos os espectadores ficam maravilhados com o que o jovem de 25 anos pode fazer em uma motocicleta, com seu estilo de pilotagem agressivo e alucinante incomparável à maioria. Apenas o oito vezes Campeão do Mundo Marc Márquez (Repsol Honda Team) chega perto da atual safra de pilotos de classe mundial em termos de estilo de pilotagem.[foto2]Como sabemos, a temporada começa incrivelmente cedo no MotoGP. A maioria dos pilotos tem contratos que terminam no final de 2022, e todas as fábricas estarão em negociações com os pilotos sobre quem preencherá quais assentos em 2023 e além antes que uma roda seja virada. Aparentemente, Razgatlioglu é um piloto que está agora na equação para um lugar no MotoGP no próximo ano. A menos que ele gostasse de acabar com todos nós, é claro.A próxima pergunta, se for verdade, é para quem Razgatlioğlu assina? A Yamaha, dado que é onde ele corre nas SBK, certamente estaria na pole position. Mas Razgatlioğlu assinaria por uma equipe que não fosse de fábrica? Os murmúrios do ano passado sugeriam que não. A Monster Energy Yamaha MotoGP já contratou Franco Morbidelli até o final de 2023, e ao lado do italiano está o atual Campeão do Mundo Fabio Quartararo, não há espaço na pousada então, certo? A menos que – como Andrea Dovizioso (WithU Yamaha RNF MotoGP Team) – a Yamaha goste de atrair Razgatlioğlu com um contrato completo de fábrica em sua equipe independente, ou Quartararo inesperadamente deixe a Yamaha por qualquer motivo.[foto3]Com o talento e entusiasmo que Razgatlioğlu possui, você deve pensar que todas as fábricas vão querer falar com ele sobre uma corrida. Ducati, Honda, Suzuki, KTM e Aprilia já possuem mega line-ups, mas quando alguém como Razgatlioğlu estiver disponível, seria um erro deixá-lo passar sem tentar fazer algo a respeito. Se os anos anteriores servirem de base, provavelmente não demorará muito para sabermos o paradeiro de Razgatlioğlu em 2023.O atual campeão das SBK alimentou os rumores bobos da temporada com um post enigmático nas redes sociaisTwitter TR#54:“Sempre tive um sonho na MotoGP, 2023 Por que não...”
WithU Yamaha RNF MotoGP Team 2022!

WithU Yamaha RNF MotoGP Team 2022!

On Road 24/01/2022
Não poderia ter havido um palco mais icônico e original do que o Teatro Filarmônico de Verona, onde a WithU Yamaha RNF MotoGP Racing apresentou a nova pintura da Yamaha YZR-M1 para o Campeonato Mundial de MotoGP de 2022, mas também o dedicado ao MotoE. A Equipe WithU RNF está empenhada em ambos os Campeonatos Mundiais em 2022. Um verdadeiro espetáculo, acompanhado por famosas árias de ópera, cantadas pela esplêndida voz da soprano Francesca Dotto e do tenor Leonardo Cortellazzi.[foto1]Uma atmosfera particular, emocionante e única, que envolveu a vasta audiência virtual que acompanhou a transmissão nos canais de mídia social da equipe. Dando as boas-vindas oficiais, Matteo Ballarin, Presidente da marca WithU do Europe Energy Group, desejou fortemente realizar este evento em sua cidade, que é a sede da empresa, que fundou e representou. Mais uma razão para celebrar o papel de patrocínio principal da WithU nesta equipe de prestígio. Ao seu lado, no palco do Teatro Filarmônico de Verona, o fundador e chefe de equipe da WithU Yamaha RNF MotoGP Team Razlan Razali, o Team Manager Wilco Zeelenberg e o Team Manager da WithU GRT RNF MotoE Filippo Conti, ao lado dos pilotos de MotoGP Andrea Dovizioso e Darry Binder junto com Niccolo Canepa.[foto2]Entre outros, o tapete vermelho foi estendido para a estrela da categoria rainha Andrea Dovizioso. O italiano, três vezes vice-campeão de MotoGP™ e 15 vezes vencedor de corridas na categoria mais alta, vai entrar na sua 20ª temporada completa em todas as categorias do Campeonato do Mundo, depois de já ter passado para a Yamaha em cinco provas em 2021 Enquanto isso, Darryn Binder será apenas o segundo piloto na história do MotoGP, que ousa o salto formidável de Moto3™ para MotoGP™. O talento sul-africano de 23 anos comemorou sua primeira vitória a nível mundial na Catalunha 2020 e conquistou mais cinco pódios ao longo de sua fascinante carreira na Moto3™.[foto3]Razlan Razali, Fundador e Chefe de Equipa WithU Yamaha RNF MotoGP Racing Team: “Esta apresentação neste belo cenário de Verona significa uma série de coisas para a equipa; em primeiro lugar, estamos reconstruindo, rebranding e com os pilotos que contratamos para este ano, Andrea Dovizioso e Darryn Binder, o objetivo é nos tornarmos competitivos, surpreender a todos e fazer o melhor que pudermos para alcançar nossos objetivos. Em segundo lugar, pela primeira vez, WithU é o parceiro de título de uma equipe de MotoGP. A WithU está conosco desde 2019 e agradecemos seu compromisso contínuo, o apoio, a confiança e a confiança de Matteo Ballarin em nós nesta nova jornada pelos próximos três anos.[foto4]“É incrivelmente apropriado que este lançamento seja realizado em sua cidade natal e na bela cidade de Verona neste magnífico Teatro Filarmônico. Para mim, esta é uma experiência nova e também para a equipe. Apreciamos muito o cenário! Estas para mim são as duas principais coisas que são importantes para esta apresentação única da equipe, onde também temos o prazer de anunciar nossa linha de MotoE com Bradley Smith e Niccolo Canepa e podemos, ao mesmo tempo, revelar nosso FIM Enel MotoE World Cores da Copa.“Para esta temporada de 2022, pretendemos estar entre os melhores das equipes independentes, pelo menos. Queremos lutar pelo Rookie of the Year, embora saibamos que é um grande desafio com cinco rookies em 2022 e Darryn sendo o único deles a saltar de Moto3 para MotoGP. Para Andrea, ele tem muito a provar voltando depois de mais de seis meses de sabático. Ele definitivamente quer provar não apenas a si mesmo, mas a todos, que ainda tem motivação, experiência e vontade de lutar pelo Campeonato do Mundo.”[foto5]Andrea Dovizioso: “Estou realmente pronto para esta temporada! Estou treinando muito na academia, na minha moto de Motocross. Eu removi a placa na minha clavícula no início de dezembro para me sentir melhor para este ano. Tudo está indo bem. Estou muito feliz por começar esta temporada completa depois de cinco corridas de testes no ano passado, o que foi muito importante para começar cedo com a Yamaha, que é diferente do que usei nas últimas oito temporadas. Estou convencido de que isso me ajudará muito a abordar os testes e as corridas em 2022 de uma maneira melhor. Eu sei mais sobre a moto, sobre os engenheiros e a equipe em geral. As novas cores estão aumentando a incrível imagem geral e estou ansioso para o teste na Malásia. Nos últimos dois anos não pudemos correr lá, então estou muito feliz por ir para Sepang.”[foto6]Darryn Binder: “As cores da minha nova moto são simplesmente lindas! Depois de ver o design e como tudo vai ficar para a temporada, você fica tão animado para sair e realmente pilotar com a nova pintura e então você sabe que a temporada de 2022 está começando oficialmente assim que o lançamento da equipe acontecer. Eu definitivamente não posso esperar! Vai ser incrível, estou muito, muito animado para minha primeira temporada na MotoGP! Nosso objetivo é apenas levá-lo passo a passo. Obviamente, é um grande salto da Moto3 para a MotoGP e só quero ir gradualmente e subir o mais alto que puder. Não quero fazer nada muito louco, mas dar um passo de cada vez e subir devagar, mas com segurança. Estou muito animado, agora mal posso esperar pelo teste de Sepang para fazer tudo funcionar!”Fotos: RNF Racing
Nakagami pede ajuda a treinador mental para acabar com espera do pódio!

Nakagami pede ajuda a treinador mental para acabar com espera do pódio!

On Road 18/01/2022
Depois de uma série de quase acidentes, o piloto da Honda está mudando de rumo antes de 2022. Entrando em sua quinta temporada na categoria rainha, Takaaki Nakagami, da LCR Honda, convocou um treinador mental para ajudar a acabar com sua longa espera por um pódio em 2022. A última temporada provou ser mais um ano de tropeços. [foto1] Cada vez mais atletas tem procurado este tipo de profissional... “Depois da temporada de 2021, já comecei a trabalhar com um treinador mental, treinador mental”, disse Nakagami no lançamento do piloto da Honda na sexta-feira passada. "É passo a passo, mas esse tipo de coisa é muito sensível porque ninguém pode mudar de personalidade em um dia. Estou pensando em relaxar e claro que corrida a corrida precisamos melhorar, mas já eu e também meu treinador mental estamos trabalhando de uma maneira diferente”. [foto2] Piloto vai testar em breve... Nakagami espera que essa mudança de abordagem finalmente traga aquele pódio indescritível e não verá uma repetição de Teruel 2020, quando caiu na liderança depois de conquistar a primeira pole position. Na verdade, o piloto japonês já está ansioso para voltar à pista depois de uma longa pausa de inverno e está ansioso para experimentar a renovada RC213V da Honda.  "Estou realmente ansioso para o teste da Malásia. Para ver como mudei e corrida a corrida como posso mudar a mentalidade e como podemos melhorar os resultados da corrida. Não precisamos realmente forçar para fazer tudo em apenas um dia, corrida por corrida e espero que eu possa sentir como tenho uma mentalidade diferente da temporada passada. Estou realmente ansioso por esta temporada. É o meu quinto ano no MotoGP, por isso é hora de fazer uma grande temporada." Fotos: MotoGP
Marc Márquez roda 300 km em Portimão!

Marc Márquez roda 300 km em Portimão!

On Road 16/01/2022
O piloto da Repsol/Honda Marc Marquez #93 completou 65 voltas na pista portuguesa neste domingo 16 de janeiro, em uma RC213V-S preparada e avaliada em 200 mil Euros (Aproximadamente R$ 1.264.000,00). Neste teste foi colocado à prova a sua lesão no olho, a fim de uma melhor avaliação para os treinos oficiais da temporada, e ao que parece está tudo certo com MM93.[foto1]Marc Márquez deu 65 voltas em três lotes de 15 voltas e uma largada final de 20 para verificar que nem a alta velocidade nem o cansaço comprometiam a visão do corredor, que sofria de um episódio de diplopia (visão dupla) desde 30 de outubro, quando ele foi ao chão batendo a cabeça enquanto praticava motocross.Os sentimentos de Marc no final do dia foram positivos, e nesta segunda-feira vai passar por uma revisão, antes de anunciar (esperamos que sim), que nos próximos dias 5 e 6 de fevereiro estará presente no teste de pré-temporada de MotoGP em Sepang.[foto2]Recentemente o piloto já havia sido liberado pelo seu médico a começar os treinos, e a primeira ação foi no Motocross, modalidade que ele adora e infelizmente causou a lesão.[foto3]Quem esteve acelerando junto com MM foi o seu irmão Alex Marquez #73, e sempre juntos seja no MX ou no asfalto. Agora vamos aguardar os comunicados oficiais da equipe HRC.[foto4]Alex no MX...[foto5]Alex Marquez também em Portugal...Moto Xtreme – Fica aqui toda a nossa torcida pela plena recuperação do MM93, pois com ele a MotoGP tem outra vida, e os fãs bem como os contras, sabem que as provas ficam bem mais agitadas!
2022 começa agora para Team Gresini Racing MotoGP!

2022 começa agora para Team Gresini Racing MotoGP!

On Road 16/01/2022
O Team Gresini Racing MotoGP foi apresentado via streaming em todo o mundo; a equipe, que foi fundada e criada por Fausto Gresini, regressa à categoria rainha como equipe independente após sete anos de ausência nesta função.[foto1]Este projeto é liderado pela dona da equipe Nadia Padovani Gresini e apoiado pelo núcleo da Gresini Racing; esta temporada vai testemunhar o regresso de Enea Bastianini #23, que já subiu ao pódio no ano passado com a Ducati, juntando-se ao compatriota italiano e estreante de MotoGP Fabio Di Giannantonio #49.[foto2]Ambos os pilotos correrão a bordo da Ducati Desmosedici GP21 em 2022, uma moto que puderam vislumbrar em novembro passado em Jerez de la Frontera. Bastianini já provou que pode ser extremamente competitivo com a sua nova moto, enquanto Di Giannantonio deu bons sinais para a próxima temporada de estreia.[foto3]Di Giannantonio, agora com o #49 na frente da sua máquina, será o primeiro a entrar em pista no primeiro teste de Sepang, reservado exclusivamente aos estreantes de MotoGP. A ação na pista começará em 31 de janeiro com um 'shakedown' de três dias, onde a equipe de uniforme azul claro já estará entre os protagonistas.[foto4]Enea Bastianini:  "As novas cores da moto são muito particulares, quando a vi pela primeira vez me parece um pouco estranha, mas agora que a vejo ao vivo posso dizer que é incrível. Daqui a cerca de vinte dias vamos partir para os testes, felizmente é pouco tempo porque estou muito entusiasmado por estar de volta à minha Ducati. Já conheci a equipe durante o primeiro teste: tivemos a oportunidade para nos conhecermos melhor e trabalharmos juntos, e posso dizer com certeza que tenho uma super equipe. Acho que vai ser uma temporada muito interessante, tenho certeza que vamos conseguir ótimos resultados. Mal posso esperar para a temporada começar!"[foto5]Fabio Di Giannantonio: "2022 está ao virar da esquina. Será a minha primeira temporada no MotoGP e vai ser muito bom! Terei muito que aprender, a minha expectativa é crescer corrida a corrida e quem sabe vamos pode ser capaz de coletar grandes conquistas. Em breve estaremos de volta à pista para o teste, estamos indo para a Malásia e a Indonésia está seguindo. Mal posso esperar para montar novamente esta bela fera. As férias de inverno são sempre muito longas, estou contando os dias, as horas! E a moto é espetacular, talvez a mais bonita que já andei, a mais bonita que já vi. Com essa cor principal única parece uma moto dos anos 70, estilo retro, na pista seremos reconhecíveis com certeza. Particular, original, LINDO. Uma emoção única".[foto6]Nadia Padovani Gresini, Dona da Equipe:  “Finalmente apresentamos um projeto em que acreditávamos fortemente e para o qual trabalhamos sem parar durante o ano passado. Estamos muito motivados e acabamos sendo a primeira equipe de MotoGP a se apresentar; além disso, acredito que nossas motos são lindas – e espero que todos os outros gostem delas também. Eu gostaria de pensar que Fausto está nos olhando de cima e que está orgulhoso de sua família. Quase não há distinção entre famílias naturais e famílias de trabalho, somos uma só. Devo dizer que vi tanto Diggia quanto Enea em grande forma e ansiosos para começar: nosso objetivo é estar entre os protagonistas e aparecer no parque fechado às vezes”.
Site Moto Xtreme, 3 anos no ar!

Site Moto Xtreme, 3 anos no ar!

On Road 01/01/2022
2022 já está rolando, e foram três anos do site www.motoxtreme.com.br no ar, mais de 1.300 publicações, muitas matérias exclusivas, muitas coberturas exclusivas e muita informação sobre o motociclismo de competição nacional e mundial.Queremos agradecer a cada um que interagiu com o site e nossas mídias sociais, continuaremos firmes em nosso trabalho, que é trazer um conteúdo de qualidade para todos os apaixonados por velocidade.Agradecemos aos nossos parceiros Luis Bueno (Fotógrafo), Carlinhos Roque (Locutor e Videomaker), que sempre estão colaborando com o Moto Xtreme.Um grande abraço a todos e vamos ACELERAR!Domingos Junior (Editor)[foto1]
Feliz Natal da equipe Moto Xtreme; O Envelope Branco na Árvore de Natal!

Feliz Natal da equipe Moto Xtreme; O Envelope Branco na Árvore de Natal!

On Road 23/12/2021
Chegamos a mais um final de ano, e com ele as comemorações de Natal e Ano Novo, 2021 foi um ano de recomeço, e todos os esportes sobre duas rodas que tanto amamos......começaram a reagir e acontecer com maior intensidade. Foram diversas coberturas, muitas notícias e milhares de fotos, espero que em 2022 possamos acelerar ainda mais...Seguem as mensagens de nossa equipe, e no final um excelente “Conto de Natal”, “O Envelope Branco na Árvore de Natal!”...não deixe de ler. [foto2] Domingos Junior (Editor do Moto Xtreme) Desejo a todos um excelente Natal, que em 2022 todos os seus desejos se realizem, que Deus traga muita felicidade e saúde para vocês. "As linhas de chegada não significam que ganhamos, mas sim que vamos começar outra corrida". Frase de: Lil Wayne [foto3] Carlinhos Roque (Locutor parceiro Moto Xtreme) Que nesse novo ano que se inicia, possamos ter a esperança de dias melhores, mas acima de tudo termos a consciência de que nosso maior bem é a nossa saúde e a companhia daqueles que amamos. Desejo a todos um feliz Natal e um ano novo de muitas conquistas! "Somos hoje, o fruto de nossas escolhas passadas. Escolha bem hoje, para que seu futuro frutifique o que de melhor a vida possa te dar". [foto4] Luis Bueno (Fotógrafo Oficial Moto Xtreme) Boas festas e que 2022 seja um ano de realizações e novas conquistas. "Quando a gente acha que tem todas as respostas, vem a vida e muda todas as perguntas" Frase de: Luis Fernando Veríssimo. [foto5] “O Envelope Branco na Arvore de Natal!” É apenas um pequeno envelope branco pendurado entre os galhos da nossa árvore de Natal. Não tem nome, não tem identificação, não tem dizeres. Se esconde entre os galhos da nossa árvore há cerca de dez anos. Tudo começou porque meu marido Mike odiava o Natal. Claro que não era o verdadeiro sentido do Natal, mas seus aspectos comerciais: gastos excessivos, a corrida frenética na última hora para comprar uma gravata para o tio Harry e o talco da vovó, os presentes dados com uma ansiedade desesperada porque não tínhamos conseguido pensar em nada melhor. Sabendo como ele se sentia, um certo ano decidi deixar de lado as tradicionais camisetas, casacos, gravatas e coisas no gênero. Procurei algo especial só para o Mike. A inspiração veio de uma forma um tanto incomum. Nosso filho Kevin, que tinha 12 anos na época, fazia parte da equipe de luta livre da sua escola. Pouco antes do Natal, houve um campeonato especial contra uma equipe patrocinada por uma igreja da parte mais pobre da cidade. A equipe era formada, em sua maioria, por negros. Esses jovens, que usavam tênis tão velhos que tínhamos a sensação de que os cadarços eram a única coisa que os segurava, contrastavam de forma gritante com nossos filhos, vestidos com impecáveis uniformes azuis e dourados e tênis especiais novinhos em folha. Quando o jogo começou, fiquei preocupada ao notar que a outra equipe estava lutando sem o capacete de segurança que tinha como intuito proteger os ouvidos dos lutadores. Era um luxo ao qual a equipe dos pés-sujos não podia se dar. No fim das contas, a equipe da escola do meu filho acabou arrasando com eles. Ganharam em todas as categorias de peso. E cada um dos meninos da outra equipe que levantava do tatame se virava com fúria, fazendo pose de valente, procurando mostrar um orgulho de quem não ligava para a derrota. Mike, que estava sentado ao meu lado, balançou a cabeça, triste:-Queria que pelo menos um deles tivesse ganhado, disse. Eles têm muito potencial, mas uma derrota dessas pode acabar com o ânimo deles.Mike adorava crianças – todas as crianças – e as conhecia bem, pois tinha sido técnico de times mirins de futebol, basquete e vôlei.Foi aí que tive uma ideia para o presente dele. Naquela tarde, fui a uma loja de artigos esportivos e comprei capacetes de proteção e tênis especiais que enviei, sem me identificar, à igreja que patrocinava a equipe adversária. Na véspera de Natal, coloquei o envelope na árvore com um bilhete dentro, contando ao Mike o que tinha feito e que esse era o meu presente para ele. O mais belo sorriso iluminou o seu rosto naquele Natal.Isso se deu em todos os anos consecutivos.A cada Natal, eu seguia a tradição: uma vez comprei ingressos para um jogo de futebol para um grupo de jovens com problemas mentais, outra vez enviei um cheque para dois irmãos que tinham perdido a casa num incêndio na semana antes do Natal e assim por diante. O envelope passou a ser o ponto alto do nosso Natal. Era sempre o último presente a ser aberto na manhã de Natal. Nossos filhos, deixando de lado seus novos brinquedos, ficavam esperando ansiosamente o pai pegar o envelope da árvore e revelar o que havia dentro.As crianças foram crescendo e os brinquedos foram sendo substituídos por presentes mais práticos, mas o envelope nunca perdeu seu encanto. Esse conto não acaba aqui. Perdemos nosso Mike ano passado por causa de um câncer. Quando chegou a época do Natal, eu ainda estava sofrendo tanto que mal consegui montar a árvore. Mas, na véspera de Natal, me vi colocando um envelope na árvore. Na manhã seguinte, havia mais três envelopes junto a ele. Cada um de nossos filhos, sem o outro saber, tinha colocado um envelope na árvore para o pai.A tradição cresceu e, um dia, se expandirá ainda mais e nossos netos se reunirão em volta da árvore, ansiosos para saber o que há no envelope retirado da árvore por seus pais.O espírito de Mike, assim como o espírito do Natal, estará sempre conosco. Vamos todos lembrar de Jesus, que é o motivo dessa comemoração e o verdadeiro espírito do Natal este ano e sempre.Jack Canfield
Entrevista com Alan Marchetti, mais um Campeão King Motorcycle 2021!

Entrevista com Alan Marchetti, mais um Campeão King Motorcycle 2021!

On Road 21/12/2021
Conheça um pouco mais a trajetória deste piloto determinado e rápido, que vem evoluindo a cada nova largada com sua RD numeral 13, Alan Marchetti o campeão da categoria RD 135 B no Campeonato King Motorcycle 2021. [foto1] Moto Xtreme – Primeiramente gostaríamos que fizesse uma pequena apresentação de como foi o seu início na Motovelocidade? Alan Marchetti - Bom, comecei disputando em provas de arrancada há uns 8 anos atrás. [foto2] Moto Xtreme – Faça uma avaliação de como foi sua carreira até hoje e os principais títulos que conquistou? Alan Marchetti - Independente das dificuldades que tive todos esses anos, conquistei muitos títulos. Os principais foram; recordista na Arrancada Race Valley, Vice-Campeão 2020 na categoria RD-B e Campeão 2021 em Nova Odessa. Moto Xtreme – Nos diga como foi a preparação para a temporada 2021, que lhe rendeu o título de Campeão da King Motorcycle na categoria....? Alan Marchetti - Devido ao meu trabalho não tive muito tempo para me dedicar aos treinos, mais treinei o máximo que pude, perante todas as dificuldades que tive esse ano. E toda vez que entrei na pista para disputar dei o meu melhor. [foto3] Moto Xtreme – Todos sabem que mesmo um esporte que se pilota sozinho na pista, precisa-se de amigos e família como companheiros, quem te ajuda e quanto é importante este apoio para você?Alan Marchetti - Mesmo que meus familiares e amigos não estiveram presente em todas as corridas, sempre tive o apoio de todos.Moto Xtreme – O que pode dizer de incentivo para quem quer começar?Alan Marchetti - Nunca desistam de seus sonhos, com muita determinação e força de vontade de um jeito ou de outro vocês chegam lá![foto4]Moto Xtreme – Gostaríamos que ficasse à vontade para falar o que quiser. Manda aí!Alan Marchetti - Primeiramente gostaria de agradecer a Deus, sem ele não somos nada, a minha família e amigos que sempre me apoiaram e a todos que de alguma forma torceram por mim e me ajudaram.[foto5]Acelerando rápido com Alan #13Nome Completo: Alan Marchetti CezarApelido: AlemãoNº da moto: 13Data de nascimento: 12/01/1990Residência: São PauloMoto atual: RD 135Primeira moto: CG TodayComida: Panqueca com molho branco.Bebida: WhiskyFilme: Fúria em 2 rodasMúsica: Paulin da capital - AcreditaPiloto Nacional: Alex BarrosPiloto Internacional: Valentino RossiPista: Nova OdessaFora dos treinos e corridas, gosta de: Churrasco com família e amigos, e para descontrair dar uns grau.Porque escolheu a moto como esporte: Tive a oportunidade e não deixei passar...Corrida que mais gostou até hoje: A qual acelerei com Edinho “Chef” DKR e o Roberval de Ribeirão Preto.Fotos: Arquivo do piloto e Luis BuenoMídias Sociais:Instagram - @alan_do_grau_31[foto6]Alan no grau.....Curta o som favorito do Alan Marchetti #13 “Alemão”
Entrevista com mais um Bicampeão do King Motorcycle, Marcelo Cristal!

Entrevista com mais um Bicampeão do King Motorcycle, Marcelo Cristal!

On Road 17/12/2021
Vamos conhecer um pouco mais sobre este jovem senhor (risos), quando está em cima da motocicleta nos parece que os anos para ele não passaram. Marcelo Cristal #9 além de ser um excelente piloto, é mecânico de renome no meio da Motovelocidade e já esteve em grandes equipes do Brasil. Em 2021 conquistou o título de Bicampeão no King Motorcycle. [foto1] Moto Xtreme – Qual o sentimento do Bicampeonato? Marcelo Cristal - A sensação de ser bicampeão é única, saber que o novo motor trouxe novos resultados é uma aposta ganha... [foto2] Agora confira mais uma vez a entrevista completa de Marcelo Cristal... Moto Xtreme – Primeiramente gostaríamos que fizesse uma pequena apresentação de como foi o seu início nas competições de Motociclismo!Marcelo Cristal - Comecei minha trajetória no mundo do motociclismo em 1988, na categoria RD 135 em Interlagos...E desde lá não parei mais nesse universo, mas no Campeonato King Motorcycle em Nova Odessa foi em 2019 o início.Moto Xtreme – Faça uma avaliação de como foi sua preparação para a temporada 2021, que lhe rendeu o título de Bicampeão!Marcelo Cristal - O ano de 2020/2021 foi um ano ótimo para a competição, onde consegui abranger mais meu objetivo que era o prêmio de campeão, e também as preparações da moto, foi um ano de mais evolução no meio ainda de uma pandemia...[foto3]Moto Xtreme – Porque escolheu correr na categoria Street Sênior?Marcelo Cristal - Escolhi minha categoria (Street) há algum tempo por ser com uma moto que eu goste e um modelo (speed) que aprecio.Moto Xtreme – Todos sabem que mesmo um esporte que se pilota sozinho na pista, precisa-se de amigos e família como companheiros, quem te ajuda e quanto é importante este apoio para você?Marcelo Cristal - Tenho apoio da minha família (minha mulher e minhas duas filhas), que é algo muito importante para mim, isso me faz mais forte no meio de toda adrenalina.[foto4]Moto Xtreme - Quais os benefícios que o esporte te trouxe, e o que pode falar de incentivo para quem quer começar!Marcelo Cristal - Para mim o esporte me trouxe muitas oportunidades, ser mais objetivo em minhas metas, meta dada tem que ser sinônimo de meta cumprida, e mais muitas outras oportunidades dentro delas, manter o foco na saúde e bem-estar.Incentivo para quem quer começar, é ter alguém que te apoie e acreditar no que você quer, essa é a base![foto5]Marcelo Cristal na equipe de Alex Barros!Moto Xtreme – Quais os seus patrocinadores a apoiadores?Marcelo Cristal - Patrocínio; Overdrive Motorsport By Cristal RacingApoiadores; Repsol, Alemão Rodas, Rocket Escapamentos e Rafa Rodas.[foto6]Moto Xtreme – Gostaríamos que ficasse a vontade para falar o que quiser. Manda aí!Marcelo Cristal – O Campeonato King Motorcycle de 2020 foi bom e de 2021 foi melhor ainda. Espero que esse ano de 2022 possa ser ótimo também![foto7]Para quem quiser conhecer e a Oficina do Cristal é só entrar em contato (19)99734-9501Acelerando rápido com Marcelo CristalNome Completo: Marcelo Augusto CristalApelido: CristalNº da moto: 9Data de nascimento: 05/06/1968Residência: PiracicabaMoto atual: Twister 250ccComida: LasanhaBebida: Coca-ColaMúsica: Moda de ViolaPiloto Nacional: Meikon e Ton KawakamiPiloto Internacional: Andrea DoviziosoPista: InterlagosFora dos treinos e corridas, gosta de: Natação, Futebol, CiclismoPorque escolheu a Moto como esporte: Escolhi a moto pela adrenalina...Corrida que mais gostou até hoje: 500 Milhas Interlagos 2014Fotos: Arquivo do piloto e Luis BuenoMídias Sociais:Facebook – Marcelo CristalInstagram - @marcelocristal99Vamos curtir uma moda de viola ao estilo Marcelo Cristal...Mayck & Lyan - AS ANDORINHAS
Entrevista com Wellington Bernardes o “Preto”, Bi-Campeão da King Motorcycle!

Entrevista com Wellington Bernardes o “Preto”, Bi-Campeão da King Motorcycle!

On Road 14/12/2021
Conheça um pouco mais sobre Wellington Bernardes, o “Preto”, Bi-campeão do King Motorcycle considerado o Rei de Nova Odessa, forjado no celeiro de excelentes pilotos que é a cidade de Ribeirão Preto no interior de São Paulo.[foto1]Moto Xtreme – Primeiramente gostaríamos que fizesse uma pequena apresentação de como foi o seu início nas competições de Motociclismo!Wellington Bernardes - Venho de uma família grande e unida, meus irmãos já praticavam motovelocidade quando eu era criança, eu os via correndo e sempre sonhei um dia estar em cima de uma moto correndo. Eu cresci e realizei este sonho, praticar este esporte e ainda poder competir me tornou campeão e respeitado.[foto2]Largada da final em Nova Odessa, 33 na ponta...Moto Xtreme – Faça uma avaliação de como foi sua preparação para a temporada 2021, que lhe rendeu o título de Bi-Campeão!Wellington Bernardes - Me preparei bem fisicamente e emocionalmente, é um campeonato muito difícil, tem muitos pilotos bons e isso deixa as provas ainda mais competitivas, procuro chegar cedo e me concentrar para que na hora da prova eu tenha sabedoria nas decisões que vou tomar na pista.Moto Xtreme – Qual a sensação de ser Bi-campeão do King Motorcycle e ser considerado o Rei de Nova Odessa?Wellington Bernardes – Todo meu esforço e toda minha dedicação valeram muito a pena, vencer em Nova Odessa é uma conquista inexplicável, lá é tudo perfeito e organizado, o nível é altíssimo. E ter faturado 2 canecos 2020 e 2021, me colocaram no topo.[foto3]Moto Xtreme – Todos sabem que mesmo um esporte que se pilota sozinho na pista, precisa-se de amigos e família como companheiros, quem te ajuda e quanto é importante este apoio para você?Wellington Bernardes - Sim! É um esporte individual, você tem os adversários que exigem que você faça uma prova quase que perfeita, para subir no pódio, lá fora tenho sempre minha família e amigos que me incentivam e torcem para que além da vitória eu termine bem sem nenhum tipo de acidente, tem sido fundamental a presença deles ao meu lado nas corridas.Moto Xtreme - Quais os benefícios que o esporte te trouxe, e o que pode falar de incentivo para quem quer começar!Wellington Bernardes - As corridas me trouxeram competitividade, não só nas pistas, mas também na vida, tudo que eu faço hoje eu procuro fazer sempre o melhor. A cada Vitória ou a cada corrida independentemente da posição que eu termine eu tenho sempre a sensação que fiz o meu melhor.Para os que estão começando eu tenho um conselho. Vão lá! Façam seu melhor, treinem, pratiquem e levem a sério cada corrida, aproveitem para se divertir porque correr e sentir toda essa adrenalina nos faz sentir paz e liberdade.[foto4]Moto Xtreme – Quais os seus patrocinadores a apoiadores?Wellington Bernardes - Primeiramente agradeço a Deus pela proteção, não tenho nenhum patrocinador oficial, apenas a família e amigos que me fortalecem e que me acompanham nas provas, meu mecânico Washington está com nossa família desde 2004, acompanhou meu irmão e hoje tem sido meu mecânico oficial.Moto Xtreme – Gostaríamos que ficasse à vontade para falar o que quiser. Manda aí!Wellington Bernardes - Quero agradecer a oportunidade de estar participando da competição, tudo é muito bem organizado com nível altíssimo. Conto os dias e as horas para o início da competição. Tenho a honra e prazer de fazer parte desta família, que venha 2022 de muito sucesso para todos nós.[foto5]Preto dando um Grau na sua BMW...Acelerando rápido com Wellington “Preto” Bernardes!Nome Completo: Wellington Henrique BernardesApelido: PretoNº da moto: 33Data de nascimento: 27/2/1991Residência: Ribeirão Preto (SP)Moto atual: para competição RD 135, e a de hobby BM GS 1200.Primeira moto: CG 125Comida: Arroz, feijão, salada e bife da mamãe.Bebida: Whisky com Red BullFilme: Ação e velocidade.Música: Sou Eclético.Piloto Nacional: Eric GranadoPiloto Internacional: Valentino RossiPista: Nova OdessaFora dos treinos e corridas, gosta de: Quando não competindo estou  sempre em cima da moto, em passeios, encontros e praticando um dos meus hobbys preferidos, as manobras.Frase: Na reta você conhece a moto, na curva o piloto! Marcha em cima de marcha e fé no Pai que o inimigo cai. #33Fotos: Luis Bueno e arquivo do pilotoMídias Sociais:Instagram: Wellington Bernardes#016Facebook: Wellington BernardesE estou preparando um canal no YouTube, onde meus seguidores poderão conhecer um pouco mais do meu dia a dia e dos meus projetos que estão por vir.Vamos curtir um som ao gosto de WB #33...Oldilla “Lacoste África” MCs Cebezinho, IG, Lemos, Lipi, Kelvinho e GP (Love Funk)
Rossi e Marini vencem os 100km dos campeões, Diogo Moreira fechou em P6!

Rossi e Marini vencem os 100km dos campeões, Diogo Moreira fechou em P6!

On Road 09/12/2021
Valentino Rossi e Luca Marini foram os vencedores da sétima edição dos 100 km dos Campeões, prova que se realizou no rancho de Rossi em Tavullia. A prova teve a participação do brasileiro Diogo Moreira, piloto que deve integrar a Moto3 em 2022. [foto1]Numa prova que teve a participação de 42 pilotos, dispostos por 21 pares, Rossi e Marini terminaram à frente de outras duas duplas italianas. Elia Bartolini e Stefano Manzi foram segundos, à frente dos terceiros classificados Mattia Pasini e Lorenzo Baldassarri.[foto2]A completar o top-10, o quarto lugar foi para Marco Bezzecchi e Andrea Migno, quinto para Niccolò Antonelli e Celestino Vietti, sexto para Augusto Fernández e o brasileiro Diogo Moreira, sétimo para Alberto Surra e Federico Fuligni, oitavo para Álex Rins e Albert Arenas, nono para Tito Rabat e Xavi Artigas e décimo para Jorge Lorenzo e Dennis Foggia.[foto3]Foto histórica para os brasileiros, Rossi, McGrath e Diogo Moreira.[foto4]Diogo e Maverick Viñales...RESULTADOS1. Marini/Rossi2. Bartolini/Manzi3. Pasini/Baldassarri4. Bezzecchi/Migno5. Antonelli/Vietti6. A. Fernandez/ Diogo Moreira (BR)7. Surra/Fuligni8. Rins/Arenas9. Rabat/Artigas10. Lorenzo/Foggia11. Patacca/Farioli12. Di Giannantonio/Cecchini13. Lecuona/M. Viñales14. Nepa/Ortola15. Davies/McPhee16. Bertelle/Zannoni17. Belli/Gramigni18. McGrath/Zaccone19. Casadei/Ferrari20. Manfredi/Bassani21. Ottaviani/Serra.Fotos: Página VR46/FacebookFonte: MotoSport
Alta velocidade no Troféu Brasil Biker Fest!

Alta velocidade no Troféu Brasil Biker Fest!

On Road 07/12/2021
No domingo 05 de dezembro aconteceu em Itu (SP), o Troféu Brasil Biker Fest, corrida dentro do encontro de Motociclistas que foi realizado no final de semana no Kartódromo Arena Itu, e juntou milhares de apaixonados por motos. [foto1] Largada 4 tempos... O Brasil Biker Fest teve a sua primeira edição com muita gente bonita, motos e rock... [foto2] Muitas motocicletas de todos os modelos e marcas... [foto3] O público também lotou o kartódromo... Na pista 27 pilotos disputaram a primeira edição do evento com muito sol, o que dificultou ainda mais a vida dos competidores, o evento começou com os treinos livres pela manhã e na sequencia as tomadas de tempo. [foto4] Pela categoria Open Dinho Silveira #39 foi o mais rápido estabelecendo o recorde do dia com o tempo de 55,184 [foto5] Na categoria Prime 4t, que largou junto com a Open, Cesar Campos #74 foi o mais rápido com 56,478. [foto6] Na categoria Prime RD, Marcos Alberto #90 fez a Pole Position com o tempo de 59,686. As corridas começaram logo depois do almoço exatamente as 13 horas, com as motos de 4 tempos, as categorias Open e Prime 4t largaram juntos com a classificação em separado. [foto7] O vencedor da prova no geral e pela categoria Open foi André Veríssimo #109, com Willian Sales (Piui) #92 em segundo e José Fernando Moreno (Tocera) #118 em terceiro. [foto8] Pódio Open, da esquerda para a direita (Dinho Silveira, Piui, André Verissimo, Tocera e Eduardo Maia) [foto9] Na categoria Prime 4t a vitória ficou com Rodrigo Silva #17 o “Baixinho”, na segunda ficou Cesar Campos #74 e na terceira Beto Vieira #65. [foto10] Pódio Prime 4t, (Mau Mau, Cesar Campos, Baixinho, Beto e Mateus) [foto11] Grid pronto para largar categoria Prime RD... [foto12] Na categoria Prime RD a vitória ficou com Marcelo Toma #35, seguido de Marcos Alberto #90 e Leonardo Freitas #29. [foto13] Pódio Prime RD, (Naldo, Marcos, Marcelo Toma, Leonardo e Suzuki) Fotos: Gustavo Alves A seguir os resultados completos das corridas. Open e Prime 4t [foto14] Prime RD [foto15]O Troféu Brasil Biker Fest, teve a supervisão da Livre Brasil e organização do King Motorcycle, para mais informações é só acessar o nosso site www.kingmoto.com.brGaleria de Imagens, é só clicar nos linksGaleria 01Galeria 02Piloto Eduardo Maia#21Corrida no kartódromo de Itu - Troféu Brasil Biker Fest
Turquinho Junior no WSBK categoria Super Sport 300!

Turquinho Junior no WSBK categoria Super Sport 300!

On Road 06/12/2021
Na semana passada o Team AD78, do empresário e um dos maiores incentivadores da motovelocidade Alan Douglas anunciou uma série de novidades para 2022, e entre elas a contratação do nosso grande amigo e piloto Humberto Cézar Maier Neto, o “Turquinho Junior”, para disputar o Campeonato Mundial de Superbike na categoria Super Sport 300. [foto1] Nas suas mídias sociais Turquinho Junior fez a seguinte declaração: Instagram - @turquinhojr12Muito feliz em anunciar que no próximo ano darei o salto ao mundial @worldsbk SSP300 na equipe AD78 team Brasil junto com o @tonkawakami!Muito ansioso para começar os trabalhos, vamos juntos para mais um ano Brasil!![foto2]Aproveitamos a grande notícia, para contar um pouquinho da grande história deste sonho, onde tudo começou com o Pai, o também piloto Rodrigo Cézar Maier, “o Turquinho”, um grande apaixonado por motos e motovelocidade, empresário e proprietário da Turquinho Motos.Desde de muito cedo incentivou o filho no esporte, e lá estava ele sempre colado com o pai...[foto3]Como começou cedo no esporte, depois de muitos treinos e boas corridas, os resultados começaram a aparecer... Bicampeão da R3 Cup Brasil e Campeão GP3 de Las Américas, foram as maiores conquistas dentre outras e também o pódio neste ano na R3 Europeia...[foto4]Outra grande conquista de 2021 do Turquinho Junior, foi a participação do programa de incentivo de Valentino Rossi, Master Camp VR-46.[foto5]Tivemos o prazer de conversar um pouco com este grande piloto e seu pai, confira...Turquinho Junior (Humberto Cézar Maier Neto)Moto Xtreme - Como está se sentindo com esse novo desafio?Turquinho Junior - Era um campeonato que eu almejava chegar a bastante tempo, sei que por ser o 1º ano vai ser bem difícil, mas espero ter bons resultados e lutar por pódios.Moto Xtreme - O que tem a dizer aos seus fãs que vão estar na torcida?Turquinho Junior - Na última temporada no Campeonato Europeu de R3, recebi muitas mensagens positivas e espero que continue assim no mundial!Rodrigo Cezar Maier (Turquinho).Moto Xtreme - Qual o sentimento que você tem em ver seu filho no Mundial?Rodrigo - É um sentimento inexplicável uma sensação única, sou muito grato a Deus por ter me dado um filho incrível como ele, um menino de ouro com um caráter ímpar!Fotos: Moto Xtreme/Redes Sociais dos PilotosMoto Xtreme – Estaremos como sempre na torcida, e trazendo todas as informações de 2022 do piloto Turquinho Junior no Mundial de Superbike
Entrevista Moto Xtreme com o Campeão Tiago Lança!

Entrevista Moto Xtreme com o Campeão Tiago Lança!

On Road 30/11/2021
Agora você vai conhecer um pouco mais sobre os campeões do King Motorcycle 2021, começamos com uma cara muito gente boa que venceu o título de maneira invicta, Tiago Lança #8 Campeão da Categoria Mobilete 2T é o nosso entrevistado da vez. [foto1] Moto Xtreme – Primeiramente gostaríamos que fizesse uma pequena apresentação de como foi o seu início na Motovelocidade?Tiago Lança - Meu início na motovelocidade foi no ano 2000 em Ribeirão Preto, na categoria Mobilete 50cc, fui campeão no ano 2000 e 2001 da categoria.  Em 2002 ingressei na categoria RD 135 B (original). Onde disputei várias etapas regionais, Bebedouro, Araraquara, Poços de Caldas e Itu.[foto2]Tiago com sua equipe em 2000/2001...Moto Xtreme – Faça uma avaliação de como foi sua carreira até hoje e os principais títulos que conquistou?Tiago Lança - Fui campeão na categoria Mobilete 50cc 2000 e 2001, como comentei acima, fiquei entre os 5 primeiros na categoria RD 135 B em Itu, Fui Vice-Campeão RD A no Campeonato em Birigui (SP), também venci algumas corridas na Honda Twister 250cc 4 tempos. E nesta temporada Campeão na Mobilete 2t do Campeonato King Motorcycle, com seis vitórias e cinco pole position.[foto3]Com uma tocada limpa, Tiago fez uma temporada perfeita...Moto Xtreme – Nesta temporada também disputou outros títulos, como foram as competições e seus resultados?Tiago Lança - Nessa temporada o foco foi total no Campeonato King Motorcycle, me dediquei ao campeonato correndo apenas na categoria Mobilete 2T.[foto4]Tiago e o amigo e chefe de equipe Lee (Luiz Gustavo Ivani), proprietário da lendária Moby 8...Moto Xtreme – Todos sabem que mesmo um esporte que se pilota sozinho na pista, precisa-se de amigos e família como companheiros, quem te ajuda e quanto é importante este apoio para você?Tiago Lança - O apoio da família e alguns amigos mais próximos são a base de tudo, sem eles não temos condições de disputar nenhuma competição. Agradeço muito ao meu pai que sempre me apoiou em tudo, inclusive financeiramente, agradeço muito a minha esposa Paola que também sempre me incentivou, agradeço muito ao Gustavo (Lee) por acreditar em mim e me dar a oportunidade de poder relembrar o que vivi nos anos de 2000 e 2001. Agradeço a minha família por todos me apoiarem e me dar condições para que tudo isso aconteça![foto5]Tiago com a esposa Paola e a filha Valentina...”Família é a base de tudo”Moto Xtreme - Quais os benefícios que o esporte te trouxe, e o que pode falar de incentivo para quem quer começar!Tiago Lança - O esporte me trouxe muitos benefícios, hoje tenho uma oficina mecânica e trabalho com motocicletas, me envolvi muito cedo com a Motovelocidade e só agradeço por isso, me trouxe muita disciplina e controle.  Esporte diferenciado maravilhoso!Moto Xtreme – Quais os seus patrocinadores a apoiadores?Tiago Lança – Meus patrocinadores são:Automarcas Veículos (Fábio)Torres Veículos (Matheus)Unimoto (Tiago Lança)Luiz Gustavo Ivani (Lee) Proprietário da MobiletteMeu Pai HélioMoto Xtreme – Gostaríamos que ficasse à vontade para falar o que quiser. Manda aí!Tiago Lança - Gostaria de agradecer em primeiro lugar a Deus por tudo em minha vida! Agradeço ao Domingos Junior (King Motorcycle), sempre organizando os melhores eventos!Agradeço  a todos os pilotos e preparadores que participaram, agradeço a todos os envolvidos para que o campeonato king aconteça![foto6]Tiago Lança – Campeão 2021 – categoria Moby 2T.Fotos: Luis Bueno/ArquivoAcelerando rápido com Tiago LançaNome Completo: Tiago Henrique Marques LançaApelido: TiaguinhoNº da moto: Moby 8Data de nascimento: 09/07/1986Residência: Ribeirão Preto (SP)Moto atual: MobiletePrimeira moto: MobileteComida: ChurrascoBebida: Coca ColaFilme:Música: Moda de Viola / SertanejoPiloto Nacional: Eric GranadoPiloto Internacional: Valentino RossiPista: Itu / Nova OdessaFora dos treinos e corridas, gosta de: Gosto de estar com amigos e famíliaPorque escolheu a motovelocidade como esporte: Escolhi esse esporte porque já veio de sangue e a velocidade, meu pai trabalhou preparando kart...Corrida que mais gostou até hoje: Gostei de todas as corridas, todas são especiais.Fotos: Luis Bueno e arquivo do pilotoMídias Sociais: Instagram @unimotorpVamos curtir uma música a moda do Tiago...No Rancho Fundo - César Menotti e Fabiano
Kawasaki atualiza Família Z e antecipa dois lançamentos da linha 2022!

Kawasaki atualiza Família Z e antecipa dois lançamentos da linha 2022!

On Road 27/11/2021
A fabricante japonesa apresenta durante o 'Festival 2021', que acontece até domingo em Interlagos, os novos modelos Z650 RS e Z900 R Edition, todos da linha 2022. Os lançamentos, que chegam ao mercado somente no ano que vem, integram o calendário comemorativo de 50 anos de criação da Família Z. [foto1]São Paulo (SP), 25 de novembro de 2021 - Em comemoração aos 50 anos de lançamento do primeiro modelo da Família Z no mercado mundial, a Kawasaki irá atualizar seu line-up de nakeds no Brasil e apresentará dois novos lançamentos da linha 2022 durante o ‘Festival 2021’ [antigo Festival Duas Rodas], maior evento de test ride do país aberto ao público, que acontece entre nos dias 26 e 28 de novembro no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). A apresentação oficial dos modelos Z650 RS 2022 e Z900 R Edition 2022 aconteceu ontem à tarde em evento exclusivo à imprensa e convidados. Na ocasião, também será celebrado os 13 anos do início da operação da Kawasaki Motores do Brasil – subsidiária da fabricante japonesa no país.[foto2]Completando o importante marco de meio século de existência em 2022, a Família Z da Kawasaki segue cada dia mais relevante após conquistar o mercado mundial ao longo das últimas cinco décadas e ajudar a popularizar os modelos com motorização de quatro cilindros em linha. A clássica Z1, também conhecida por ‘900 Super Four’, foi a precursora da categoria. Lançada em 1972, a moto fez sucesso com seu motor carburado DOHC de quatro cilindros refrigerado a ar. O então lançamento foi tão exitoso, que conquistou a preferência do público ante seus principais concorrentes e, nos quatro anos em que esteve no mercado, somou cerca de 85 mil unidades fabricadas.[foto3]A partir de então, essa história de sucesso seguiu com mais de 25 diferentes lançamentos e completa, em 2022, 50 anos de existência com apresentação das novas Z650 RS e Z900 R Edition, que estarão presentes no estande da Kawasaki durante o ‘Festival 2021’. O modelo RS – que chega as Concessionárias Autorizadas Kawasaki apenas em 2022 – resgatam o estilo retrô e o design atemporal, que lembra a clássica Z1 da década de 70, porém, equipadas com a tecnologia mais recente da Kawasaki.  A nova a Z900 R Edition mantém o estilo agressivo e moderno da Família Z, recebendo as mesmas atualizações que sua versão clássica, com novos pacotes de freio e amortecedor.[foto4]Além dos lançamentos, os visitantes do ‘Festival 2021’ poderão conferir de perto inúmeros modelos da fabricante japonesa. O estande da Kawasaki contará com 18 motos em exposição, de diversas categorias, como as trails Versys 1000 GT, Versys 650 e Versys X 300, a estradeira Vulcan S, as nakeds Z1000 R, Z900, Z650, Z400, as off road KX250 e KX450 e as superesportivas Ninja ZX-6R, Ninja 650, Ninja 400, incluindo a ZX-10R – sete vezes campeã do Mundial de SuperBike – e a H2R, a moto mais veloz do mundo já fabricada.Já para o test ride, os participantes do ‘Festival 2021’ terão disponibilidade de se inscrever para testar na pista do Autódromo de Interlagos ao menos 12 modelos diferentes da Kawasaki. Entre eles estão as trails Versys 1000 GT, Versys 650, Versys X 300, as nakeds Z900 RS, Z900, Z650, Z400, a estradeira Vulcan S e as esportivas Ninja ZX-10R, Ninja ZX-6R, Ninja 650, Ninja 400.[foto5]SERVIÇO: FestivalO QUE: Lançamento de modelos 2022 da Família Z da KawasakiQUANDO: Até 28 de novembro de 2021;ONDE: Autódromo de Interlagos;ENDEREÇO: Av. Sen. Teotônio Vilela, 261 - Interlagos, São Paulo (SP)Fonte:VGCOM - VANESSA GIANNELLINI COMUNICAÇÃOFotos: Marcos Carmona/Vanessa GiannelliniMoto XtremeVocê pode encontrar todas as motos e peças Kawasaki em nosso parceiro a RotaK